Ellen G. White Writings

<< Back Forward >>

«Back «Prev. Pub. «Ch «Pg   Pg» Ch» Next Pub.» Forward»

Orientação da Criança, Page 59

Capítulo 15 — Cuidados em relação à propriedade

Reprimir as tendências destruidoras

A educação deve ser completa e uniforme. Toda mãe precisa ser diligente. Não deve permitir que coisa alguma lhe desvie a mente. Não deve permitir os filhos seguirem sua vontade não educada ao lidar com as coisas em casa. Deve-se-lhes ensinar que não devem conservar a casa em perpétua desordem, mexendo nas coisas para se distraírem. Mães, ensinai as crianças desde a mais tenra idade que não devem considerar tudo na casa como brinquedo seu. Por essas pequeninas coisas ensina-se a ordem. Não importa quanta algazarra possam as crianças fazer, não permitais que o instinto de destruição, que é grande na infância e na meninice, seja fortalecido e cultivado. Deus diz: “Farás”, e “Não farás”. Sem perderem a paciência, mas decididamente, devem os pais dizer aos filhos: Não, e ficar firmes.

Com firmeza devem recusar permitir que tudo na casa seja manuseado livremente, e jogado em qualquer lugar do assoalho ou no chão. Os que permitem à criança seguir tal curso, estão lhe causando um grande mal. Pode ela não ser criança má, mas sua educação a está tornando muito importuna e destruidora. — Manuscrito 64, 1899.

Ensinar o respeito à propriedade alheia

Alguns pais permitem aos filhos serem destruidores, usar como brinquedo coisas que eles não têm o direito de tocar. Deve-se ensinar às crianças que elas não devem pegar nas coisas que pertencem aos outros. Para o conforto e felicidade da família, devem aprender a observar as regras de propriedade. As crianças não são mais felizes quando se lhes permite pegar em tudo que vêem. Se não forem ensinadas a ser cuidadosas, crescerão com traços de caráter desagradáveis e

«Back «Prev. Pub. «Ch «Pg   Pg» Ch» Next Pub.» Forward»