Ellen G. White Writings

<< Back Forward >>

«Back «Prev. Pub. «Ch «Pg   Pg» Ch» Next Pub.» Forward»

Primeiros Escritos, Page 147

postos sob influência mais direta de Satanás e seus anjos. Ficou decidido que Satanás assumiria uma outra forma e manifestaria interesse pelo homem. Ele devia fazer insinuações contra a fidelidade de Deus e criar a dúvida quanto ser precisamente exato o que Deus dissera; a seguir devia ele excitar-lhes a curiosidade e levá-los a investigar os impenetráveis planos de Deus — precisamente o pecado de que Satanás se fizera culpado — ponderando sobre a causa de Sua restrição com respeito à árvore do conhecimento.

*****

A queda do homem

Santos anjos muitas vezes visitavam o jardim e davam instruções a Adão e Eva sobre sua ocupação e os informavam a respeito da rebelião e queda de Satanás. Os anjos os advertiram a respeito de Satanás e os acautelaram quanto a se separarem um do outro em suas atividades, pois poderiam ser levados em contato com este inimigo caído. Os anjos também lhes ordenaram que seguissem bem de perto as instruções que Deus lhes tinha dado, pois somente na perfeita obediência estariam eles a salvo. Só então não teria este inimigo caído qualquer poder sobre eles.

Satanás deu início a sua obra com Eva, a fim de levá-la à desobediência. Ela cometeu o seu primeiro erro afastando-se do marido, a seguir deixando-se ficar nas imediações da árvore proibida, e depois em dar ouvidos à voz do tentador, ousando mesmo duvidar do que Deus dissera: “No dia em que dela comerdes, certamente morrereis.” Ela pensou que talvez o Senhor não quisesse dizer justamente isso, e aventurando-se, estendeu a mão, tomou o fruto e comeu-o. Ele era agradável aos olhos e agradável ao paladar. Admitiu ela então que Deus os havia privado daquilo que era realmente para o seu bem, e

«Back «Prev. Pub. «Ch «Pg   Pg» Ch» Next Pub.» Forward»