Ellen G. White Writings

<< Back Forward >>

«Back «Prev. Pub. «Ch «Pg   Pg» Ch» Next Pub.» Forward»

Primeiros Escritos, Page 61

Os mensageiros*Ver Apêndice.

O Senhor muitas vezes tem-me dado a visão das condições e necessidades das jóias espalhadas que ainda não vieram à luz da verdade presente, e tem-me mostrado que os mensageiros devem abrir caminho até eles tão depressa quanto possível, a fim de levar-lhes a luz. Muitos em torno de nós apenas necessitam que se lhes remova o preconceito e se lhes exponham as evidências de nossa presente posição, procedentes da Palavra de Deus, e alegremente receberão a verdade presente. Os mensageiros devem vigiar pelas almas como quem deve delas dar conta. Eles têm que levar uma vida de trabalhos e angústia de espírito, enquanto o peso da preciosa mas não raro ferida causa de Cristo está sobre eles. Terão de pôr de lado interesses e conforto seculares e ter como seu primeiro objetivo fazer tudo que estiver em seu poder para promover a causa da verdade presente e salvar almas que estão perecendo. PE 61.1

Eles terão também uma rica recompensa. Em suas coroas e regozijo os que são por eles libertados e finalmente salvos brilharão como estrelas para todo o sempre. E por toda a eternidade eles desfrutarão a alegria de haverem feito o que podiam na apresentação da verdade em sua pureza e beleza, de maneira que almas apaixonadas por ela fossem santificadas, desfrutando o inestimável privilégio de se haverem enriquecido e de terem sido lavadas no sangue do Cordeiro e redimidas para Deus. PE 61.2

Vi que os pastores devem consultar aqueles em quem têm motivos para confiar, os que têm estado em todas as mensagens e são firmes em toda a verdade presente, antes de advogarem novos pontos de importância que, pensam, a Bíblia sustenta. Então os pastores estarão perfeitamente unidos e a união PE 61.3

«Back «Prev. Pub. «Ch «Pg   Pg» Ch» Next Pub.» Forward»