Larger font
Smaller font
Copy
Print
Contents

Testemunhos para a Igreja 2

 - Contents
  • Results
  • Related
  • Featured
No results found for: "".
    Larger font
    Smaller font
    Copy
    Print
    Contents

    Capítulo 5 — Egoísmo e amor ao mundo

    Prezados irmão e irmã G:

    Já há algum tempo me propus a escrever-lhes. À medida que a luz que o Senhor me havia dado vinha distintamente a mim, algumas coisas causavam forte impressão em minha mente, enquanto estava diante do povo em _____. Eu esperara que vocês estivessem em uma outra reunião, e que o trabalho ali começado pudesse ter continuidade. Mas fiquei pesarosa em ver que quando nossos irmãos assistiam a um concílio, geralmente não sentiam a importância de primeiro preparar-se para ele. Em lugar de se consagrarem a Deus antes de vir, esperavam até estarem na reunião e terem ali algo feito em seu favor. Eles traziam o lar consigo, e as coisas deixadas para trás são consideradas de maior valor e importância do que o preparo do coração para a vinda de Cristo. Em conseqüência, quase todos iam embora nada melhores do que quando chegaram. Tais reuniões custavam muito dinheiro, e se aqueles que as assistiam não tiravam proveito, havia perda pessoal e ainda tornavam excessivamente árduo o trabalho que os responsáveis faziam por eles. Nosso povo abandonava o concílio muito cedo. Poderíamos ter visto melhores resultados para Deus, houvessem todos permanecido e se empenhado no trabalho.T2 55.1

    Irmã G, eu tenho uma mensagem para lhe dar. Você está distante do reino. Você ama o mundo e esse amor a tem tornado fria, egoísta, exigente e mesquinha. Seu maior interesse é o poderoso dólar. Quão pouco sabe você sobre como Deus considera as pessoas nessa sua condição. Você se acha sob terrível engano. Conformou-se com o mundo em lugar de ser transformada “pela renovação do... entendimento”. Egoísmo e amor-próprio estão grandemente exemplificados em sua vida. Você não venceu esse infeliz defeito em seu caráter. Se não corrigido, fá-la-á perder o Céu e sua felicidade aqui estará totalmente comprometida. Isso já tem acontecido. A escura nuvem que a tem seguido obscureceu sua vida, e crescerá e se enegrecerá até que todo o seu céu fique nublado. Você pode voltar-se à direita e ali não haverá luz, à esquerda e não descobrirá um só raio.T2 56.1

    Criou problemas para si mesma onde problemas não havia, porque você não é correta, não é consagrada. Seu espírito queixoso e mesquinho torna-a infeliz e desagrada a Deus. Durante sua vida tem estado cuidando de si mesma, buscando tornar-se feliz. Esse é um trabalho inútil. Quanto mais você investe aqui, mais pesada será a perda. Quando menor for o investimento feito a serviço de si mesma, maior será a economia de sua parte. Você é uma estranha ao amor desinteressado e altruísta, e enquanto não vê nenhum pecado na ausência desse precioso atributo, jamais será diligente em cultivá-lo.T2 56.2

    Você amava seu marido e se casou com ele. Sabia que quando o desposou, concordou em tornar-se mãe para seus filhos. Mas vi falta de sua parte nesta questão. Você é lamentavelmente deficiente. Não ama os filhos de seu marido, e a menos que haja completa mudança, total reforma em você e em sua maneira de governar, essas preciosas jóias serão arruinadas. Amor, manifestação de afeição, não é parte de sua disciplina. Dir-lhe-ei a verdade e me tornarei sua inimiga por assim fazê-lo? Você é profundamente egoísta para amar os filhos de outra. Deixei claro que o fruto de sua união não prosperaria e seria abençoado com força, vida e saúde, e o Espírito de Deus a deixaria entregue a si mesma, a menos que você seja provada e testada, e corrija as coisas em que é deficiente. Como seu egoísmo enfraquece e contagia os jovens corações ao seu redor, assim a maldição de Deus debilitará e contaminará o compromisso de seu amor egoísta e de sua união. E se você continuar nesse rumo, Deus removerá seus ídolos diante de sua face, um após outro, até humilhar seu orgulho, egoísmo, e insubmisso coração diante dEle.T2 56.3

    Vi que você tem uma terrível conta a enfrentar no dia de Deus, por causa de sua falta de confiança. Você está tornando muito amarga a vida dessas queridas crianças, especialmente da menina. Onde está a afeição, o amoroso afago, a paciente tolerância? O ódio vive mais que o amor em seu coração não santificado. Seus lábios soltam mais censura do que louvor e encorajamento. Suas maneiras, seus métodos ríspidos, sua natureza destituída de simpatia são para essa sensível filha arrasadores como saraiva sobre a tenra planta; esta se curva a cada rajada, até que a vida é extinta, e ela jaz ferida e quebrada.T2 57.1

    Sua administração está secando completamente o canal do amor, da esperança e da alegria em suas crianças. Uma permanente tristeza se espelha na fisionomia da menina, mas, em lugar de lhe despertar simpatia e amor, desperta sua impaciência e positivo desgosto. Você pode mudar essa expressão para ânimo e alegria, se o desejar. “Pode Deus ver? Tomará Ele conhecimento?”, foram as palavras do anjo. Ele punirá por causa dessas coisas. Você voluntariamente tomou sobre si essa responsabilidade, mas Satanás tirou vantagem de sua infeliz, desamorosa e amarga disposição, seu amor-próprio, rigor, egoísmo, e agora aparecem eles em toda a sua deformidade, indisciplina, insubmissão, cercando-a com ligaduras de ferro. As crianças lêem a fisionomia da mãe; percebem se amor ou aversão estão aí expressos. Você não sabe a obra que está fazendo. Não desperta piedade o rostinho entristecido, o arquejante suspiro que brota do coração oprimido em seu ardente apelo por amor? Não, não em você. Isso coloca a criança a uma distância ainda maior e faz crescer seu desagrado.T2 57.2

    Vi que o pai não havia seguido a conduta que devia. Deus Se desagrada com essa posição. Alguém roubou o coração do pai do sangue de seu sangue e ossos de seus ossos. Irmão G, você tem sido muito deficiente em discernimento. Como cabeça da família, você devia ter assumido sua posição e não permitir que as coisas caminhassem como têm caminhado. Você viu que as coisas não estavam certas e, em algumas vezes, sentiu-se ansioso, mas temendo desagradar sua atual esposa e trazer discórdia na família, permaneceu em silêncio quando devia ter falado. Você não tem plena consciência dos fatos. Seus filhos não têm mais a mãe para defendê-los, para protegê-los das censuras por suas sábias palavras.T2 58.1

    Seus filhos, e todas as outras crianças que perderam o ente em cujo seio flui o amor maternal, perderam aquilo que não pode jamais ser suprido. Mas quando alguém se aventura a ocupar o lugar da mãe para com esse pequeno rebanho ferido, duplo cuidado e responsabilidade recai sobre ela, de ser se possível mais amorosa, menos pronta para censuras e ameaças do que o seria a própria mãe, suprindo assim a perda que o pequeno rebanho experimentou. Você, irmão G, tem sido como um homem sonolento. Traga seus filhos para junto de seu coração, cerque-os com seus braços protetores, ame-os ternamente. Se falhar em fazer isso, “achado em falta” (Daniel 5:27) será escrito contra você.T2 58.2

    Ambos têm uma obra a fazer. Que cessem para sempre suas murmurações. Irmão G, não permita mais que o temperamento fechado e mesquinho, o espírito egoísta de sua esposa lhe controle as ações. Vocês têm participado do mesmo espírito e ambos roubado a Deus. A desculpa da pobreza acha-se em seus lábios, mas o Céu sabe ser isso falso; todavia suas palavras serão verdadeiras, vocês se tornarão pobres realmente, se continuarem a acariciar o amor ao mundo. “Roubará o homem a Deus? Todavia, vós Me roubais e dizeis: Em que Te roubamos? Nos dízimos e nas ofertas alçadas. Com maldição sois amaldiçoados.” Malaquias 3:8, 9. Ponham fim a essa maldição o mais rápido possível.T2 59.1

    Irmão G, como mordomo de Deus, olhe para o Senhor. A Ele você deverá prestar contas de sua mordomia e não à sua esposa. São os recursos de Deus que você está manuseando. Ele apenas os concedeu a vocês para prová-los, experimentá-los, a ver se vocês se tornarão ricos “em boas obras”, repartindo “de boa mente” e sendo “comunicáveis”; entesourando “para si mesmos um bom fundamento para o futuro, para que possam alcançar a vida eterna”. 1 Timóteo 6:18, 19. Deus requererá o que é Seu com juros. Possa Ele ajudá-los a se prepararem para o juízo. Que o eu seja crucificado. Que as preciosas graças do Espírito vivam em seu coração. Voltem-se desse mundo com sua corruptora cobiça. “Não ameis o mundo, nem o que no mundo há. Se alguém ama o mundo, o amor do Pai não está nele.” 1 João 2:15. Ainda que sua profissão de fé seja tão alta quanto o Céu, se vocês são egoístas e amantes do mundo, não têm parte no reino com os santificados e os puros. “Onde estiver o vosso tesouro, aí estará também o vosso coração.” Mateus 6:21. Se o tesouro de vocês estiver no Céu, o coração também lá estará, e vocês falarão do Céu, da vida eterna, da coroa imortal. Se ajuntarem tesouros na Terra, vocês falarão das coisas terrenas, preocupando-se apenas com lucros e perdas. “Pois que aproveita ao homem ganhar o mundo inteiro, se perder a sua alma? Ou que dará o homem em recompensa da sua alma?” Mateus 16:26.T2 59.2

    Há luz e salvação para vocês se apenas sentirem que precisam possuí-la, ou perecerão. Jesus pode salvar completamente. Mas, irmã G, se Deus tem falado por mim, você está terrivelmente enganada com respeito a si mesma, e precisa experimentar conversão total, ou nunca fará parte daqueles que passarão pela “grande tribulação, lavaram suas vestes, e as branquearam no sangue do Cordeiro”. Apocalipse 7:14.T2 60.1

    Larger font
    Smaller font
    Copy
    Print
    Contents