Larger font
Smaller font
Copy
Print
Contents

Testemunhos para a Igreja 5

 - Contents
  • Results
  • Related
  • Featured
No results found for: "".
    Larger font
    Smaller font
    Copy
    Print
    Contents

    Capítulo 59 — Leitura adequada para os filhos

    Prezado irmão E:

    Acabei de ler a Review and Herald [Revista Adventista, em inglês] e vi seu artigo fornecendo uma lista de bons livros para nossos jovens. Fiquei muito surpresa ao ler sua recomendação de A Cabana do Pai Tomás, Robinson Crusoé e similares. Você está em perigo de tornar-se um tanto descuidado em seus artigos. Seria bom fazer um estudo cuidadoso e ponderado sobre o que deve ser perpetuado pela imprensa. Estou realmente alarmada em ver que sua visão espiritual não é mais clara em matéria de seleção e recomendação de leitura para nossa juventude. Sei que a recomendação, em nossos periódicos, de livros romanceados, como A Cabana do Pai Tomás, justificará em muitas mentes a leitura de outros livros que nada são senão ficção. ... Essa indicação produzirá esforço extra para aqueles que estão trabalhando para convencer a juventude a evitar leitura de ficção. Tenho visto repetidas vezes o mal de ler tais livros como os que você recomendou, e tenho um artigo já pronto advertindo nossos jovens sobre essa questão.T5 516.1

    Esteja certo, meu irmão, de não se desviar da pesquisa das Escrituras. Foi-me revelado que a compra e venda, por parte de nossos irmãos, de livros de histórias tais como os que costumam circular nas escolas dominicais, é uma armadilha ao nosso povo, especialmente nossas crianças. Gasta-se dinheiro com esse tipo de leitura que atua sobre a imaginação e incapacita para os reais deveres da vida prática. Você pode estar convicto de que essa sua recomendação será posta em prática. A juventude não precisa desse tipo de apoio ou liberdade, pois seu gosto e inclinação são todos nessa direção. Mas eu espero que essas menções não mais apareçam. Você deve estar-se afastando de Jesus e de Seus ensinos e ainda não o percebeu.T5 516.2

    É ocupação de Satanás apresentar à nossa juventude histórias em jornais e livros, que fascinam os sentidos e destroem seu gosto pela Palavra de Deus. Meu caro irmão, não lance tudo o que lhe venha à mente na Revista Adventista, mas escreva com prudência. Se o Espírito de Cristo movê-lo a escrever, use então sua pena sentindo o fardo pelas almas, chorando entre o alpendre e o altar, clamando: “Poupa o Teu povo, ó Senhor, e não entregues a Tua herança ao opróbrio.” Joel 2:17. Mas se for apenas seus próprios sentimentos e mente ativa que o levam a escrever, refreie-se até que o Espírito do Senhor o impressione e mova. Não pense que por seguir certa conduta e fazer certas coisas, isso seja evidência de que elas estejam certas e que você deve apresentá-las aos outros como regra ou guia. Não é bom que o irmão se sinta em liberdade de falar o que pensa sobre assuntos relacionados com o bem-estar de nossa juventude, recomendando livros que não promovem a espiritualidade nem a piedade. Se imagina que tais leituras desenvolvem princípios puros e sólidos, está enganado. Que o Senhor o ajude a agir cuidadosa e humildemente, e a não fazer declarações enganosas nos periódicos, pois elas serão consideradas como sancionadas por nosso povo. Você está pondo um peso sobre os outros, por contrariar a influência desses sentimentos.T5 517.1

    Meu irmão, sua segurança está em andar humildemente com Deus. Tremo quando leio seus muitos artigos dando conselhos e regras para outros pastores. É difícil para você ter tanto a dizer nessa direção. Se se tornar auto-suficiente e autoconfiante, o Senhor certamente permitirá que você cometa alguns erros. O irmão precisa guardar cuidadosamente seu coração e buscar diariamente uma experiência viva nas coisas de Deus. Necessita pôr o eu fora de vista e deixar que Jesus apareça. Cristo é sua força, seu escudo; você é um homem fraco e errante, e precisa ser muito cuidadoso a fim de não tropeçar. Rogo-lhe que esteja em guarda para não prejudicar, seja por palavras ou atos, a sagrada obra de Deus.T5 517.2

    Senti-me muito grata porque você pôde participar dessa grande obra. Jesus o ama e cooperará com seus esforços se você tiver viva ligação com Deus. Mas você precisa viver em vigilância e oração. Não se descuide. Não se afaste de Jesus, mas leve-O consigo em sua vida diária. Não dê trabalho a si mesmo e aos outros por causa de descuidosas declarações e conselhos. Saiba que, a menos que Jesus esteja em seu coração, a menos que tenha em vista a glória de Deus, o orgulho brotará no coração, a presunção prevalecerá e você, antes que perceba, estará agindo de forma descuidada. “Fazei veredas direitas para os vossos pés, para que o que manqueja se não desvie inteiramente; antes, seja sarado.” Hebreus 12:13.T5 518.1

    Deus dotou muitos de nossos jovens de habilidades superiores. Deu-lhes os melhores talentos; mas suas faculdades se enervaram, a mente ficou confusa e enfraquecida, e através de anos não experimentaram o menor crescimento na graça e no conhecimento das razões de sua fé, porque condescenderam com o gosto pela leitura de novelas. Têm tanta dificuldade em controlar o apetite de tais leituras superficiais, como tem o beberrão em controlar sua sede de bebidas intoxicantes. Esses poderiam hoje estar empregados em nossas casas publicadoras e ser eficientes obreiros como funcionários de escritório ou da redação; mas perverteram seus talentos a ponto de se tornarem dispépticos mentais, e conseqüentemente são inaptos para uma posição de responsabilidade onde quer que seja. Têm a imaginação doentia. Vivem uma vida irreal. São inaptos para os deveres práticos da vida; e o que é mais triste e desanimador é que perderam todo estímulo para leituras mais densas. Tornaram-se fascinados e encantados com alimento mental do tipo que é apresentado em A Cabana do Pai Tomás. Esse livro foi até bom, em seus dias, para os que necessitavam de um despertamento em relação ao problema da escravidão; mas nós estamos no próprio limiar do mundo eterno, quando semelhantes histórias não são necessárias no preparo para a vida eterna.T5 518.2

    Nossa única segurança é estarmos inteiramente convertidos e familiarizados com a verdade tal como revelada na Palavra de Deus, para que possamos ser capazes de explicar as razões da esperança que há em nós, com mansidão e temor, em todas as ocasiões.T5 519.1

    Em todas as nossas fileiras, o esforço especial de pastores e obreiros para este tempo deveria ser desviar a atenção da juventude de toda história excitante para a segura palavra da profecia. A atenção de cada pessoa que está lutando pela vida eterna deveria centralizar-se na Bíblia.T5 519.2

    Parece-me surpreendentemente estranho, considerando tudo o que escrevi com relação à leitura de histórias fantasiosas, ver a recomendação que você fez para a leitura de Robinson Crusoé, A Cabana do Pai Tomás, e Fábulas de Esopo. Meu irmão, você errou ao escrever esse artigo. Se esses livros estão entre aqueles que você tem para vender, rogo-lhe que não mais os ofereça à nossa juventude. É seu dever chamar a atenção para a Bíblia. Não se torne tentador dos jovens por ofertar-lhes atraentes livros de histórias, que lhes desviarão a mente do estudo das Escrituras. Precisamos beber da água da vida, senão estaremos constantemente cavando para nós mesmos cisternas rotas que não podem reter águas.T5 519.3

    Há mil modos e planos que Satanás tem de se insinuar para perturbar a mente da juventude, e a menos que a pessoa esteja inteiramente firmada em Deus e conscienciosamente protegida pela manutenção da mente na pesquisa das Escrituras e arraigada na fé, os jovens certamente serão enredados. Não podemos abrir a guarda nem por um momento. Não podemos permitir-nos agir por impulso. Temos de montar guarda em nossa mente e nas de nossos filhos, para que eles não sejam seduzidos pelas tentações de Satanás.T5 519.4

    Achamo-nos no grande dia da expiação e a santa obra de Cristo em favor do povo de Deus, que transcorre presentemente no santuário celestial, deveria ser nosso estudo permanente. Deveríamos ensinar nossos filhos sobre o significado do dia típico da expiação, e que era um tempo especial de grande humilhação e confissão de pecados a Deus. O dia antitípico da expiação deve ter o mesmo caráter. Cada um que ensina a verdade por preceito e exemplo, dará à trombeta o sonido certo. Você precisa cultivar sempre a espiritualidade porque não lhe é natural possuir uma mente espiritual. A grande obra que está diante de nós é conduzir o povo para longe dos costumes e práticas mundanas, mais e mais alto, para a espiritualidade, piedade e diligente serviço a Deus. É seu dever proclamar a mensagem do terceiro anjo, soar a última nota de advertência ao mundo. Que o Senhor o abençoe com visão espiritual. Escrevo-lhe em amor, vendo o perigo que corre. Por favor, considere essas coisas cuidadosamente e com oração.T5 520.1

    Larger font
    Smaller font
    Copy
    Print
    Contents