Larger font
Smaller font
Copy
Print
Contents

Beneficência Social

 - Contents
  • Results
  • Related
  • Featured
No results found for: "".
    Larger font
    Smaller font
    Copy
    Print
    Contents

    Prefácio

    Beneficência Social apresenta instruções do Espírito de Profecia na delicada tarefa de alcançar corações e salvar almas mediante bondosa associação com os vizinhos. Este é um tipo de ministério de salvação de almas com o qual muitos adventistas do sétimo dia estão apenas ocasionalmente familiarizados, embora seja esta uma obra ordenada por Deus como o meio mais apropriado de chamar a atenção das pessoas do mundo para Cristo e o cristianismo. É uma obra que promete ricos resultados.BS 9.1

    A autora tem posto diante de nós este tipo de ministério não apenas por preceitos concisos e bem expressos, mas através dos anos, muito embora suas ocupações com as obrigações do lar e suas responsabilidades como mensageira do Senhor, deu-nos incansável exemplo de como foi o seu coração atraído para os necessitados ao seu redor. O registro autobiográfico do abnegado ministério de Ellen G. White como beneficente obreira, tirado de seu diário e cartas, conforme se encontra no Apêndice deste volume, será perlustrado com ávido interesse e pode bem ser lido antes que sejam estudados os conselhos encontrados no corpo do texto. Seja como for, o leitor observará logo que o ministério da bondade a que a igreja é convocada, não é meramente um trabalho de comunidade, mas uma espécie de ministério de amor e esforço para a salvação de almas — a mais elevada qualidade de evangelismo do bem-estar.BS 9.2

    Na coleta de conselhos do Espírito de Profecia sobre este importante campo de atividade, foram tomados excertos da vasta reserva de preciosa instrução escrita num espaço de sete décadas. Foram coletados não somente de livros publicados e correntemente disponíveis, mas também de milhares de artigos de Ellen G. White, preparados para as revistas da denominação, de testemunhos especiais editados na forma de panfletos, e dos arquivos de manuscritos de Ellen G. White. Selecionados como foram dessas variadas fontes escritas em diferentes tempos, eles inevitavelmente conduzirão o leitor pelo mesmo caminho que percorreram antes, a fim de dar ênfase a algum ponto de importância vital para o pleno desenvolvimento do assunto. Tal repetição, embora reduzida ao mínimo, não se pode evitar inteiramente numa compilação como esta, pois os compiladores são limitados em seu trabalho à seleção da matéria pertinente ao assunto e ao arranjo da mesma em sua seqüência lógica, suplementando apenas os títulos.BS 9.3

    Provou-se difícil, quase impossível, incluir entre as capas de um livro o vasto acervo de instruções que Ellen G. White nos deu sobre esta espécie de trabalho, e que pudesse com justiça receber o título de Beneficência Social. Não é coisa fácil selecionar o material e traçar a linha entre uma visita de simples cortesia aos vizinhos e a visita missionária, nem separar o trabalho de generosas mulheres adventistas em seus aspectos mais amplos daquela mais bem definida tarefa empreendida com o só propósito missionário. Para os filhos de Deus essas tarefas se misturam nas variadas atividades da vida diária.BS 10.1

    Chama-se a atenção aqui para certos termos que ocorrem com freqüência neste volume, tais como “obra médico-missionária” e “obra de auxílio cristão”. Deve notar-se que um cuidadoso estudo dos escritos de Ellen G. White revela que a frase “obra médico-missionária” é empregada pela autora para incluir serviços profissionais de médicos e enfermeiras consagrados, e que seu significado alcança muito mais que isso, incluindo todos os atos de misericórdia e desinteressada bondade. “Obra de auxílio cristão” é também um termo mais comumente empregado pelos adventistas do sétimo dia nos seus primeiros anos do que agora, e refere-se à espécie de obra descrita neste volume. Escrevendo como o fez em diferentes continentes, a autora ao referir-se a dinheiro emprega às vezes a palavra dólar e outras fala de libra e shillings.BS 10.2

    Solicita-se que o leitor estude as instruções em seu próprio ambiente, a fim de descobrir o princípio básico envolvido em cada caso. Por exemplo, um estudo dos conselhos referentes a “comes e bebes” na igreja, deixará claro que embora sejamos advertidos contra utilizar-se ocasiões de apelos de molde a animar o apetite e o amor de prazeres como meio de levantar fundos na igreja, é contudo privilégio de grupos na igreja empenhar-se na preparação e venda de alimentos saudáveis, desde que isto seja feito na maneira devida e em lugar apropriado.BS 11.1

    A não ser em alguns casos em que uma ou duas sentenças possam enunciar claramente um princípio, os compiladores procuraram incluir porção suficiente do contexto de cada excerto, a fim de assegurar ao leitor o uso apropriado da afirmação selecionada. Em cada caso a data do escrito ou da primeira publicação é indicada em conexão com a anotação da fonte de onde é a declaração tirada.BS 11.2

    Este documentário foi preparado no escritório das publicações de Ellen G. White pelos que têm a responsabilidade do cuidado e publicação do seus escritos. A obra foi feita em harmonia com as instruções da Sra. White a esses responsáveis em prover “quanto às publicações de compilações de meus manuscritos”, pois eles contêm, como ela diz, “instruções que o Senhor me deu para o Seu povo”.BS 11.3

    Que este volume de instruções endereçado aos adventistas do sétimo dia — leigos e pastores — possa encorajar a igreja a tirar vantagem das oportunidades em ministrar entre vizinhos; que suas instruções logrem guiar em serviço inteligente, consciencioso e amorável; e que por intermédio de sua orientação haja abundante colheita de almas no reino de Deus, é o sincero desejo dos publicadores e dosBS 11.4

    Encarregados das Publicações de Ellen G. White

    Washington

    Setembro de 1951

    Larger font
    Smaller font
    Copy
    Print
    Contents