Ellen G. White Writings

<< Back Forward >>

«Back «Prev. Pub. «Ch «Pg   Pg» Ch» Next Pub.» Forward»

Orientação da Criança, Page 130

nem expressões ásperas, severas ou sombrias. Auxiliai-os, manifestando perdão e simpatia. Fortalecei-os com palavras amoráveis e ações bondosas, a fim de que vençam seus defeitos de caráter. — Conselhos aos Professores, Pais e Estudantes, 115, 116.

É possível ensinar muito

Tão logo a mãe ame a Jesus, deseja educar os filhos para Ele. Podeis educar a disposição da criança nos seus primeiros anos, muito mais do que pensais. Esse precioso nome de Jesus deve ser uma palavra familiar. — Manuscrito 17, 1893.

Capítulo 39 — A vontade: um fator de êxito

O poder da vontade

A vontade é o poder que governa a natureza do homem, trazendo todas as outras faculdades sob sua influência. A vontade não é gosto ou inclinação, mas é o poder de decidir, que opera nos filhos dos homens para a obediência a Deus ou para a desobediência. — Testimonies for the Church 5:513.

Toda a criança deve compreender a verdadeira força de vontade. Cumpre que seja levada a ver quão grande é a responsabilidade envolvida nesse dom. A vontade é ... a força para a decisão, ou escolha. — Educação, 289.

Êxito ao submeter a vontade a Deus

Todo o ser humano dotado de razão tem o poder de escolher o que é reto. Em cada incidente da vida, a Palavra de Deus para nós é: “Escolhei hoje a quem sirvais.” Josué 24:15. Cada qual pode pôr a sua vontade ao lado da vontade de Deus, pode optar pela obediência a Ele e, ligando-se assim com as forças divinas, colocar-se onde nada o poderá forçar a praticar o mal. Em cada jovem e criança há o poder de, mediante o auxílio de Deus, formar um caráter íntegro e viver uma vida de utilidade.

O pai ou professor que com tais instruções ensine à criança o governo de si mesma, será da maior utilidade e terá um êxito permanente. Para o observador superficial, o seu

«Back «Prev. Pub. «Ch «Pg   Pg» Ch» Next Pub.» Forward»