Ellen G. White Writings

<< Back Forward >>

«Back «Prev. Pub. «Ch «Pg   Pg» Ch» Next Pub.» Forward»

Orientação da Criança, Page 83

números, a fazerem suas próprias contas. Podem prosseguir passo a passo nesse conhecimento. — Conselhos aos Professores, Pais e Estudantes, 168, 169.

Sejam as crianças ensinadas a registrar as contas. Isso as habilitará a serem exatas. O menino dissipador será o homem dissipador. A menina vã, egoísta, que só cuida de si, será a mesma espécie de mulher. Devemos lembrar-nos de que há outros jovens pelos quais somos responsáveis. Se ensinarmos aos nossos filhos hábitos corretos, por meio deles, poderemos influenciar outros. — Carta 11, 1888.

Seção 7 — Desenvolvimento de qualidades cristãs

Capítulo 25 — Simplicidade

Educar com simplicidade natural

Os pequeninos devem ser educados com uma simplicidade infantil. Devem ser ensinados a estar contentes com os pequenos e úteis deveres e com os prazeres e experiências próprios de sua idade. As crianças correspondem à erva da parábola, e a erva tem uma beleza toda peculiar. As crianças não devem ser forçadas a uma maturidade precoce, mas, tanto quanto possível, devem reter a frescura e graça de seus tenros anos. Quanto mais calma e simples a vida da criança, isto é, mais livre de estímulos artificiais e mais de acordo com a natureza, mais favorável é para o vigor físico e mental e para a força espiritual. — Educação, 107.

Devem os pais, pelo seu exemplo, incentivar a formação de atos de simplicidade e afastar os filhos de uma vida artificial para uma vida natural. — The Signs of the Times, 2 de Outubro de 1884.

«Back «Prev. Pub. «Ch «Pg   Pg» Ch» Next Pub.» Forward»