Larger font
Smaller font
Copy
Print
Contents

Conselhos aos Idosos

 - Contents
  • Results
  • Related
  • Featured
No results found for: "".
    Larger font
    Smaller font
    Copy
    Print
    Contents

    Campos novos que devem ser trabalhados

    Caro irmão Craw:

    Escrevo-lhe porque você e eu estamos envelhecendo e, agora, precisamos examinar-nos cuidadosamente. Que estamos fazendo com o talento dos recursos que nos foram emprestados pelo Mestre? Que fez durante a vida, meu irmão? Devolveu para o Senhor aquilo que é realmente dEle? Pensa que tem feito tudo o que é pedido de você para o avanço da Sua obra? Enquanto orava sobre o tema da nossa grande necessidade de dinheiro para entrar em novos campos e levantar o estandarte em lugares onde a verdade nunca foi pregada, o irmão me foi apresentado. Foi como se o seu nome fosse pronunciado, e o Senhor dissesse: “Ele tem o dinheiro que lhe confiei e será do seu próprio interesse eterno colocá-lo em novos campos missionários onde devemos trabalhar.”CId 96.2

    Resolvi escrever-lhe, meu irmão. Pode enviar-nos um donativo nesta nossa grande necessidade? Se o Senhor lhe indicar que o dinheiro que tem deve ser usado no avanço da Sua Obra, não no-lo quer enviar para ser investido? Usei tudo o que tinha e agora lhe peço que devolva para o Senhor os recursos que Ele lhe confiou. Vemos tantos campos se abrindo em todas as direções. O povo nos está chamando para ir e ter reuniões com ele e não podemos nos recusar. Quis empenhorar minha propriedade, mas os bancos na Austrália não se interessam por esse tipo de investimento. O Senhor me indicou claramente que pode aliviar-nos, investindo recursos nesta boa obra. Há um grande trabalho para ser feito e desejamos penetrar nesta abertura providencial de Deus. Houve um avanço considerável e não podemos parar agora.CId 96.3

    Dirijo-me diretamente a você. Não deseja, agora, dar de volta uma porção do dinheiro do Senhor que está em suas mãos e aliviar-nos nesta premente necessidade? Que o Senhor torne seu coração bem disposto, é a minha prece. Desejamos fazer todo o possível para salvar pessoas que estão perecendo em seus pecados. Uma alma é de maior valor do que todo o mundo. Compreendemos que está sendo feito um bom trabalho. Em Newcastle foram batizadas cerca de trinta e cinco pessoas e quinze mais estão aguardando o batismo. O lugar inteiro está desperto. As cidades próximas precisam ser trabalhadas. Devemos parar por falta de dinheiro quando ele está nas mãos dos mordomos de Deus e deveria vir até nós?CId 97.1

    Na parábola se nos mostrou que cada um recebeu algo do Mestre. Cada um deve fazer a sua parte para suprir as necessidades que surgem no avanço da verdade. As propriedades são um talento. O Senhor manda Sua mensagem: “Venda o que tem e dê esmolas.” Não há duvida de que tudo o que temos pertence ao Senhor. “Minha é a prata, Meu é o ouro, diz o Senhor dos Exércitos.” Ageu 2:8. Por que não deveríamos, quando pressionados financeiramente, apresentar nossas grandes necessidades àqueles para quem Deus entregou significativamente Seu dinheiro em confiança, para ser usado no avanço da obra de salvar pessoas prestes a perecer? Não desejamos que semeei parcamente porque, então, parcamente colherá. Desejamos, meu irmão, que deposite tesouros no Céu. Os que semearem com abundância, com abundância ceifarão. A colheita será proporcional à semeadura. Leia o nono capítulo da segunda epístola aos Coríntios.CId 97.2

    Em breve Cristo vai recompensar todos os homens de acordo com sua obra. Logo, o dinheiro passará das suas mãos para outras que vão administrá-lo. Não será então que se fará o teste da sua mordomia. Agora ela é sua e, por ela, o Senhor deseja prová-lo. Enquanto está vivo, seja seu próprio esmoler e receba as bênçãos que lhes sobrevirão no desempenho fiel do dever. Devolva a Deus o que Lhe pertence. Este é o caminho de Deus. Ele sempre empresta talentos a Seus mordomos a fim de que o usem para espalhar o conhecimento da verdade. Esta obra não poderá ser feita sem os recursos que estão nas mãos dos servos de Deus.CId 98.1

    Convidamos-lhe a dispor de suas propriedades. Isto Deus pede de você. Precisamos construir casas de reuniões e hospitais para nossos doentes. Precisamos de recursos para avançar a obra de Deus neste novo mundo [Austrália]. Seja liberal para que Deus possa avançar Sua causa. — Carta 53, 1899.CId 98.2

    Larger font
    Smaller font
    Copy
    Print
    Contents