Larger font
Smaller font
Copy
Print
Contents
  • Results
  • Related
  • Featured
No results found for: "".
    Larger font
    Smaller font
    Copy
    Print
    Contents

    Seção 2 — O colportor habilitado

    Capítulo 7 — Entrega completa a Deus

    O que é o mais importante — Os que se empenham na obra da colportagem devem primeiro dar-se a Deus completamente e sem reservas. Cristo os convida: “Vinde a Mim, todos os que estais cansados e oprimidos, e Eu vos aliviarei. Tomai sobre vós o Meu jugo, e aprendei de Mim, que sou manso e humilde de coração; e encontrareis descanso para as vossas almas. Porque o Meu jugo é suave e o Meu fardo é leve.” — Manuscrito 26, 1901.CEv 47.1

    Remindo o tempo — Se tendes negligenciado o tempo de semeadura, se permitistes que as oportunidades providas por Deus passassem inaproveitadas, se vos tendes agradado a vós mesmos, não vos arrependereis agora, antes que seja demasiado tarde, esforçando-vos para remir o tempo? A obrigação de usar vossos talentos no serviço do Mestre, repousa pesadamente sobre vós. Vinde ao Senhor, e fazei inteira entrega de tudo a Ele. Não podeis permitir a perda de nem mais um dia. Assumi vossa obra negligenciada. Afastai vossa lamentosa incredulidade, vossa inveja e maus pensamentos, e ide para o trabalho em humildade de fé e fervente oração ao Senhor para que vos perdoe pelos vossos anos em que vos não consagrastes. Suplicai auxílio ao Senhor. Se o buscardes ferventemente, com todo o coração, encontrá-Lo-eis, e Ele vos fortalecerá e abençoará. — The Review and Herald, 27 de Janeiro de 1903.CEv 47.2

    Ser humildes e prontos a aprender — Ao escolher homens e mulheres para Seu serviço Deus não indaga se eles possuem saber, ou eloqüência, ou riquezas mundanas. Pergunta: “Andam eles com tanta humildade, que Eu lhes possa ensinar os Meus caminhos? Posso pôr-lhes nos lábios Minhas palavras? Representar-Me-ão eles?”CEv 48.1

    Deus pode servir-Se de cada pessoa na proporção exata em que Lhe é possível pôr o Seu Espírito no templo da alma. A obra aceita é aquela que Lhe reflete a imagem. Seus seguidores devem apresentar, como credenciais perante o mundo, os indeléveis característicos de Seus princípios imortais. — Testemunhos Selectos 3:145, 146 (1902).CEv 48.2

    Por que muitos têm falhado — Os colportores precisam converter-se diariamente a Deus, a fim de que suas palavras e ações sejam um cheiro de vida para vida, para que possam exercer uma influência salvadora. A razão por que muitos fracassaram na colportagem, está em não terem sido cristãos genuínos; não conheciam o espírito da conversão. Tinham uma teoria a respeito de como a obra devia ser feita, mas não sentiam sua dependência de Deus.CEv 48.3

    Mudado pela contemplação — Colportores, lembrai-vos de que nos livros que manejais, estais apresentando, não a taça que contém o vinho de Babilônia, as doutrinas do erro ministradas aos reis da Terra, mas a taça cheia da preciosidade das verdades da redenção. Quereis vós mesmos beber dela? Vosso espírito pode ser levado em cativeiro à vontade de Cristo, e Ele pode colocar sobre vós Sua própria imagem. Contemplando, sereis transformados de glória em glória, de caráter em caráter. Deus deseja que venhais para a frente, falando as palavras que Ele vos dará. Deseja que mostreis avaliardes altamente a humanidade, essa humanidade que foi adquirida pelo precioso sangue do Salvador. Quando cairdes sobre a pedra e vos despedaçardes, experimentareis o poder de Cristo, e os outros reconhecerão o poder da verdade em vosso coração. — Idem, 2:536 (1900).CEv 48.4

    Revestir-se de Cristo — Ninguém pode ser um bem-sucedido ganhador de almas antes que ele mesmo tenha decidido entregar-se a Deus. Nós, individualmente, devemos revestir-nos do Senhor Jesus Cristo. Para cada um de nós Ele tem de tornar-Se sabedoria, justiça, santificação e redenção. Quando nossa fé se apoderar de Cristo como nosso Salvador pessoal, expô-Lo-emos perante os outros sob nova luz. E quando o povo contemplar a Cristo como Ele é, não contenderão a respeito de doutrinas; fugirão para Ele em busca de perdão, pureza e vida eterna.CEv 49.1

    A dificuldade que mais deve ser temida é a de que o colportor que encontre estas almas inquiridoras não esteja ele mesmo convertido; que ele mesmo não conheça por experiência o amor de Cristo, que excede todo o entendimento. Se ele mesmo não tem este conhecimento, como pode contar aos outros a preciosa e velha, velha história? O povo precisa ser ensinado a respeito da própria essência da verdadeira fé, o caminho para aceitar a Cristo e confiar nEle como seu Salvador pessoal. Eles precisam saber como podem seguir Seus passos para onde quer que Ele vá. Que os pés do obreiro sigam, passo a passo, as pisadas de Jesus e não assinalem nenhum outro caminho para ir ao Céu.CEv 49.2

    Atrair os homens ao redentor — Muitos cristãos professos se têm apartado de Cristo, o grande centro, e se têm feito a si mesmos de centros; mas se desejarem ser bem-sucedidos em atrair outros ao Salvador, precisam eles mesmos refugiar-se nEle e reconhecer sua completa dependência de Sua graça. Satanás tem feito o máximo esforço possível para romper a cadeia que une os homens a Deus; deseja amarrar-lhes a alma a seu próprio carro e fazê-los escravos em seu serviço; mas nós devemos trabalhar contra ele e atrair homens ao Redentor. — Manual for Canvassers, 50 (1902).CEv 49.3

    A alma levada a Jesus está em segurança — Quando uma alma foi trazida a Cristo por meio deste trabalho pessoal, deixai que Deus trabalhe pelo coração submisso e humilde; deixai Deus impor-lhe justamente o serviço que Ele acha apropriado. Deus prometeu que Sua graça será suficiente para todo que vier a Ele. Os que se entregam a Jesus, que abrem a porta do coração e O convidam para entrar, estarão seguros. Ele diz: “Eu sou a Caminho, a Verdade e a Vida.” João 14:6. Possuindo a Jesus, possuirão a verdade. Serão completos nEle. — Ibidem.CEv 50.1

    Absoluta honestidade — Se o colportor segue um mau procedimento, se profere a falsidade ou pratica engano, perde o respeito de si mesmo. Ele pode não ter consciência de que Deus o vê e está a par de cada transação comercial, de que santos anjos estão pesando seus motivos e ouvindo suas palavras e de que sua recompensa será de acordo com suas obras; mas se fosse possível ocultar seu mau procedimento da inspeção humana e divina, o fato de que ele mesmo o conhece, é degradante a seu espírito e caráter. Um único ato não determina o caráter, mas quebra a barreira; e a próxima tentação é mais prontamente agasalhada, até que, finalmente, se forma um hábito de prevaricação e desonestidade no negócio, e o homem se torna indigno de confiança.CEv 50.2

    Há muitos, nas famílias e na igreja, que pouca conta fazem de patentes incoerências. Há jovens que parecem o que não são. Parecem honestos e verdadeiros; mas são como sepulcros caiados, bonitos por fora mas corruptos por dentro. O coração está manchado, denegrido pelo pecado; e assim permanece o registro nas cortes celestiais. Tem estado em prosseguimento em seu espírito um processo que os tornou calejados, insensíveis. Mas se seu caráter, pesado nas balanças do santuário, for pronunciado em falta no grande dia de Deus, será uma calamidade que não compreendem agora. A verdade, a preciosa e pura verdade, deve fazer parte do caráter.CEv 51.1

    Pureza de vida — Qualquer que seja o caminho escolhido, a senda da vida está rodeada de perigos. Se os obreiros em qualquer ramo da causa se tornam descuidosos e desatentos a seus deveres eternos, estão enfrentando grande perda. O tentador achará acesso a eles. Ele espalhará redes para seus pés e guiá-los-á em caminhos duvidosos. Só estão seguros aqueles cujo coração está guarnecido de princípios puros. Como Davi, eles orarão: “Dirige os meus passos nos Teus caminhos, para que as minhas pegadas não vacilem.” Uma constante batalha precisa ser mantida contra o egoísmo e a corrupção do coração humano. Muitas vezes os ímpios parecem ser prósperos em seus caminhos; mas os que esquecem a Deus, mesmo por uma hora ou um momento, estão num caminho perigoso. Pode ser que não reconheçam seus perigos; mas antes de estarem apercebidos, o hábito, semelhante a um laço de ferro, prende-os em sujeição ao mal, com o qual brincaram. Deus despreza seu procedimento e Sua bênção não os seguirá.CEv 51.2

    Não contemporizar com o pecado — Tenho visto que jovens empreendem este trabalho sem se ligarem ao Céu. Colocam-se no caminho da tentação para mostrar sua bravura. Riem-se da insensatez dos outros. Eles conhecem o caminho reto; sabem como conduzir-se. Quão facilmente podem resistir à tentação! Quão infundado é pensar em sua queda! Mas não fazem de Deus sua defesa. Satanás tem um insidioso laço preparado para eles, e eles mesmos se tornam o joguete dos tolos.CEv 52.1

    Nosso grande adversário tem agentes que estão constantemente à caça de uma oportunidade para destruir almas, como um leão caça sua presa. Foge deles, jovem! Porque conquanto pareçam ser teus amigos, eles astutamente introduzem maus caminhos e práticas. Lisonjeiam-te com os lábios e oferecem-se para ajudar-te e guiar-te; mas seus passos dirigem-se para o inferno. Se ouvires seus conselhos, isto pode ser o ponto decisivo de tua vida. A remoção de uma única salvaguarda da consciência, a contemporização com um só hábito, uma simples negligência das elevadas exigências do dever, pode ser o princípio de uma série de enganos, que te passará para as fileiras dos que estão servindo a Satanás, ao passo que estás todo o tempo professando amar a Deus e a Sua causa. Um momento de negligência, um único passo em falso, pode tornar todo o curso de tua vida para uma direção errada. E pode ser que nunca venhas a saber o que causou tua ruína, antes de ser pronunciada a sentença “Apartai-vos de Mim, vós que praticais a iniqüidade.”CEv 52.2

    Abandonar más companhias — Alguns jovens sabem que aquilo que eu tenho dito, descreve plenamente seu procedimento. Seus caminhos não estão ocultos ao Senhor, ainda que estejam ocultos a seus melhores amigos, mesmo seu pai e mãe. Tenho pouca esperança de que alguns destes jamais mudem seu curso de hipocrisia e engano. Outros que erram estão procurando remir-se a si mesmos. Que o querido Jesus os auxilie para que fixem a face como um seixo contra todas as falsidades e as lisonjas dos que haveriam de enfraquecer seus propósitos de fazer o que é reto, ou que haveriam de insinuar dúvidas ou sentimentos de infidelidade para abalar sua fé na verdade. Jovens amigos, não gasteis uma hora sequer na companhia daqueles que vos inabilitariam para a pura e sagrada obra de Deus. Não façais diante dos estranhos coisa alguma que não faríeis diante de vosso pai ou mãe, ou que teríeis vergonha de fazer diante de Cristo e dos anjos.CEv 52.3

    Alguns podem pensar que os observadores do sábado não necessitam destas admoestações; mas aqueles a quem elas se aplicam sabem o que eu quero dizer. Eu vos digo, jovens, que vos acauteleis; porque não podeis fazer coisa alguma que não seja aberta aos olhos dos anjos de Deus. Não podeis praticar uma ação má, sem que outros sejam afetados por ela. Enquanto vosso procedimento revela que espécie de material é empregado na formação de vosso próprio caráter, exerce também uma poderosa influência sobre os outros. Nunca percais de vista o fato de que pertenceis a Deus, de que fostes comprados por preço e de que precisais prestar contas a Ele de todos os talentos que vos confiou. Ninguém cuja mão esteja manchada com pecado, ou cujo coração não seja reto para com Deus, deve ter qualquer parte na colportagem; porque tais pessoas haverão de, certamente, desonrar a causa da verdade. Os que são obreiros no campo missionário, precisam de Deus para os guiar. Devem ser cuidadosos para começar direito, e então prosseguir calma e firmemente no caminho da retidão. Devem ser resolutos; pois Satanás é resoluto e perseverante em seus esforços por vencê-los. — Testimonies for the Church 5:396-399 (1885).CEv 53.1

    Constante dependência de Deus — Aquele que em seu trabalho encontra provas e tentações, deve aproveitar com essas experiências, aprendendo a apoiar-se mais decididamente em Deus. Deve sentir a todo momento sua dependência de Deus.CEv 54.1

    Nenhuma queixa deve ser cultivada em seu coração ou ser pronunciada por seus lábios. Quando bem-sucedido, não deve tomar para si nenhuma glória, porque seu êxito é devido à operação dos anjos de Deus sobre o coração. E lembre-se ele de que tanto no tempo de animação como no de desânimo os mensageiros celestiais estão sempre a seu lado. Ele deve reconhecer a bondade do Senhor, e louvá-Lo com alegria.CEv 54.2

    Cristo pôs de lado Sua glória e veio à Terra para sofrer pelos pecadores. Se encontrarmos durezas em nosso trabalho, olhemos para Aquele que é o Autor e Consumador de nossa fé. Então não falharemos nem ficaremos desanimados. Suportaremos as durezas como bons soldados de Jesus Cristo. Lembrai-vos do que Ele diz de todos os verdadeiros crentes: “Nós somos cooperadores de Deus; vós sois lavoura de Deus e edifício de Deus.” 1 Coríntios 3:9. — Testemunhos Selectos 2:550, 551 (1900).CEv 54.3

    A maior necessidade do mundo — A maior necessidade do mundo é a de homens — homens que se não comprem nem se vendam; homens que no íntimo da alma sejam verdadeiros e honestos; homens que não temam chamar o pecado pelo seu nome exato; homens, cuja consciência seja tão fiel ao dever como a bússola o é ao pólo; homens que permaneçam firmes pelo que é reto, ainda que caiam os céus. — Educação, 57 (1903).CEv 54.4

    Larger font
    Smaller font
    Copy
    Print
    Contents