Larger font
Smaller font
Copy
Print
Contents

Conselhos sobre Saúde

 - Contents
  • Results
  • Related
  • Featured
No results found for: "".
    Larger font
    Smaller font
    Copy
    Print
    Contents

    Frutos da indolência

    Minha alma lamenta pelos jovens que estão formando o caráter neste século degenerado. Tremo também por seus pais; pois foi-me mostrado que, em geral, eles não compreendem suas obrigações de educar os filhos no caminho que devem trilhar. Consultam-se os costumes e a moda, e os filhos em breve aprendem a ser controlados por estes, e são corrompidos; enquanto os indulgentes pais se acham por sua vez entorpecidos, e dormindo quanto ao seu perigo. Mas bem poucos dos jovens se acham livres de hábitos corruptos. São em grande parte desculpados de exercícios físicos por temor de que tenham excesso de trabalho. Os próprios pais tomam responsabilidades que deviam estar sobre os filhos. O excesso de trabalho é mau; mas os resultados da indolência são mais de temer. A ociosidade leva à condescendência com os hábitos corruptos. A laboriosidade não fatiga e exaure a quinta parte do que o faz o pernicioso hábito da masturbação. Se o trabalho simples, bem regulado exaure vossos filhos, estai certos, pais, há qualquer coisa, além de seu trabalho, que lhes está enervando o organismo, e produzindo sensação de constante fadiga. Dai trabalho físico a vossos filhos, o qual chamará à atividade os nervos e os músculos. A fadiga que acompanha esse labor lhes diminuirá a inclinação para condescender com os hábitos viciosos. A ociosidade é uma maldição. Produz hábitos licenciosos.CSa 617.3

    Muitos casos me têm sido apresentados e, ao ter eu uma visão de sua vida interior, minha alma ficou acabrunhada e desgostosa, e com repugnância do apodrecimento do coração dos seres humanos que professam piedade e falam de trasladação para o Céu. Tenho-me perguntado freqüentemente: Em quem posso confiar? Quem está isento de iniqüidade?CSa 618.1

    Larger font
    Smaller font
    Copy
    Print
    Contents