Larger font
Smaller font
Copy
Print
Contents

Testemunhos para a Igreja 2

 - Contents
  • Results
  • Related
  • Featured
No results found for: "".
    Larger font
    Smaller font
    Copy
    Print
    Contents

    Capítulo 74 — Nossas reuniões campais

    Não pode haver influência mais prejudicial a uma reunião campal ou a qualquer outra reunião religiosa do que os muitos encontros pessoais e a conversa descuidosa. Freqüentemente homens e mulheres se reúnem em pequenos grupos e empenham-se em conversa acerca de assuntos comuns que não se relacionam com a reunião. Alguns trouxeram consigo suas fazendas, outros suas casas, e estão a fazer planos para construções. Alguns dissecam o caráter de outros, e não têm tempo ou disposição para esquadrinhar o próprio coração, para descobrir os defeitos do próprio caráter, a fim de corrigir-lhe os erros, e aperfeiçoar a santidade no temor de Deus. Se todos quantos professam ser seguidores de Cristo aproveitassem o tempo fora das reuniões para conversar sobre a verdade, para deter-se na esperança do cristão, em examinar a si mesmos e em fervorosa oração diante de Deus, rogando-Lhe a bênção, muito maior seria a obra realizada do que já temos visto. Os incrédulos, que acusam falsamente os que crêem na verdade, seriam convencidos por causa de sua “boa conversação em Cristo”. Nossas palavras e atos são o fruto que produzimos; “portanto, pelos seus frutos os conhecereis”. Mateus 7:20.T2 597.3

    Deus instruiu os israelitas para se reunirem diante dEle em determinadas ocasiões, no lugar que Ele escolheria, para observarem dias especiais onde nenhum trabalho desnecessário devia ser feito, mas esse tempo devia ser dedicado à reflexão sobre as bênçãos que Ele lhes havia concedido. Nessas ocasiões especiais, servos, servas, estrangeiros, órfãos e viúvas eram todos orientados a se regozijarem porque Deus, por Seu maravilhoso poder, os tirara da servil escravidão para a alegria da liberdade. Não deviam comparecer diante de Deus de mãos vazias. Deviam trazer provas de gratidão a Deus por Sua contínua misericórdia e bênçãos derramadas sobre eles; deviam trazer ao Senhor dádivas, ofertas voluntárias e de ações de graça, de acordo com as bênçãos recebidas. Essas ofertas eram variadas, de acordo com a avaliação que os doadores faziam das bênçãos que tinham o privilégio de desfrutar. Assim, o caráter das pessoas se desenvolvia naturalmente. Aqueles que tinham em alto valor as bênçãos concedidas por Deus, traziam ofertas conforme sua apreciação dessas bênçãos. Os que tinham suas faculdades morais entorpecidas e neutralizadas por egoísmo e idolátrico amor aos favores recebidos, em vez de inspirados por ardente amor pelo bondoso Benfeitor, traziam ofertas mesquinhas. Dessa maneira eram revelados os corações. Além desses dias de festas religiosas, de alegria e regozijo, a páscoa anual devia ser comemorada pela nação judaica. O Senhor estipulou que se eles fossem fiéis na observância de Suas solicitações, Ele os abençoaria em toda a sua colheita e em toda obra das suas mãos. Deuteronômio 16:15.T2 598.1

    Deus não requer menos de Seu povo nestes últimos dias, em sacrifícios e ofertas, do que o fez da nação judaica. Aqueles a quem Ele tem abençoado com habilidades, e mesmo as viúvas e os órfãos, não devem estar desatentos às Suas bênçãos. Os que Deus prosperou devem especialmente devolver o que Lhe pertence. Devem comparecer diante dEle com espírito de sacrifício próprio e trazer suas ofertas de acordo com as bênçãos que Ele lhes concedeu. Mas muitos a quem Deus favoreceu manifestam ingratidão. Se as bênçãos vêm sobre eles e o Senhor lhes aumenta os bens, usam essa generosidade como cordas para prendê-los ao amor de suas posses. Permitem que os negócios mundanos se apossem de suas afeições e de todo seu ser, e negligenciam a devoção e os privilégios religiosos. Não podem pôr de lado o atendimento a seus negócios e se apresentarem perante Deus, ainda que seja uma vez por ano. Tornam as bênçãos de Deus em maldição. Servem a seus interesses temporais, negligenciando os reclamos divinos.T2 599.1

    Os que possuem muito dinheiro permanecem em casa, ano após ano, absorvidos em suas preocupações e interesses mundanos, achando que não podem fazer um pequeno sacrifício e assistir às reuniões anuais para adorar a Deus. Ele os têm abençoado em seu “cesto” e em sua “amassadeira” (Deuteronômio 28:5) e os circundado de bênçãos à direita e à esquerda, entretanto, retêm dEle as pequenas ofertas requeridas. Eles amam servir a si mesmos. Seu coração será como o deserto estéril sem orvalho ou chuva. O Senhor lhes têm dado as preciosas bênçãos de Sua graça. Libertou-os da escravidão do pecado e do cativeiro do erro, abrindo-lhes à entenebrecida compreensão a gloriosa luz da verdade presente. Não deveriam essas evidências do amor e da misericórdia divina despertar gratidão? Aqueles que professam crer que o fim de todas as coisas está próximo, ficarão cegos aos próprios interesses espirituais, e viverão somente para este mundo e esta vida? Esperam eles que seus interesses eternos cuidem de si mesmos? Não obterão poder espiritual sem esforço de sua parte.T2 599.2

    Muitos que professam estar aguardando o aparecimento de nosso Senhor, estão sobrecarregados e ansiosos em busca de lucros mundanos. Estão cegos a seus interesses eternos. Eles trabalham por aquilo que não satisfaz. Gastam dinheiro naquilo que não é pão. Lutam para contentar-se com os tesouros que juntaram na Terra, os quais hão de perecer, e negligenciam a preparação para a eternidade, que deve ser a primeira e única missão verdadeira da vida.T2 600.1

    Todos os que puderem, assistam a essas reuniões anuais. Todos devem sentir que Deus deles requer isso. Se não se aproveitam dos privilégios que o Senhor lhes proporciona a fim de se tornarem fortes nEle, e no poder de Sua graça, tornar-se-ão mais e mais fracos, tendo cada vez menos desejo de consagrar tudo a Deus. Venham, irmãos e irmãs, a essas sagradas reuniões de convocação para encontrar Jesus. Ele virá à festa. Achar-Se-á presente, e fará por vocês aquilo de que mais necessitam. Suas fazendas não devem ser consideradas de maior valor do que os mais altos interesses do coração. Todos os tesouros que possuem, por mais valiosos que sejam, não lhes bastariam para comprar paz e esperança, as quais lhes serão de infinito lucro ao preço de tudo quanto vocês têm e as lidas e sofrimentos da vida inteira. Uma compreensão clara e firme das coisas eternas, e um coração disposto a entregar tudo a Cristo, são bênçãos de mais valor do que todas as riquezas, prazeres e glórias deste mundo.T2 600.2

    Essas reuniões campais são importantes. Elas custam algo. Os servos de Deus estão consumindo a vida para ajudar as pessoas, enquanto muitas delas parecem não necessitar de auxílio. Por temor de perder um pouco do ganho deste mundo, alguns deixam passar esses preciosos privilégios como se fossem de pequena importância. Que todos os que professam crer na verdade respeitem todo privilégio que Deus lhes oferece, para obter claras concepções de Sua verdade, Suas reivindicações e do necessário preparo para Sua vinda. Uma calma, alegre e obediente confiança em Deus é o que Ele requer.T2 601.1

    Vocês não necessitam fatigar-se com ansiedades e cuidados desnecessários. Trabalhem fielmente cada dia, fazendo a obra que a providência de Deus lhes designou, e Ele cuidará de vocês. Jesus ampliará e aprofundará Suas bênçãos. Vocês devem se esforçar se quiserem obter a salvação, afinal. Venham às reuniões preparados para trabalhar. Deixem em casa os cuidados e venham encontrar-se com Jesus. Ele será achado por vocês. Venham com ofertas, de acordo com as bênçãos recebidas. Demonstrem gratidão ao seu Criador, o Doador de todos os benefícios, por meio de uma oferta voluntária. Que ninguém dos que podem, compareça de mãos vazias. “Trazei todos os dízimos à casa do tesouro, para que haja mantimento na Minha casa, e depois fazei prova de Mim, diz o Senhor dos Exércitos, se Eu não vos abrir as janelas do céu e não derramar sobre vós uma bênção tal, que dela vos advenha a maior abastança.” Malaquias 3:10.T2 601.2

    O objetivo de uma reunião campal é levar todos a se afastarem das preocupações e cuidados dos negócios e a consagrarem alguns dias exclusivamente para buscar ao Senhor. Devemos ocupar o tempo em exame interior, esquadrinhando intimamente o coração, fazendo contritas confissões de pecado e renovando nossos votos ao Altíssimo. Se alguém vai a essas reuniões com objetivos menos dignos, esperamos que o caráter das reuniões seja de molde a levar-lhes a mente a objetivos apropriados.T2 601.3

    Alguns exageram no preparo para as reuniões campais. São pessoas liberais e nada fazem com mesquinhez. Algumas fazem grandes provisões e se sentem totalmente esgotadas ao virem às reuniões. E tão logo sejam liberadas das pressões do trabalho, seu fatigado organismo denuncia os abusos sofridos. Algumas dessas pessoas podem nunca ter assistido às campais antes, e não estão informadas com respeito aos preparativos que devem fazer. Elas perdem algumas das preciosas reuniões que haviam planejado assistir. Erram em fazer tão grandes preparativos. Nada deve ser levado às campais senão os alimentos mais saudáveis preparados de maneira simples, livres de condimentos e gorduras.T2 601.4

    Estou convencida de que ninguém precisa ficar doente ao preparar-se para as reuniões campais se observar as leis de saúde no preparo dos alimentos. Se não fizer bolos ou tortas, mas fizer pão simples integral, e depender de frutas, em conserva ou secas, não necessita ficar doente ao preparar-se para as reuniões e nem enquanto lá estiver. Ninguém deve passar todo o período de reuniões sem algum alimento quente. Há sempre fogões no local, onde isso se torna possível.T2 602.1

    Os irmãos e as irmãs não precisam ficar doentes no acampamento. Se eles se vestirem devidamente para o frio da manhã e da noite, e forem meticulosos em variar o vestuário de acordo com as mudanças do tempo, de modo a manter circulação apropriada, e estritamente observarem regularidade no dormir e no comer alimentos simples, nada consumindo entre as refeições, não precisam ficar doentes. Podem estar bem durante as reuniões, ter a mente clara e estar capacitados para apreciar a verdade, e retornar a seus lares refrigerados no corpo e no espírito. Os que se têm empenhado em duro labor dia a dia, cessam agora suas atividades; não devem, portanto, comer a mesma quantidade usual de alimento. Se o fizerem, terão o estômago sobrecarregado. Desejamos ter nessas reuniões as energias cerebrais especialmente vigorosas e nas mais saudáveis condições para ouvir a verdade, apreciá-la e retê-la, de forma que todos possam praticá-la após voltarem da reunião. Se o estômago é sobrecarregado com muito alimento, embora de natureza simples, a energia cerebral é chamada em auxílio dos órgãos digestivos. Há sobre o cérebro uma sensação de entorpecimento. Torna-se quase impossível manter os olhos abertos. As próprias verdades que devem ser ouvidas, entendidas e praticadas são inteiramente perdidas pela indisposição, ou porque o cérebro está quase paralisado em conseqüência da quantidade de alimento ingerido.T2 602.2

    Eu aconselharia a todos a pôr alguma coisa quente no estômago pelo menos cada manhã. Podem fazer isto sem muito trabalho. Podem fazer mingau de farinha integral. Se a farinha integral é demasiado grossa, peneirem-na, e adicionem-lhe leite enquanto o mingau está quente. Isto fará que o prato seja mais apetitoso e saudável para o acampamento. E se o pão estiver seco, poderá ser apreciado se for esmigalhado no mingau. Não aprovo o comer muito alimento frio, porque então a vitalidade do organismo será chamada para aquecer o alimento até que ele se torne da mesma temperatura do estômago antes do trabalho de digestão começar. Outro prato muito simples, porém saudável, é feijão cozido ou assado. Triturem uma porção dele com água, adicionando leite ou creme, e façam um caldo; o pão pode ser usado como no caso do mingau de farinha.T2 603.1

    Estou satisfeita em ver o progresso que muitos têm feito na reforma de saúde, todavia, entristeço-me ao ver muitos ainda em atraso. Se alguém fica doente em nossos acampamentos, é bom examinar a razão e anotar as informações sobre o caso. Não me agrada que a reputação de nossas reuniões campais seja afetada como causadora de doenças em nosso povo. Se fosse adotada uma conduta apropriada nessas reuniões, elas poderiam ser uma bênção à saúde física, bem como ao coração.T2 603.2

    Larger font
    Smaller font
    Copy
    Print
    Contents