Larger font
Smaller font
Copy
Print
Contents

Conselhos Aos Pais, Professores E Estudantes

 - Contents
  • Results
  • Related
  • Featured
No results found for: "".
    Larger font
    Smaller font
    Copy
    Print
    Contents

    52 — Deixar de Reconhecer o Mensageiro de Deus

    A vós que viveis no próprio coração da obra, peço-vos que recapituleis a experiência de anos a esta parte, a ver se na verdade vos pode ser dirigido o “Bem está”. Peço aos professores da escola que considerem cuidadosamente, com oração: Tendes vós, individualmente, vigiado vossa própria alma, como alguém que está cooperando com Deus para sua purificação de todo pecado, sua inteira santificação para Ele? Tendes vós, por preceito e por exemplo, ensinado à juventude a santificação ... mediante a verdade que leva à santidade e obediência a Deus?CP 363.1

    Não tendes tido temor do Espírito Santo? Por vezes Ele tem vindo, com toda aquela influência que tudo penetra, à escola de Battle Creek, bem como às escolas de outras localidades. Acaso O reconhecestes? Dispensastes-Lhe a honra devida ao Mensageiro celeste? Quando o Espírito parecia estar lutando com os jovens, acaso dissestes: “Ponhamos todo estudo de parte; pois é evidente termos entre nós um Hóspede celeste; louvemos e honremos a Deus”? Porventura, de coração contrito, vos prostrastes em oração com vossos alunos, rogando que vos fosse dado receber as bênçãos que o Senhor estava oferecendo?CP 363.2

    O próprio grande Mestre estava entre vós. De que maneira O honrastes? Era Ele um estranho para alguns dos educadores? Haveria necessidade de mandar vir uma pessoa de suposta autoridade para acolher ou repelir esse Mensageiro do Céu? Conquanto invisível, Sua presença estava entre vós. Não se exprimiu, no entanto, o pensamento de que na escola as horas deviam ser consagradas ao estudo, e que havia um tempo determinado para cada coisa? - como se os momentos dedicados ao estudo comum fossem demasiado preciosos para serem entregues à operação do Mensageiro celeste?CP 363.3

    Se assim restringistes e repelistes o Espírito Santo de Deus, rogo-vos que vos arrependais disso o mais breve possível. Se alguém cerrou e passou cadeado à porta de vosso coração diante do Espírito de Deus, rogo-vos insistentemente que a descerreis, e oreis com fervor: “Habita em mim.” Quando o Espírito Santo manifesta Sua presença em vossa sala de aula, dizei aos alunos: “O Senhor dá a entender que tem hoje para nós uma lição de importância celeste, lição mais valiosa que as que temos nos ramos comuns de ensino. Escutemos; curvemo-nos perante Deus, e O busquemos de todo o coração.”CP 364.1

    Permiti-me dizer-vos o que sei da presença desse Hóspede celestial. O Espírito Santo estava Se movendo por sobre os alunos durante as horas de aula; alguns corações, porém, achavam-se tão frios e obscurecidos que não sentiam desejo dessa presença, e a luz de Deus foi retirada. O Visitante celestial teria aberto o entendimento, teria dado sabedoria e conhecimento em todos os ramos de estudo que se pudessem empregar para a glória de Deus. Ele veio para convencer do pecado, e abrandar os corações endurecidos pelo longo afastamento de Deus. Veio para revelar o grande amor com que Deus tem amado a esses jovens. ...CP 364.2

    Nossa conduta deve ser regida por um princípio de origem divina, que nos ligue a Deus. Isso não será de maneira alguma obstáculo ao estudo da verdadeira ciência. “O temor do Senhor é o princípio da sabedoria” (Pv 9:10); e o homem que consente em ser moldado segundo a semelhança divina, se torna a mais nobre das obras de Deus. Todos quantos vivem em comunhão com o Criador, compreenderão Seus desígnios em criá-los. Terão o senso de sua própria responsabilidade para com Deus quanto ao emprego, para os melhores fins, das faculdades de que foram dotados. Não procurarão glorificar-se nem depreciar-se a si mesmos. ...CP 364.3

    Larger font
    Smaller font
    Copy
    Print
    Contents