Larger font
Smaller font
Copy
Print
Contents

Conselhos Aos Pais, Professores E Estudantes

 - Contents
  • Results
  • Related
  • Featured
No results found for: "".
    Larger font
    Smaller font
    Copy
    Print
    Contents

    16 — A Parábola da Semente em Crescimento

    Jesus ensinava por meio de ilustrações e parábolas tiradas da natureza e dos acontecimentos familiares da vida diária. ... Desse modo, associava as coisas naturais com as espirituais, ligando as coisas da natureza e a experiência pessoal de Seus ouvintes com as sublimes verdades da Palavra escrita. E sempre que, mais tarde, os olhos deles repousavam nos objetos com que Ele associara a verdade eterna, eram repetidas as Suas lições.CP 140.1

    Uma das mais belas e impressionantes parábolas de Cristo é a do semeador e da semente. “O reino de Deus é assim”, disse Ele, “como se um homem lançasse semente à terra, e dormisse, e se levantasse de noite ou de dia, e a semente brotasse e crescesse, não sabendo ele como. Porque a terra por si mesma frutifica; primeiro, a erva, depois, a espiga, e, por último, o grão cheio na espiga” (Mc 4:26-28). ... Aquele mesmo que deu esta parábola criou a pequenina semente, deu-lhe as suas propriedades vitais e determinou as leis que lhe governariam o crescimento; e a fez uma vívida ilustração da verdade, tanto no mundo natural como no espiritual.CP 140.2

    As verdades que esta parábola ensina se fizeram uma viva realidade na própria vida de Cristo. Tanto em Sua natureza física como na espiritual, Ele seguiu a ordem divina para o crescimento, ilustrada pela planta, conforme Ele deseja que todo jovem faça. Embora fosse a Majestade do Céu, o Rei da glória fez-Se um bebê em Belém, e durante algum tempo representou a indefesa criancinha sob os cuidados da mãe.CP 140.3

    Na infância, Jesus fez os trabalhos de uma criança obediente. Falava e agia com a sabedoria de criança, e não de homem, honrando a Seus pais e realizando os seus desejos de modo a auxiliá-los conforme a habilidade de uma criança. No entanto, em cada estágio de Seu desenvolvimento Ele era perfeito, com a graça simples e natural de uma vida sem pecado. O relato sagrado diz a respeito de Sua infância: “E o Menino crescia e Se fortalecia em espírito, cheio de sabedoria; e a graça de Deus estava sobre Ele” (Lc 2:40). E quanto à Sua juventude acha-se registrado: “E crescia Jesus em sabedoria, e em estatura, e em graça para com Deus e os homens” (Lc 2:52).CP 141.1

    Aqui é sugerida a obra dos pais e professores. ... Devem ter como objetivo cultivar de tal maneira as tendências dos jovens que em cada estágio de sua vida possam representar a beleza natural apropriada àquele período, desenvolvendo-se naturalmente, como o fazem as plantas no jardim.CP 141.2

    Larger font
    Smaller font
    Copy
    Print
    Contents