Larger font
Smaller font
Copy
Print
Contents

Conselhos Aos Pais, Professores E Estudantes

 - Contents
  • Results
  • Related
  • Featured
No results found for: "".
    Larger font
    Smaller font
    Copy
    Print
    Contents

    Ganhar a Bolsa Escolar

    O Senhor estabeleceu um plano pelo qual muitos alunos de nossas escolas podem aprender lições práticas necessárias ao êxito na vida posterior. Ele nos deu o privilégio de vender livros consagrados ao progresso de nossa obra educativa e dos hospitais. No próprio uso desses livros encontrarão os jovens muitas experiências que lhes ensinarão a estar à altura dos problemas que os esperam nas regiões de além-mar. Durante sua vida escolar, ao venderem esses livros, poderão aprender a maneira de se aproximar cortesmente do povo, de exercer tato em conversar com ele sobre os diversos pontos da verdade presente. E, ao se defrontarem com certa medida de êxito financeiro, alguns aprenderão lições de economia, que lhes serão de grande vantagem ao serem enviados como missionários.CP 524.3

    Os alunos que empreenderem a obra de vender Parábolas de Jesus e A Ciência do Bom Viver, terão de estudar o livro que esperam vender. Ao familiarizar a mente com o assunto do livro em mão, e buscar praticar-lhes os ensinos, eles se desenvolverão no conhecimento e no poder espiritual. As mensagens contidas nesses livros são a luz que Deus me revelou para transmitir ao mundo. Os professores de nossas escolas devem estimular os alunos a estudar cuidadosamente cada capítulo. Eles devem ensinar as verdades aí apresentadas, e procurar inspirar nos jovens o amor dos preciosos pensamentos que o Senhor nos confiou a fim de comunicarmos ao mundo.CP 525.1

    Assim o preparo para vender esses livros, e as diárias experiências adquiridas enquanto estão apresentando-os ao povo, demonstrar-se-ão incalculável escola para os que tomam parte nesse ramo de serviço. Sob as bênçãos de Deus, os jovens obterão habilitação para o serviço na vinha do Senhor.CP 525.2

    Há uma obra especial a fazer em favor de nossa juventude, por parte dos que têm posições de responsabilidade nas igrejas locais em todas as Associações. Quando os oficiais de igreja vêem jovens promissores desejosos de se habilitarem para ser úteis no serviço do Senhor, mas cujos pais não os podem enviar à escola, têm um dever a cumprir em estudar os meios de os auxiliar e animar. Devem-se combinar com os pais e os jovens, unindo-se em planos prudentes. Alguns jovens talvez sejam mais próprios para se empenharem em obra missionária local. Há vasto campo de utilidade na distribuição de nossa literatura, e em levar a terceira mensagem a seus amigos e vizinhos. Outros devem ser estimulados a entrar na obra da colportagem, para venderem nossos livros maiores. Alguns talvez possuam aptidões que os tornassem valiosos auxiliares em nossas instituições.CP 526.1

    Em muitos casos, fossem jovens promissores sabiamente animados e convenientemente dirigidos, e poderiam ser levados a ganhar sua pensão escolar mediante a venda de Parábolas de Jesus ou A Ciência do Bom Viver. Vendendo esses livros, fariam obra de missionários; pois estariam levando a luz ao alcance do povo do mundo. Ganhariam, ao mesmo tempo, os meios que os habilitariam a freqüentar a escola, continuando a preparar-se para mais ampla utilidade na causa do Senhor. Na escola, receberiam estímulo e inspiração de professores e alunos para prosseguir seu trabalho de vender livros; e, ao chegar o tempo de deixar a escola, teriam recebido experiência que os habilitasse para a difícil, diligente e abnegada obra que deve ser feita em muitos campos estrangeiros, aonde a terceira mensagem angélica deve ser levada sob penosas e difíceis circunstâncias.CP 526.2

    Quão melhor é este plano do que fazerem os alunos o curso sem obter educação prática do trabalho no campo natal, e, ao completarem os estudos, saírem com dívidas e bem pouca compreensão das dificuldades que terão de enfrentar em novos e nunca evangelizados campos! Quão duro lhes será enfrentar os problemas financeiros em terras estranhas! E que preocupação terão alguns de suportar até que sejam pagos os compromissos contraídos quando estudantes!CP 527.1

    Por outro lado, quanto se lucraria caso fosse seguido o plano da manutenção própria! O aluno ficaria em condições de deixar a instituição de ensino quase ou inteiramente livre de débitos; as finanças da mesma instituição seriam mais prósperas; e as lições aprendidas pelo aluno enquanto passa por essas experiências no campo natal seriam de indizível valor para ele nos campos estrangeiros.CP 527.2

    Façam-se planos sábios para ajudar alunos dignos a ganharem suas despesas escolares mediante a venda desses livros, caso o desejem. Os que por esse modo ganham meios suficientes para se manterem durante o curso em uma de nossas escolas missionárias adquirirão valiosa experiência que contribuirá para os habilitar a servirem de pioneiros na obra missionária em outros campos.CP 527.3

    Uma grande obra deve ser feita em nosso mundo em pouco tempo, e cumpre-nos aplicar-nos a compreender e apreciar, muito mais do que temos feito nos anos passados, a providência de Deus em pôr em nossas mãos os preciosos volumes de Parábolas de Jesus e A Ciência do Bom Viver, como um meio de ajudar estudantes dignos a alcançarem suas despesas enquanto se estão preparando, como um meio de liquidar os compromissos de nossas instituições educativas e médicas.CP 527.4

    Grandes bênçãos nos estão reservadas, ao disseminarmos esses preciosos livros, a nós dados para promover o progresso da verdade presente. E enquanto trabalhamos em harmonia com o plano do Senhor, verificaremos que muitos consagrados jovens se habilitarão a entrar nas regiões de além-mar como missionários práticos; e ao mesmo tempo as Associações no campo local terão recursos com que contribuir liberalmente para a manutenção da obra empreendida em novo território. 17 de maio de 1908.CP 528.1

    A Palavra de Deus deve subsistir em seus próprios e eternos merecimentos; ser aceita como a Palavra de Deus; ser obedecida como Sua voz, que declara ao povo Sua vontade. A vontade e a voz do homem finito não devem ser interpretadas como sendo a voz de Deus.CP 528.2

    Os que ensinam a mais solene mensagem que já foi proclamada ao mundo devem disciplinar a mente a fim de compreender-lhe a significação. O tema da redenção suporta o mais concentrado estudo, e suas profundezas jamais serão plenamente exploradas. Não temais esgotar o maravilhoso assunto. Ide à fonte, a fim de vos refrigerardes. Sorvei profundamente da água da salvação, para que Jesus seja em vós uma fonte que salte para a vida eterna.CP 528.3

    Larger font
    Smaller font
    Copy
    Print
    Contents