Larger font
Smaller font
Copy
Print
Contents

Conselhos Aos Pais, Professores E Estudantes

 - Contents
  • Results
  • Related
  • Featured
No results found for: "".
    Larger font
    Smaller font
    Copy
    Print
    Contents

    Unidade na Direção

    Unidos e com oração, devem pai e mãe enfrentar a solene responsabilidade de guiar corretamente a seus filhos. É principalmente sobre a mãe que recai a tarefa do ensino dos filhos; no entanto, o pai não deve absorver-se de tal maneira nos negócios da vida ou no estudo dos livros, que não possa ter tempo de estudar a natureza e necessidade de seus filhos. Deve auxiliar no descobrir meios pelos quais eles possam conservar-se ocupados com trabalho útil e agradável às suas disposições variadas.CP 127.4

    O pai de meninos deve entrar em contato íntimo com seus filhos, dando-lhes o benefício de sua grande experiência, e falando com eles com tal simplicidade e ternura que os ligue ao seu coração. Deve deixá-los ver que ele tem em vista em todo o tempo o maior interesse e felicidade deles. Como sacerdote do lar, é responsável perante Deus pela influência que exerce sobre cada membro da família.CP 128.1

    A mãe deve sentir sua necessidade da guia do Espírito Santo para que ela mesma possa ter uma experiência genuína de submissão ao caminho e vontade de Deus. Então, pela graça de Cristo, pode ser uma instrutora sábia, gentil e amorável. Fazer o seu trabalho como deve ser feito exige talento, perícia, e cuidado perseverante, ponderado. Isso requer desconfiança de si mesma e oração fervorosa. Procure toda mãe cumprir com esforço constante as suas obrigações. Leve ela os seus pequeninos a Jesus nos braços da fé, falando-Lhe de sua grande necessidade, e rogando sabedoria e graça. Fervorosa, paciente e corajosamente, deve ela procurar aperfeiçoar suas habilidades a fim de poder usar corretamente as mais elevadas faculdades do espírito ao ensinar seus filhos.CP 128.2

    Como governantes comuns do reino do lar, mostrem o pai e a mãe bondade e cortesia um ao outro. Jamais o seu comportamento deve combater os preceitos que procuram incutir. Devem manter pureza de coração e vida, se desejam que os filhos sejam puros. Devem educar e disciplinar o eu, se desejam que os filhos estejam sujeitos à disciplina. Devem pôr diante dos filhos um exemplo digno de imitação. Se forem remissos nesse sentido, que responderão se os filhos a eles confiados se levantarem perante o tribunal do Céu como testemunhas de sua negligência? Quão terrível será para eles compenetrarem-se da perda e fracasso quando enfrentarem o Juiz de toda a Terra!CP 128.3

    Um grande motivo por que há tanto mal no mundo hoje é ocuparem os pais o espírito com outras coisas, com exclusão da obra que é de todo importante - a tarefa de ensinar paciente e bondosamente a seus filhos no caminho do Senhor. Os pais não devem consentir que coisa alguma os impeça de dar aos filhos todo o tempo que é necessário para os fazer compreender o que significa obedecer ao Senhor e nEle confiar inteiramente.CP 129.1

    Antes das visitas, antes de qualquer outra consideração, estão vossos filhos. O tempo gasto em desnecessária costura, Deus quer que o empregueis educando-os nas coisas essenciais. Aquele vestido desnecessário que estais a fazer, aquele prato extraordinário que pensais preparar - sejam eles antes negligenciados do que a educação de vossos filhos. O trabalho devido a vossos filhos durante seus primeiros anos não admite a negligência. Não há tempo na vida deles em que deva ser esquecida a regra: “Mandamento sobre mandamento, ... regra sobre regra, ...um pouco aqui, um pouco ali” (Is 28:10). Negai a vossos filhos o que quer que seja, exceto a instrução que, sendo fielmente seguida, torná-los-á membros bons e úteis da sociedade, e os preparará para a cidadania no reino do Céu.CP 129.2

    Larger font
    Smaller font
    Copy
    Print
    Contents