Larger font
Smaller font
Copy
Print
Contents

Conselhos Aos Pais, Professores E Estudantes

 - Contents
  • Results
  • Related
  • Featured
No results found for: "".
    Larger font
    Smaller font
    Copy
    Print
    Contents

    A Vitória da Fé

    Há muito a ser aprendido pelas crianças e jovens com referência a uma piedade infantil. “Esta é a vitória que vence o mundo: a nossa fé.” I João 5:4. Esta fé não deve ser levada a acolher sentimentos supersticiosos, fictícios. Exclui, de vosso ensino tais idéias, e dai às crianças e jovens a mesma espécie de instrução que Cristo deu - lições de fé em um explícito “Assim diz o Senhor”.CP 182.3

    A obra de vencer o mal deve ser feita mediante a fé. Os que entram no campo de batalha acharão que devem cingir toda a armadura de Deus. O escudo da fé será sua defesa, habilitando-os a ser mais que vencedores. Coisa alguma servirá, a não ser isto: fé no Senhor dos exércitos, e obediência às Suas ordens. Vastos exércitos, providos de quaisquer outros recursos, de nada servirão no último grande conflito. Sem fé, um exército de anjos não poderia ser auxílio. Somente a fé viva torná-los-á invencíveis, e os habilitará a estar em pé no dia mau, firmes e imóveis, conservando inalterável até ao fim o princípio de sua confiança.CP 182.4

    Rapazes ou moças que não dão provas de que a verdade começou sua obra santificadora em seu coração fracassarão na tentativa de ensinar em alguma escola de igreja. Ninguém deve escolher o lugar mais cômodo, e procurar compreender apenas aquilo que lhe compraz na Palavra de Deus, obedecendo às coisas que se harmonizam com seus desejos, e escusando-se de aceitar aquilo que vem de encontro à sua inclinação, ou que exija renúncia e o levar a cruz. Especialmente devem os professores das crianças e jovens fazer a aprendizagem do caminho da obediência. A verdadeira fé assim pergunta ao Senhor: “Que queres que faça?” (At 9:6) e, quando o caminho é indicado pelo Mestre, a fé se acha pronta a fazer Sua vontade, sejam quais forem as dificuldades ou sacrifícios.CP 183.1

    Professores, estudai a simplicidade das Escrituras, de modo que possais aprender a tornar claras suas verdades às mentes juvenis. Vosso ardoroso desejo do bem presente e eterno das crianças sob vossos cuidados deve freqüentemente levar-vos sobre os joelhos, à busca de conselho dAquele que é muito sábio para que erre, muito bom para que vos abandone na incapacidade de vossa própria sabedoria.CP 183.2

    A instrução bíblica deve impor-se pela vida santa do professor. Professores tementes a Deus porão em prática todo princípio que procurarem gravar na mente das crianças. Tais professores não vêem seu Pai celestial exceto pelos olhos da fé; mas dEle aprenderam; lêem o Seu amor nas situações mais penosas. Não julgam seu Criador pelo que lhes toca por sorte; são participantes de Sua natureza divina. Podem confiar nAquele que não poupou a Seu unigênito Filho, sabendo que com Ele dará todas as coisas para seu bem espiritual e eterno.CP 183.3

    Se o professor aprendeu suas lições de Jesus Cristo e aprendeu com o desígnio de introduzir essas lições plenamente na própria vida, pode então ensinar com êxito. Os que aprendem dia a dia do grande Mestre, terão preciosíssimo tesouro de onde tirar coisas novas e velhas.CP 184.1

    Desejaria dizer aos professores de escolas de igreja: Certificai-vos de que sois regidos pelo Espírito Santo. Revelai em vossa vida a influência transformadora da verdade. Fazei o máximo por melhorar as próprias aptidões a fim de vos ser possível ensinar vossos alunos a fazer progressos.CP 184.2

    Assim que vossa mente se harmonize com a mente de Deus, sereis postos em contato com uma Inteligência que vos comunicará lições de inestimável auxílio em vosso trabalho de ensino. Ao contardes às crianças a história da cruz, a própria alma se vos elevará acima das sombras e do acabrunhamento. Ao considerar o infinito sacrifício do Redentor, perdereis todo o desejo das coisas deste mundo.CP 184.3

    Larger font
    Smaller font
    Copy
    Print
    Contents