Larger font
Smaller font
Copy
Print
Contents

Conselhos Aos Pais, Professores E Estudantes

 - Contents
  • Results
  • Related
  • Featured
No results found for: "".
    Larger font
    Smaller font
    Copy
    Print
    Contents

    8 — A Formação do Caráter

    “Todo aquele”, disse Cristo, “que escuta estas Minhas palavras e as pratica, assemelhá-lo-ei ao homem prudente, que edificou a sua casa sobre a rocha. E desceu a chuva, e correram rios, e assopraram ventos, e combateram aquela casa, e não caiu, porque estava edificada sobre a rocha. E aquele que ouve estas Minhas palavras e as não cumpre, compará-lo-ei ao homem insensato, que edificou a sua casa sobre a areia. E desceu a chuva, e correram rios, e assopraram ventos, e combateram aquela casa, e caiu, e foi grande a sua queda” (Mt 7:24-27).CP 61.1

    A grande obra dos pais e dos mestres é a formação do caráter - restaurar a imagem de Cristo nos que se acham sob seus cuidados. O conhecimento das ciências torna-se insignificante em comparação com esse grande objetivo; mas toda verdadeira educação pode se tornar auxiliar no desenvolvimento de um caráter reto. A formação do caráter é obra de toda a existência e permanece para a eternidade. Pudessem todos compreender isso, despertando para o fato de que estamos individualmente decidindo nosso próprio destino e o de nossos filhos para a vida eterna ou a eterna ruína, que mudança se operaria! Quão diversamente seria empregado nosso tempo de prova, e de que nobres caracteres estaria cheio o nosso mundo!CP 61.2

    A interrogação que nos deve impressionar, a cada um, é: Sobre que fundamento estou edificando? Temos o privilégio de esforçar-nos para alcançar a vida imortal; e é da máxima importância que cavemos fundo, removendo todo entulho, e edifiquemos sobre a sólida rocha, Cristo Jesus. Ele é o firme fundamento. “Ninguém pode pôr outro fundamento, além do que já está posto, o qual é Jesus Cristo” (1Co 3:11). NEle, unicamente, reside nossa salvação. “Nenhum outro nome há, dado entre os homens, pelo qual devamos ser salvos” (At 4:12).CP 61.3

    Uma vez colocado o firme fundamento, precisamos de sabedoria a fim de saber como convém edificar. Quando Moisés estava prestes a construir o santuário no deserto, foi advertido: “Olha, faze tudo conforme o modelo que, no monte, se te mostrou” (Hb 8:5). Em Sua lei, Deus nos deu o modelo. A edificação de nosso caráter deve operar-se segundo “o modelo que, no monte, se te mostrou”. A lei é a grande norma de justiça. Representa o caráter de Deus e é a prova de nossa lealdade a Seu governo. E ela nos é revelada, em toda a sua beleza e excelência, na vida de Cristo. ...CP 62.1

    Na obra da edificação do caráter, é necessária a exatidão. Deve existir um sincero propósito de executar o plano do Construtor-Mestre. Sólidas devem ser as vigas. Não se pode aceitar obra descuidada, não merecedora de confiança, pois isso arruinaria a edificação. As faculdades de todo o ser devem ser colocadas na obra. Esta exige a força e a energia da varonilidade; nenhuma reserva para ser gasta em assuntos destituídos de importância. ... Deve haver sincero, cuidadoso e perseverante esforço para romper com os costumes, regras e associações do mundo. Profundidade de pensamento, sinceridade de desígnio e firme integridade são essenciais.CP 62.2

    Não deve haver preguiça. A vida é coisa importante, um sagrado depósito; e todo momento deve ser sabiamente aproveitado, pois seus resultados se hão de ver na eternidade. Deus requer que cada um faça todo o bem possível. Os talentos por Ele confiados à nossa guarda, devem ser aproveitados ao máximo. Ele colocou em nossas mãos para serem empregados para honra e glória de Seu nome, e para o bem de nossos semelhantes. ...CP 62.3

    O Senhor tem, para aqueles que guardam Sua lei, preciosas promessas nesta vida. Diz: “Filho Meu, não te esqueças da Minha lei, e o teu coração guarde os Meus mandamentos. Porque eles aumentarão os teus dias e te acrescentarão anos de vida e paz. Não te desamparem a benignidade e a fidelidade; ata-as ao teu pescoço; escreve-as na tábua do teu coração e acharás graça e bom entendimento aos olhos de Deus e dos homens” (Pv 3:1-4).CP 63.1

    Uma recompensa melhor que a terrena, porém, aguarda os que, baseando sua obra na sólida Rocha, constroem caráter simétrico, em harmonia com a Palavra viva. Para esses está preparada “a cidade que tem fundamentos, da qual o artífice e construtor é Deus” (Hb 11:10). As ruas dessa cidade são calçadas de ouro. Nela se encontra o paraíso de Deus, regado pelo rio da vida, que procede do trono. No meio da rua, e de ambos os lados do rio, está a árvore da vida, que dá o seu fruto de mês em mês; “e as folhas da árvore são para a saúde das nações” (Ap 22:2).CP 63.2

    Pais, professores e alunos, lembrai-vos de que estais edificando para a eternidade. Vede que seja seguro o vosso fundamento; construí então firmemente, e com persistente esforço, mas com brandura, mansidão e amor. Assim permanecerá vossa casa inabalável, não somente quando sobrevierem as tempestades da tentação, mas quando o esmagador dilúvio da ira de Deus assolar o mundo. Special Testimonies on Education, p. 72-77.CP 63.3

    Larger font
    Smaller font
    Copy
    Print
    Contents