Larger font
Smaller font
Copy
Print
Contents

Conselhos Aos Pais, Professores E Estudantes

 - Contents
  • Results
  • Related
  • Featured
No results found for: "".
    Larger font
    Smaller font
    Copy
    Print
    Contents

    Lições da Natureza

    Nas variadas cenas da natureza, há também lições de sabedoria divina, para todos os que aprenderam a ter comunhão com Deus. As páginas que se abriram em todo o brilho aos olhares do primeiro par no Éden apresentam hoje um esmaecimento. Caiu sobre a linda criação uma sombra. E, todavia, para onde quer que nos volvamos, vemos traços da primitiva beleza; ouvimos, para onde quer que nos tornemos, a voz de Deus, e contemplamos-Lhe a obra das mãos.CP 54.1

    Desde o solene ribombar do trovão profundo e do bramir incessante do velho oceano, até os alegres cantos que fazem as florestas ressoarem de melodia, os milhares de vozes da natureza Lhe proclamam o louvor. Na terra, no mar e no céu, com seus maravilhosos matizes e cores, variando em esplendoroso contraste ou confundindo-se harmoniosamente, contemplamos Sua glória. As colinas eternas falam de Seu poder. Apontam para o Criador as árvores que à luz do Sol ondeiam seu estandarte verdejante, e as flores em sua delicada beleza. A vívida relva que reveste o solo escuro, fala do cuidado de Deus pelas Suas mais humildes criaturas. Revelam-Lhe os tesouros as cavernas do mar e as profundidades da Terra. Aquele que colocou as pérolas no oceano e a ametista e o crisólito entre as rochas é amante do belo. O Sol, elevando-se nos céus, é representação dAquele que é a vida e a luz de tudo que Ele fez. Todo o brilho e beleza que adornam a Terra e iluminam os céus falam de Deus.CP 54.2

    Esquecer-nos-emos, pois, do Doador, no uso de Suas dádivas? Antes, levem-nos elas a contemplar-Lhe a bondade e o amor. Tudo que é belo em nosso lar terrestre lembre-nos do rio de cristal e dos verdes campos, das árvores ondeantes e das fontes vivas, da cidade resplandecente e dos cantores de vestes brancas de nosso lar celestial - mundo de beleza que nenhum artista pode desenhar, nem língua mortal descrever. “As coisas que o olho não viu, e o ouvido não ouviu, e não subiram ao coração do homem são as que Deus preparou para os que O amam” (1Co 2:9).CP 55.1

    Habitar para sempre nesse lar de bem-aventuranças, trazer na alma, corpo e espírito não os traços do pecado e da maldição, mas a perfeita semelhança de nosso Criador, e através de eras eternas progredir em sabedoria, conhecimentos e santidade, explorando sempre novos campos do pensamento, sempre encontrando novas maravilhas e novas glórias, aumentando sempre a capacidade de saber e amar, e sabendo que há ainda diante de nós alegria, amor e sabedoria infinitos - tal é o objetivo a que aponta a esperança cristã, para o qual prepara a educação cristã. Conseguir essa educação e auxiliar outros a alcançá-la deve ser o objetivo da vida cristã.CP 55.2

    Não percamos nunca de vista o fato de que Jesus é uma fonte de alegria. Ele não Se deleita na miséria dos seres humanos, mas agrada-Se de os ver felizes.CP 55.3

    Larger font
    Smaller font
    Copy
    Print
    Contents