Larger font
Smaller font
Copy
Print
Contents

Conselhos Aos Pais, Professores E Estudantes

 - Contents
  • Results
  • Related
  • Featured
No results found for: "".
    Larger font
    Smaller font
    Copy
    Print
    Contents

    20 — Nossa Responsabilidade

    Nada é de maior importância do que a educação de nossas crianças e jovens. A igreja deve despertar e manifestar profundo interesse nesta obra; pois hoje, como nunca antes, Satanás e seu exército estão decididos a alistar os jovens sob a bandeira negra que leva à ruína e à morte.CP 165.1

    Deus indicou a igreja como vigia, a fim de ter um atento cuidado dos jovens e crianças, e, como sentinela, ver que o inimigo se aproxima e dar o aviso de perigo. A igreja, porém, não se compenetra da situação. Ela dorme enquanto está de guarda. Nesse tempo de perigo, pais e mães devem despertar e trabalhar como se da própria vida se tratasse, ou, de outra maneira, muitos dos jovens estarão para sempre perdidos.CP 165.2

    Ao mesmo tempo em que devemos empregar esforços ardorosos em favor das massas que nos rodeiam, e promover a obra nos campos estrangeiros, nenhuma porção de trabalho neste sentido pode desculpar-nos da negligência pela educação de nossas crianças e jovens. Devem ser preparados para ser obreiros de Deus. Tanto os pais como os professores devem, por preceito e exemplo, incutir de tal maneira os princípios da verdade e honestidade no espírito e coração dos jovens, que estes se tornem homens e mulheres firmes como o aço, para com Deus e Sua causa.CP 165.3

    Os pais e professores não avaliam a grandeza da obra a eles dada na educação dos jovens. A experiência dos filhos de Israel foi-nos escrita, a nós, “para quem já são chegados os fins dos séculos” (1Co 10:11). Como no tempo deles, hoje também o Senhor quer que os filhos sejam ajuntados das escolas em que prevalecem influências mundanas, e sejam postos em nossas próprias escolas, onde se faz da Palavra de Deus o fundamento da educação.CP 166.1

    Se há tempo em que devamos trabalhar com ardor, é hoje. O inimigo está atacando de todos os lados, semelhante a uma inundação. Unicamente o poder de Deus pode salvar nossos filhos de serem varridos pela maré do mal. A responsabilidade que repousa sobre os pais, professores e membros da igreja, de fazerem sua parte em cooperação com Deus, é tão grande que não pode ser expressa por palavras.CP 166.2

    Preparar os jovens para se tornarem fiéis soldados do Senhor Jesus Cristo é a obra mais nobre que já foi dada ao homem. Unicamente homens e mulheres devotados e consagrados, que amam as crianças e podem nelas ver almas a serem salvas para o Mestre, devem ser escolhidos como professores de nossas escolas. Professores que estudam a Palavra de Deus como deve ser estudada saberão algo do valor das almas sob o seu cuidado, e deles receberão as crianças uma verdadeira educação cristã.CP 166.3

    Nas cenas finais da história deste mundo, muitas destas crianças e jovens encherão de admiração o povo pelo seu testemunho em favor da verdade, o qual será dado de modo simples, no entanto com espírito e poder. Foi-lhes ensinado o temor do Senhor, e o coração se lhes abrandou por um estudo da Bíblia cuidadoso e acompanhado de oração. No próximo futuro, muitas crianças serão revestidas do Espírito Santo, e farão na proclamação da verdade ao mundo uma obra que, naquela ocasião, não pode bem ser feita pelos membros mais idosos das igrejas.CP 166.4

    O Senhor deseja usar a escola como auxílio aos pais, na educação e preparo dos filhos para esse tempo que está diante de nós. Portanto, lance a igreja mão da obra escolar, de maneira fervorosa, e dela faça o que o Senhor deseja que ela seja.CP 167.1

    Não podemos separar a disciplina espiritual da intelectual. Bem podem os pais temer o engrandecimento intelectual de seus filhos, a não ser que este esteja contrabalançado por um conhecimento de Deus e de Seus caminhos. Esse conhecimento está na base de todo verdadeiro saber. Em lugar da rivalidade profana em busca de honras terrestres, seja a mais elevada aspiração de nossos estudantes saírem de sua vida escolar como missionários para o serviço de Deus, como educadores que ensinem o que aprenderam. Os estudantes que deixam a escola com esse propósito levarão a Cristo não somente homens e mulheres, mas crianças e jovens. Levarão a efeito no mundo uma obra a que todas as potestades do mal não farão oposição.CP 167.2

    Professores, despertai às vossas responsabilidades, aos vossos privilégios. Bem podeis perguntar: Quem é idôneo para estas coisas? “A Minha graça te basta” (2Co 12:9) é a afirmação do grande Mestre. Se O deixais fora, de lado, não procurando o Seu auxílio, sem esperança, na verdade, é a vossa tarefa. Podeis, porém, em Sua sabedoria e força, triunfar nobremente.CP 167.3

    Larger font
    Smaller font
    Copy
    Print
    Contents