Larger font
Smaller font
Copy
Print
Contents

Testemunhos para a Igreja 4

 - Contents
  • Results
  • Related
  • Featured
No results found for: "".
    Larger font
    Smaller font
    Copy
    Print
    Contents

    Trabalhos na Califórnia

    Meu marido trabalhou bem pouco na Califórnia. Sua recuperação parecia demorada. Nossas orações ascendiam ao Céu de três a cinco vezes ao dia; e a paz de Deus freqüentemente repousava sobre nós. Eu não estava desanimada nem um pouco. Não conseguindo dormir muito à noite, grande parte do tempo era gasta em oração e grato louvor a Deus por Suas misericórdias. Senti a paz de Deus dominando constantemente meu coração, e pude dizer verdadeiramente que tinha “paz como um rio”. Isaías 48:18. Provações imprevisíveis e inesperadas me sobrevieram, as quais, além da doença de meu marido, quase me esgotaram. Mas minha confiança e apego a Deus estavam inamovíveis. Ele era realmente uma ajuda presente em todo tempo de necessidade.T4 283.4

    Visitamos Healdsburg, St. Helena, Vacaville e Pacheco. Meu marido me acompanhava quando o tempo era favorável. O inverno nos foi particularmente difícil. Como meu marido havia melhorado de saúde e o clima de Michigan tinha se tornado ameno, retornamos para ser tratados no hospital. Ali ele recebeu grande benefício, e voltou a escrever para nossos periódicos com sua clareza e força costumeiras.T4 284.1

    Não ousei acompanhar meu marido através da planície; pois constante cuidado e ansiedade e a impossibilidade de dormir tinham acarretado a meu coração problemas alarmantes. Sentimos profundamente a hora da separação aproximar-se. Foi impossível dominar nossas lágrimas; pois não sabíamos se poderíamos nos encontrar novamente neste mundo. Meu marido estava retornando para Michigan, e tínhamos decidido que era aconselhável que eu visitasse Oregon, e levasse o meu testemunho àqueles que nunca me haviam ouvido.T4 284.2

    Deixei Healdsburg rumo a Oakland em 7 de Junho, e encontrei os membros das igrejas de Oakland e São Francisco na grande tenda em São Francisco, onde o irmão Healey tinha estado trabalhando. Senti a responsabilidade do testemunho e a grande necessidade de perseverante esforço pessoal da parte dessas igrejas para levar a outros o conhecimento da verdade. Foi-me mostrado que São Francisco e Oakland eram e sempre seriam campos missionários. Seu aumento de número seria vagaroso; mas se todos nessas igrejas fossem membros ativos e fizessem o que pudessem para levar a luz a outros, muitos mais seriam trazido às fileiras e obedeceriam à verdade. Os atuais crentes na verdade não estavam interessados como deviam na salvação de outros. Sua inatividade e indolência na causa de Deus os levariam a afastar-se de Deus, e por seu exemplo prejudicariam outros a seguir avante. O esforço altruísta, perseverante e ativo propiciaria os melhores resultados. Tentei impressioná-los com aquilo que o Senhor me havia apresentado. Ele desejava que a verdade fosse apresentada a outros por obreiros zelosos e ativos, não por aqueles que meramente professavam nela crer. Não deviam apresentar a verdade meramente em palavras, mas por uma vida circunspecta, sendo vivos representantes da verdade.T4 284.3

    Foi-me mostrado que aqueles que compunham essas igrejas deviam ser estudantes da Bíblia, analisando a vontade de Deus com muito zelo a fim de que pudessem aprender a ser obreiros na causa de Deus. Deviam semear as sementes da verdade onde quer que estivessem, em casa, na oficina, no mercado, bem como na casa de reuniões. Para que se tornassem familiarizados com a Bíblia, deviam lê-la cuidadosamente e com oração. A fim de se lançarem, bem como as suas cargas, sobre Cristo, deviam começar imediatamente a estudar para perceber o valor da cruz de Cristo e aprender a carregá-la. Se era para viverem vida santa, deviam agora ter o temor de Deus diante deles.T4 285.1

    É a provação que nos leva a ver o que somos. É o período da tentação que nos dá um lampejo do verdadeiro caráter de alguém, e mostra a necessidade de cultivar bons traços. Confiando na bênção de Deus, o cristão está seguro em qualquer parte. Na cidade ele não será corrompido. Na sala do tribunal será destacado por seus hábitos de estrita integridade. Na oficina mecânica todo seu trabalho será feito com fidelidade, visando unicamente a glória de Deus. Quando essa conduta for seguida individualmente por seus membros, a igreja terá êxito. A prosperidade nunca acompanhará essas igrejas a menos que os membros individuais estejam intimamente ligados com Deus, tendo interesse altruísta na salvação de seus semelhantes. Os pastores podem pregar sermões aprazíveis e convincentes, e fazer muito esforço para edificar a igreja e fazê-la prosperar; mas a menos que seus membros façam individualmente sua parte como servos de Jesus Cristo, a igreja estará sempre em trevas e sem forças. Endurecido e tenebroso como se acha o mundo, a influência de um exemplo verdadeiramente coerente será uma força para o bem.T4 285.2

    Tanto poderia uma pessoa esperar ser salva na indolência, quanto poderia esperar colher onde nunca semeou ou obter conhecimento que nunca buscou. Um preguiçoso e passivo nunca terá êxito em se desfazer do orgulho e vencer o poder da tentação às condescendências pecaminosas que o separam de seu Salvador. A luz da verdade ao santificar a vida revelará ao recebedor as paixões pecaminosas de seu coração que estão lutando por domínio, tornando-lhe necessário esforçar cada nervo e utilizar todas as suas forças para resistir a Satanás, a fim de que possa vencer através dos méritos de Cristo. Quando rodeado por influências destinadas a conduzi-lo para longe de Deus, suas petições por ajuda e força de Jesus devem ser incansáveis a fim de que você possa vencer os ardis de Satanás.T4 286.1

    Alguns nessas igrejas estão em constante perigo por causa dos cuidados desta vida, e pensamentos mundanos tanto ocupam sua mente que não podem pensar em Deus ou no Céu, nem nas necessidades da própria alma. Eles despertam de seu estupor de vez em quando, mas voltam a cair em profundo sono. A menos que se despertem plenamente de seus cochilos, Deus retirará a luz e bênçãos que lhes têm concedido. Em Sua ira removerá o castiçal de seu lugar. Ele fez essas igrejas depositárias de Sua lei. Se rejeitarem o pecado, e por fidelidade ativa e zelosa, mostrarem estabilidade e submissão aos preceitos da Palavra de Deus, e forem fiéis no cumprimento do dever religioso, ajudarão a firmar o castiçal em seu lugar, e terão a evidência de que o Senhor dos Exércitos está com eles, e o Deus de Jacó é o seu refúgio.T4 286.2

    Larger font
    Smaller font
    Copy
    Print
    Contents