Larger font
Smaller font
Copy
Print
Contents

Testemunhos para a Igreja 4

 - Contents
  • Results
  • Related
  • Featured
No results found for: "".
    Larger font
    Smaller font
    Copy
    Print
    Contents

    Breve histórico do volume quatro

    Um período de sete anos, de 1875-1881 foi abrangido pelos cinco folhetos que agora formam o volume 4 de Testemunhos Para a Igreja. Estes foram os últimos sete anos da vida de Tiago White. A obra denominacional adentrou um período de rápida expansão. O Pastor e a Sra. White viajaram muito e trabalharam incansavelmente no ministério público, em entrevistas particulares e escrevendo. Estavam lutando com problemas de uma obra institucional em expansão.T4 5.1

    A missão na Europa fazia pouco progresso e outros obreiros foram enviados para se unir ao Pastor Andrews em 1876. A abrangente visão de 3 de Janeiro de 1875, recebida em Battle Creek, que formou a base da maioria da primeira metade do volume 4, conduziu à melhor compreensão da natureza mundial da nossa obra.T4 5.2

    Na Costa do Pacífico a obra denominacional estava se desenvolvendo rapidamente. A [revista] recentemente lançada Signs of the Times se tornou publicação permanente, e em 1875 foi aberta em Oakland a Pacific Press, nossa segunda casa publicadora adventista do sétimo dia. Esta logo se tornou o maior e mais bem equipado estabelecimento de publicações mantido na Costa do Pacífico. Em 1878, perto de St. Helena, ao norte da Califórnia, o segundo hospital denominacional abriu suas portas para serviço.T4 5.3

    Com a ampliação das instalações de publicação, vimos crescer rapidamente nossa literatura, a qual, ao tempo da conclusão do período abrangido pelo volume 4, incluía: Thoughts on Daniel and the Revelation, de Uriah Smith, History of the Sabbath, de J. N. Andrews, e inúmeras outras obras de menor importância tratando de saúde, tópicos religiosos, temperança e temas de interesse para crianças. Planos para distribuição mais sistemática foram inaugurados com colportores regularmente empregados saindo de casa em casa para vender nossos livros contendo a verdade. Um grande movimento de distribuição gratuita de literatura por nossos membros leigos estava também se desenvolvendo bem, com o Pastor S. N. Haskell liderando a organização das sociedades de tratados [folhetos] e de missionários.T4 5.4

    O volume 4 abrange uma época de grandes reuniões campais dos adventistas do sétimo dia. Com o primeiro de tais encontros realizado em 1868, o plano havia sido seguido com crescente entusiasmo. Durante o período de uma década fora raro uma associação estadual que não realizasse anualmente suas reuniões de verão. Os locais eram bem escolhidos e boa publicidade foi feita. Foi nessas grandes reuniões campais que se combinou iniciar um esforço de apresentar nas revistas relatórios da obra dos adventistas do sétimo dia. Grandes dificuldades foram enfrentadas para tornar as campais significativas, prover bom alimento e apresentar uma mensagem impressionante. As reuniões com duração de cinco, seis ou sete dias, que nos dias de semana eram freqüentadas por umas poucas centenas de adventistas, nos fins de semana atraíam vários milhares de ouvintes não adventistas interessados. O ponto alto de tal interesse foi registrado em 1876, quando em Groveland, Massachusetts, um subúrbio de Boston, vinte mil pessoas lotaram o local das campais no domingo, 27 de Agosto. A Sra. White falou a quinze mil atentos ouvintes naquela tarde.T4 5.5

    A obra de temperança também se sobressaiu notavelmente nos anos abrangidos pelo volume 4. Os adventistas do sétimo dia, com a Sra. White entre seus principais oradores, ficou muito à frente, freqüentemente junto com organizações de temperança já estabelecidas. A maneira prática pela qual trabalharam para enfrentar a maré da intemperança é exposta pela Sra. White no capítulo intitulado “Experiências e Trabalhos”, encontrado no centro do livro.T4 6.1

    Na sede da denominação em Battle Creek havia grande atividade durante os últimos anos da década de 1870. O novo tabernáculo tomou o lugar da casa de cultos que já era pequena demais. Esse novo templo, construído para acomodar as assembléias da Associação Geral, tornou-se conhecido como Dime Tabernacle, porque foi solicitado que cada membro da igreja ao redor do país contribuísse com pelo menos dez centavos [ou um dime americano] para sua construção. Foi edificado entre o prédio da Review and Herald e o hospital, em frente a um lindo parque. Novos prédios muito maiores foram erigidos e colocados em uso no hospital. Por volta da mesma época, o trabalho médico se tornou firmemente estabelecido à medida que médicos preparados especialmente nesse ramo de serviço retornaram das melhores escolas do país para liderar essa importante obra em Battle Creek. A revista denominacional de saúde, Good Health, estava tendo “maior circulação do que qualquer revista de saúde na América”. A Review and Herald se tornou a “maior e mais bem equipada oficina gráfica do Estado” de Michigan. O trabalho do recém-inaugurado Battle Creek College fez constante progresso, e no ano de 1881 alcançou um total de quase quinhentos alunos matriculados.T4 6.2

    Embora, durante esses anos, o Pastor e a Sra. White houvessem estabelecido seu lar em Michigan ou na Califórnia, vamos encontrá-los por alguns meses no Texas. Mais tarde a Sra. White fez uma longa viagem à Costa Noroeste do Pacífico. Estavam novamente de volta a Battle Creek, Michigan, por ocasião da morte do pastor White em 1881.T4 7.1

    Esses são alguns dos acontecimentos do período abrangido pelo volume 4. Através do livro inteiro há mensagens de conselho e instrução que têm um propósito em todos esses ramos de empreendimento que rapidamente se desenvolvem. Mas a ênfase da instrução nesse volume de 657 páginas está na experiência pessoal dos obreiros e membros da igreja. De fato, a obra em expansão de uma denominação que crescia rapidamente com freqüência precisava e recebia orientações e advertências. Os negócios da administração, porém, eram secundários em relação à experiência pessoal dos líderes e membros da igreja. Se a experiência espiritual dos adventistas do sétimo dia deteriorava ao nível do mero formalismo, a direção dos empreendimentos da igreja significava apenas o funcionamento da maquinaria. A igreja precisa manter-se pura, manter seus padrões elevados, seus membros ativos no serviço e cultivando diariamente uma experiência pessoal com Deus.T4 7.2

    Não é de admirar, portanto, que grande parte do volume 4 trata de assuntos práticos como: “Apetite”, “Disciplina Familiar’, “Domínio Próprio”, “Honestidade nos Negócios”, “Santidade dos Votos”, “Casamentos Não-Bíblicos”, “Simplicidade no Vestuário”, “Amor ao Mundo”, “Preparo Para a Volta de Cristo”, e dezenas de outros assuntos importantes. Essas foram algumas das mensagens que serviram para reformar, corrigir e purificar a igreja naqueles primeiros anos. Sendo que os adventistas do sétimo dia devem contender com o mesmo tentador e enfrentar os mesmos problemas e experiências hoje, esses artigos inspirados devem ser lidos e relidos seriamente, e seus conselhos e advertências atendidos, para que se cumpra o propósito de Deus ao enviar essa instrução para incentivar e encorajar a igreja.T4 8.1

    Depositários do Patrimônio Literário White

    Larger font
    Smaller font
    Copy
    Print
    Contents