Larger font
Smaller font
Copy
Print
Contents

Testemunhos para a Igreja 4

 - Contents
  • Results
  • Related
  • Featured
No results found for: "".
    Larger font
    Smaller font
    Copy
    Print
    Contents

    Reuniões no leste

    Ao chegar em Battle Creek, soubemos que havia um compromisso para que eu falasse na noite de domingo na enorme tenda armada no campus do Colégio. A tenda estava superlotada, e meu coração foi derramado em ardentes apelos ao povo.T4 298.2

    Permaneci em casa por pouco tempo, e depois, acompanhada pela irmã Mary Smith Abbey e pelo irmão Farnsworth, parti novamente rumo ao Leste. Quando cheguei em Boston, estava muito exausta. Os irmãos Wood e Haskell nos encontraram na estação e nos acompanharam a Ballard Vale, o local da reunião. Fomos recepcionados pelos nossos velhos amigos com amabilidade que, no momento, pareceu trazer-me descanso. O tempo estava excessivamente quente, e a mudança do clima moderado do Colorado para o calor opressivo de Massachusetts tornavam este último clima quase insuportável. Tentei falar ao povo, não obstante meu grande cansaço, e fui fortalecida ao apresentar meu testemunho. As palavras pareciam dirigir-se diretamente ao coração. Muito trabalho foi requerido nessa reunião. Novas igrejas haviam sido organizadas desde nossa última campal. Almas preciosas haviam aceitado a verdade e essas precisavam ser encaminhadas para um conhecimento mais profundo e completo da santidade prática. O Senhor me deu desembaraço ao apresentar meu testemunho.T4 298.3

    Certa vez durante essa reunião, fiz alguns pronunciamentos sobre a necessidade de economia no vestuário e no gasto de recursos. Há perigo de tornar-nos descuidados e relapsos no uso do dinheiro do Senhor. Jovens que se empenham no trabalho de tendas devem ser cuidadosos em não deixar-se levar por gastos desnecessários. Ao estarem as tendas penetrando novos campos e o trabalho missionário expandindo, as necessidades da causa são muitas, e a mais rígida economia deve ser empregada nessa questão, mas sem mesquinhez. É mais fácil contrair uma dívida do que liquidá-la. Há muitas coisas que seriam convenientes e agradáveis, contudo não são úteis, e isso pode ser dispensado sem real prejuízo. É muito fácil multiplicar contas de hotéis e passagens ferroviárias, despesas que poderiam ser evitadas, ou grandemente diminuídas. Atravessamos a estrada indo para a Califórnia e de lá voltando doze vezes, e não temos gasto um dólar para refeições nos restaurantes ou no vagão-restaurante. Tomamos nossas refeições de nosso cesto de lanches. Estando três dias fora, o alimento se estraga, mas um pouco de leite ou mingau quente supre a nossa necessidade.T4 299.1

    Noutra ocasião falei com referência à genuína santificação, que não é nada mais do que um morrer diário para o eu e diária conformidade à vontade de Deus. Enquanto em Oregon, foi-me mostrado que algumas das novas igrejas da Associação da Nova Inglaterra estavam em perigo de influência ruinosa do que é chamado de santificação. Alguns se deixariam enganar por essa doutrina, enquanto outros, conhecendo a sua influência enganosa, perceberiam o seu perigo e delas se desviariam. A santificação de Paulo era um constante conflito com o eu. Disse ele: “Cada dia morro.” 1 Coríntios 15:31. Sua vontade e seus desejos todo o dia conflitavam com o dever e a vontade de Deus. Em vez de seguir a inclinação, ele cumpria a vontade de Deus, embora desagradável e torturante à sua natureza.T4 299.2

    Apelamos àqueles que desejavam ser batizados, e àqueles que estavam observando o sábado pela primeira vez, para virem à frente. Vinte e cinco responderam. Estes davam excelentes testemunhos; e, antes do fim da campal, vinte e dois receberam o batismo.T4 300.1

    Ficamos felizes em encontrar aqui nossos velhos amigos da causa, a quem havíamos conhecido trinta anos atrás. Nosso muito estimado irmão Hastings está tão profundamente interessado na verdade hoje como estava então. Alegramo-nos em encontrar a irmã Temple, e a irmã Collins de Dartsmouth, Massachusetts, e o irmão e irmã Wilkinson, em cuja casa fomos hospedados mais de trinta anos atrás. A peregrinação de alguns desses queridos pode findar-se antes de muito tempo; mas, se forem fiéis até ao fim, receberão a coroa da vida.T4 300.2

    Estávamos interessados no irmão Kimbal, que é mudo, e tem sido um missionário entre os mudos. Mediante seus perseverantes esforços, um pequeno grupo aceitou a verdade. Encontramos esse fiel irmão em nossas campais todo ano, rodeado por vários de seus conversos mudos. Alguém que pode ouvir escreve tanto quanto possível do sermão, e ele se assenta rodeado por seus amigos mudos, lendo e ativamente pregando-lhes com as mãos. Ele tem usado livremente os seus recursos para fazer avançar a obra missionária, assim honrando a Deus com seus bens.T4 300.3

    Deixamos Ballard Vale na terça-feira de manhã, dia 3 de Setembro, para assistir à campal do Maine. Desfrutamos um descanso sereno no lar do jovem irmão Morton, perto de Portland. Ele e sua bondosa esposa fizeram com que a nossa permanência com eles fosse muito agradável. Chegamos à campal do Maine antes do sábado, e ficamos felizes em encontrar ali alguns dos amigos experientes na causa. Há alguns que estão sempre em seu posto do dever, faça sol ou venha tempestade. Há também uma classe de cristãos de temperamento instável. Quando tudo vai bem e é agradável a seus sentimentos, eles são fervorosos e zelosos; mas quando há nuvens e coisas desagradáveis a defrontar, nada têm a dizer ou fazer. A bênção de Deus repousou sobre os obreiros ativos, enquanto aqueles que nada fizeram não foram beneficiados pela reunião como poderiam ter sido. O Senhor estava com os Seus ministros, que trabalhavam fielmente na apresentação tanto de assuntos doutrinários como práticos. Desejávamos ver muitos beneficiados por esta reunião que não deram evidências de terem sido abençoados por Deus. Desejo ver esse querido povo assumindo os seus elevados privilégios.T4 300.4

    Deixamos o terreno da campal na segunda-feira, sentindo grande esgotamento. Planejamos assistir às campais de Iowa e Kansas. Meu marido havia escrito que ele me encontraria em Iowa. Sendo incapaz de assistir à reunião de Vermont, fomos diretamente do Maine e South Lancaster. Tinha muita dificuldade de respirar, e meu coração me doía continuamente. Descansei na tranqüila casa da irmã Harris, que fez tudo ao seu alcance para me ajudar. Quinta-feira à noite nos aventuramos a reiniciar nossa viagem para Battle Creek. Eu não ousei viajar de trem durante longo tempo por causa de meu estado de saúde; assim paramos em Rome, Nova Iorque, e falei ao povo no sábado. Houve boa assistência.T4 301.1

    Na segunda de manhã, visitei o irmão e a irmã Ira Abbey em Brookfield. Tivemos uma proveitosa conversa com essa família. Sentimo-nos interessados, e ansiosos de que eles finalmente fossem vitoriosos no combate cristão, e obtivessem a vida eterna. Sentimo-nos profundamente ansiosos de que o irmão Abbey superasse seu desânimo, se lançasse sem reservas sobre os méritos de Cristo, tivesse êxito em vencer e finalmente recebesse a coroa da vitória.T4 301.2

    Na terça-feira, tomamos o trem para Battle Creek, e no dia seguinte chegamos em casa. Fiquei contente em poder descansar outra vez e fazer tratamento no hospital. Senti que era verdadeiramente favorecida em ter as vantagens dessa instituição. Os auxiliares eram bondosos e atenciosos, e prontos a fazer o máximo para aliviar-me de minhas enfermidades a qualquer hora do dia ou da noite.T4 301.3

    Larger font
    Smaller font
    Copy
    Print
    Contents