Larger font
Smaller font
Copy
Print
Contents

Testemunhos para a Igreja 5

 - Contents
  • Results
  • Related
  • Featured
No results found for: "".
    Larger font
    Smaller font
    Copy
    Print
    Contents

    Capítulo 32 — Necessidade de fidelidade e perseverança

    A situação da igreja de _____ está muito distante do que deveria ser. A menos que haja decidida mudança, ela vai definhar e morrer. Há muita crítica. Muitos estão dando lugar a dúvidas e incredulidade. Os que falam de fé e cultivam a fé, terão fé, mas aqueles que alimentam e expressam dúvidas, terão dúvidas.T5 302.1

    Tem havido negligência da parte dos pastores. Eles não têm insistido em implantar no coração de seus ouvintes a necessidade de fidelidade. Não têm instruído a igreja em todos os pontos da verdade e do dever, nem trabalhado com zelo para levá-los a agir ordenadamente e torná-los interessados em cada ramo da causa de Deus. Foi-me mostrado que se a igreja houvesse sido adequadamente preparada, estaria muito mais adiantada do que agora. O descaso da parte dos pastores tornou o povo descuidado e infiel. Esse não sentiu ainda sua responsabilidade individual, mas se desculpa por conta da falha dos pastores em fazer a obra de pastor. Mas Deus não os considera sem culpa. Se o povo não tivesse a Bíblia, as advertências, reprovações e súplicas do Céu a mostrar-lhes o dever, não estaria sob condenação. Porém, o Senhor lhes deu conselho e instrução; o dever de cada indivíduo foi tornado tão claro que ele não necessita cometer erros.T5 302.2

    Deus concede luz para guiar aqueles que honestamente desejam luz e verdade, mas não é Seu propósito remover toda causa de questionamento e dúvida. Ele dá suficiente evidência em que fundamentar a fé e então requer do homem que aceite essa evidência e exercite a fé.T5 303.1

    Quem estudar a Bíblia com humildade e espírito de aprendiz, descobrirá nela um guia seguro, que destaca o caminho da vida com infalível exatidão. Mas de que vale seu estudo da Bíblia, irmãos e irmãs, se vocês não praticam as verdades que ela ensina? Esse livro santo nada contém que não seja essencial; nada revelado que não diga respeito à nossa vida. Quanto mais profundo o nosso amor por Jesus, em mais alta consideração teremos a Palavra, como a voz de Deus dirigindo-se diretamente a nós.T5 303.2

    A igreja de _____ está no terreno encantado de Satanás e há necessidade de uma total conversão. São necessários esforços individuais. As ricas promessas da Bíblia são para aqueles que tomam sua cruz e negam o eu diariamente. Cada um que possui sincero desejo de ser um discípulo na escola de Cristo cultivará pendor espiritual e se beneficiará de todos os meios da graça. Mas os privilégios e oportunidades têm sido menosprezados nessa igreja. Alguém pode ser capaz de falar poucas palavras em público e fazer senão pouco na vinha do Senhor, mas está sob expresso dever de dizer algo e ser um obreiro interessado. Cada membro deveria ajudar a fortalecer e sustentar a igreja, mas em muitos casos há um ou dois que possuem espírito de fidelidade que caracterizou Calebe, e a esses é dado levar as cargas e assumir responsabilidades, enquanto que o restante se exime de todos os cuidados.T5 303.3

    Calebe foi firme e fiel. Ele não era um gabola. Não fez alarde de seus méritos e boas obras, mas sua influência sempre esteve ao lado do direito. E qual foi sua recompensa? Quando o Senhor pronunciou juízos sobre os homens que se recusaram a ouvir sua voz, disse: “Porém o Meu servo Calebe, porquanto nele houve outro espírito e perseverou em seguir-me, Eu o levarei à terra em que entrou, e a sua semente a possuirá em herança.” Números 14:24. Enquanto os covardes e murmuradores pereceram no deserto, o fiel Calebe obteve um lar na prometida Canaã. “Aos que Me honram honrarei” (1 Samuel 2:30), diz o Senhor.T5 303.4

    Ana orou e confiou, e através de seu filho Samuel ela deu ao Israel de Deus o mais precioso tesouro — um homem útil, com um bem formado caráter, alguém que era firme como uma rocha onde o princípio estava envolvido.T5 304.1

    Em Jope, havia uma certa Dorcas, cujos hábeis dedos eram mais ativos que sua língua. Ela sabia quem necessitava de roupas confortáveis e quem necessitava de simpatia, e liberalmente ministrava às necessidades de ambas as classes. E quando Dorcas morreu, a igreja em Jope sentiu sua perda. Não admira que tenham chorado e lamentado, e que lágrimas ardentes hajam caído sobre o seu corpo inanimado. Ela era de tão grande valor que pelo poder de Deus foi trazida de volta da terra do inimigo, a fim de que sua habilidade e energia pudessem ser ainda uma bênção para outros.T5 304.2

    Fidelidade tão paciente, consagrada e perseverante como a que possuíam esses santos de Deus é rara; entretanto a igreja não pode prosperar sem ela. Ela é necessária na igreja, na Escola Sabatina e na sociedade. Muitos passam a participar das relações de igreja com seus naturais traços de caráter não subjugados; e quando surge uma crise, e se tornam necessários ânimos fortes e esperançosos, eles se entregam ao desencorajamento e acarretam fardos para a igreja; não vêem que isso está errado. A causa não necessita de tais pessoas, porque são indignas de confiança; mas há sempre um chamado para obreiros firmes, tementes a Deus, que não falhem no dia da adversidade.T5 304.3

    Há alguns na igreja de _____ que causarão problemas, pois sua vontade nunca foi posta em harmonia com a vontade de Cristo. O irmão E será um grande obstáculo a essa igreja. Enquanto ele pode ter a supremacia, está satisfeito, mas quando não lhe é possível ser o primeiro, sempre descamba para o lado errado. Ele age por impulso e não se deixará persuadir, mas questionará e assumirá pontos de vista opostos, porque é sua natureza ser crítico e acusador de seus irmãos. Conquanto se afirme zeloso pela verdade, está se apartando da congregação. Ele não possui poder moral e não está arraigado e firmado na fé. Os santos princípios da verdade não fazem parte de sua natureza. Esse irmão não é confiável; Deus não Se agrada dele.T5 304.4

    O irmão e a irmã E não têm atendido às diretrizes da Palavra de Deus na educação dos filhos. Eles permitem que seus filhos exerçam em grande parte o controle da casa e façam o que bem entendam. Se eles não forem postos sob influências totalmente diferentes, estarão nas fileiras do inimigo combatendo contra a ordem, a disciplina e a submissão. Crianças assim deixadas a seus próprios caminhos são infelizes, e onde a autoridade paterna é pouco valorizada, a autoridade de Deus não será respeitada.T5 305.1

    A obra do pai é solene e sagrada, mas muitos não a compreendem porque seus olhos estão cegados pelo inimigo de toda justiça. Seus filhos crescem sem disciplina, descorteses, convencidos, petulantes, mal-agradecidos e em impiedade, quando uma firme e decidida conduta, na qual a justiça e a misericórdia estão mescladas com a paciência e o domínio próprio, produziria maravilhosos resultados.T5 305.2

    O irmão E precisa ter a graça transformadora. Não há segurança para ele enquanto retiver seus naturais defeitos de caráter; ele precisa lutar continuamente contra eles. A menos que ele viva uma vida de vigilância e oração, não será um indivíduo bem equilibrado, e haverá o perigo de a verdade ser manchada, deturpada e lançada em descrédito por causa de sua influência. Que ele seja cuidadoso, temendo despertar nos descrentes preconceitos que jamais possam ser removidos.T5 305.3

    Há na natureza humana a tendência de pender para os extremos, e de um extremo a outro inteiramente oposto. Muitos são fanáticos. São consumidos por um ardente zelo, o qual é tomado por religião; mas o caráter é a verdadeira prova do discipulado. Têm eles a mansidão de Cristo? Têm Sua humildade e suave benevolência? Está o templo da alma vazio de orgulho, arrogância, egoísmo e crítica? Caso não seja assim, eles não sabem de que espírito são. Não compreendem que o verdadeiro cristianismo consiste em produzir muito fruto para a glória de Deus.T5 305.4

    Outros vão a outro extremo em sua conformidade com o mundo. Não há linha clara, distinta de separação entre eles e os mundanos. Se em um caso os homens são afugentados da verdade por um espírito áspero, censor, condenatório, neste outro caso são levados a concluir que o professo cristão é destituído de princípios, e nada conhece de uma mudança de coração ou caráter. “Assim resplandeça a vossa luz diante dos homens, para que vejam as vossas boas obras e glorifiquem a vosso Pai, que está nos Céus” (Mateus 5:16), são as palavras de Cristo.T5 306.1

    Há muitos que não possuem um correto conhecimento do que constitui o caráter cristão, e sua vida é uma vergonha para a causa da verdade. Se fossem totalmente convertidos, não portariam consigo sarças e espinhos, mas ricas messes de frutos do Espírito — “amor, alegria, paz, longanimidade, benignidade, bondade, fidelidade, mansidão, domínio próprio.” Gálatas 5:22. O grande risco está em negligenciar uma obra do coração. Muitos se sentem satisfeitos consigo mesmos e pensam que uma observância nominal da lei divina é suficiente, enquanto são estranhos à graça de Cristo e Ele não lhes habita o coração por viva fé.T5 306.2

    “Sem Mim”, disse Cristo, “nada podereis fazer” (João 15:5), mas com Sua divina graça atuando mediante nossos humanos esforços, podemos todas as coisas. Sua paciência e mansidão penetrarão o caráter, difundindo precioso brilho que torna luminoso e claro o caminho ao Céu. Pela contemplação e imitação de Sua vida seremos renovados à Sua imagem. A glória do Céu iluminará nossa vida e se refletirá sobre outros. Junto ao trono da graça encontraremos o auxílio que precisamos para viver assim. Isso é santificação genuína. Que mais exaltada posição podem os mortais desejar do que estarem ligados a Cristo, assim como os ramos estão unidos à videira?T5 306.3

    Vi um quadro representando um bezerro entre um arado e um altar, com a inscrição: “Pronto para uma ou outra coisa”, disposto a arfar no fatigante sulco, ou a sangrar no altar do sacrifício. Eis a posição em que se deve achar sempre o filho de Deus — voluntário para ir aonde o chamar o dever, a negar a si mesmo, a sacrificar-se por amor da causa da verdade. A igreja cristã foi fundada sobre o princípio do sacrifício. “Se alguém quer vir após Mim”, diz Cristo, “negue-se a si mesmo, e tome cada dia a sua cruz, e siga-Me.” Lucas 9:23. Ele requer todo o coração, a afeição inteira. As manifestações de zelo, fervor e desinteressado serviço que Seus dedicados seguidores têm dado ao mundo, devem atear-nos o ardor e levar-nos a imitar seu exemplo. A religião genuína comunica uma sinceridade e firmeza de desígnio que molda o caráter segundo a imagem divina, e nos habilita a reputar todas as coisas como perda pela excelência de Cristo. Esse propósito único demonstrar-se-á elemento de tremendo poder.T5 307.1

    Possuímos a maior e mais solene verdade jamais confiada a mortais, e somos responsáveis pelo modo como a tratamos. Cada um de nós deveria estar atento à salvação de pessoas. Deveríamos mostrar o poder da verdade sobre nosso coração e caráter, enquanto fazendo tudo o que pudermos para levar outros a amá-la. Trazer um pecador a Cristo é enobrecer e elevar todo o seu caráter, tornando-o uma bênção no lar, na sociedade e na igreja. Não é essa obra digna de nossas mais nobres faculdades?T5 307.2

    Cristãos de pouco talento, se forem fiéis em guardar o coração no amor de Deus, podem ganhar muitas pessoas para Cristo. Harlan Page era um pobre mecânico de habilidade comum e educação limitada; mas tornou sua ocupação principal procurar promover a causa de Deus, e seus esforços foram coroados de notável êxito. Trabalhou pela salvação dos semelhantes, em conversas particulares e em fervorosa oração. Instituiu reuniões de oração, organizou escolas dominicais e distribuiu folhetos e outras leituras religiosas. E em seu leito de morte, repousando já sobre seu semblante a sombra da eternidade, pôde dizer: “Sei que tudo é pela graça de Deus, e não por qualquer mérito de qualquer coisa que eu tenha feito; mas creio que tenho evidência de que mais de cem pessoas foram convertidas a Deus por meu intermédio.”T5 307.3

    Cada membro da igreja deveria ser treinado dentro de um sistema regular de trabalho. De todos é requerido que façam alguma coisa pelo Senhor. Eles podem interessar pessoas na leitura, podem conversar e orar com elas. O pastor que educar, disciplinar e conduzir tal exército de eficientes obreiros, alcançará gloriosas conquistas aqui, e uma rica recompensa a quando se encontrar, ao redor do grande trono branco, com aqueles que foram salvos através de sua influência.T5 308.1

    “Faze alguma coisa, faze-a logo, com todas as forças; Mesmo a asa de um anjo desfaleceria, com um repouso muito longo; E o próprio Deus, se inativo, não seria mais bendito.”T5 308.2

    Depois de a igreja de _____ ter chegado ao conhecimento da verdade, caso houvesse manifestado diligência apropriada, zelo e amor, deveria ter sido frutífera em boas obras e exercido uma influência que a tornaria um poder ao lado do direito. Mas seus membros têm sido indiferentes, frios e mortos. Alguns assistem às reuniões sociais levando com eles uma atmosfera muito mais terrena do que celestial. A igreja não está pronta para responder aos esforços que têm sido feitos por ela. Em seu presente estado, eles não podem ver ou compreender a necessidade de cooperação de sua parte. Sua falta de sinceridade desestimula os pastores. Em lugar de descuido, deveriam possuir um sentimento de responsabilidade individual. Essa igreja não prosperará até que seus membros iniciem a obra de reforma no próprio coração. Muitos que professam a fé satisfazem-se facilmente; se atingem uns poucos níveis de abnegação e reforma, não vêem a necessidade de seguir adiante. Por que existe ali um lugar de repouso? Não há nenhum ponto de parada para nós deste lado do Céu. Nenhum de nós deveria contentar-se com nossas presentes realizações espirituais. Ninguém está vivendo à altura de suas oportunidades a menos que possa mostrar contínuo progresso. Ele deve estar continuamente subindo... subindo... subindo. É privilégio de todo cristão crescer até alcançar a estatura completa de varão perfeito em Cristo Jesus.T5 308.3

    Quanto necessita de instrução o querido povo de _____; quanto precisam eles de trabalho pastoral! Eles, porém, não têm agido à altura do que conhecem. Deus os porá à prova, irmãos; uns provarão ser palha e outros, preciosos grãos de trigo. Não se submetam ao poder do tentador. Ele virá como um poderoso homem armado, mas não lhe dêem nenhuma vantagem. Animem-se ao dever e disputem cada centímetro de terreno. Em lugar de retirada, avanço; em lugar de se enfraquecer e desanimar, apóiem-se mutuamente para o conflito. Deus os conclama para se empenharem com todas as forças contra o pecado em suas variadas formas. Revistam-se de toda a armadura de Deus e mantenham firmemente o olhar no Capitão de nossa salvação, porquanto há perigo à frente. Não sigam cores falsas, mas observem a bandeira de nossa santa fé e sejam achados onde essa tremula, ainda que esteja em meio do mais intenso fragor da batalha. Em breve a guerra se findará e a vitória será alcançada. Se você for fiel, será mais do que vencedor por Aquele que o amou. O glorioso prêmio, o eterno peso de glória, então será seu.T5 309.1

    Larger font
    Smaller font
    Copy
    Print
    Contents