Larger font
Smaller font
Copy
Print
Contents

Testemunhos para a Igreja 5

 - Contents
  • Results
  • Related
  • Featured
No results found for: "".
    Larger font
    Smaller font
    Copy
    Print
    Contents

    A presença de Cristo na escola do lar

    Prezado irmão e irmã, que o Senhor conceda sabedoria a vocês para que saibam como lidar com a mente das pessoas. Que o Senhor consiga ensiná-los sobre as grandes coisas que Ele pode realizar, caso apenas as pessoas nEle creiam. Levem a Jesus com vocês, como um Companheiro, para a sala de aulas. Tenham-nO sempre presente quando estiverem falando, para que a bondade seja uma constante em seus lábios. Que ninguém mais lhes sirva de inspiração nesse particular. Permitam que os filhos sob o seu cuidado tenham individualidade, como vocês mesmos. Sempre procurem guiá-los, mas nunca forçá-los.T5 653.1

    Vejo aqui na Suíça algo que julgo digno de imitação. Os professores das escolas muitas vezes saem com os alunos quando estão brincando e os ensinam a entreter-se, ficando perto para reprimir qualquer desordem ou erro. Às vezes saem com os alunos para uma longa caminhada. Aprecio isto; penso que há menos oportunidade para as crianças cederem à tentação. Parece que os professores participam das brincadeiras das crianças e as supervisionam. Não posso de modo algum aprovar a idéia de que as crianças devam sentir-se constantemente como não merecendo confiança, não podendo agir como crianças. Mas participem os professores dos entretenimentos das crianças, unam-se a elas e mostrem que desejam vê-las felizes, e isso lhes inspirará confiança. Podem ser controladas pelo amor, sem que haja a necessidade de segui-las em suas refeições e em seus entretenimentos com rigorosa e inflexível severidade.T5 653.2

    Os que jamais tiveram os próprios filhos — permita-se-me dizer aqui — não são em geral os mais qualificados para de modo sábio cuidar das mentes diversificadas de crianças e jovens. Eles são aptos para fazer uma lei da qual não pode haver apelação. Devem os professores ter em mente que eles mesmos já foram crianças um dia. Devem adaptar os seus ensinos à mente das crianças, pondo-se eles próprios em simpatia com elas; então podem as crianças ser instruídas e beneficiadas tanto por preceito como por exemplo.T5 653.3

    Que o espírito de Jesus venha moldar seu coração, burilar seu caráter, para elevar e enobrecer sua alma! Cristo disse aos discípulos: “Se não vos converterdes e não vos tornardes como crianças, de modo algum entrareis no reino dos céus.” Mateus 18:3. É preciso deixar de lado algumas regras de ferro, dobrar um pouco a espinha e ficar no nível da humildade da criança. Oh, se um pouco do espírito de severidade gratuita fosse trocado pelo espírito do amor, quanta felicidade e alegria tomariam o lugar do desânimo e do senso de culpa!T5 654.1

    Larger font
    Smaller font
    Copy
    Print
    Contents