Larger font
Smaller font
Copy
Print
Contents

Testemunhos para a Igreja 5

 - Contents
  • Results
  • Related
  • Featured
No results found for: "".
    Larger font
    Smaller font
    Copy
    Print
    Contents

    Perigos para jovens

    O Sr. _____ tem uma natureza tal que Satanás maneja com maravilhoso sucesso. Esse caso é um dos que deveriam ensinar ao jovem uma lição com respeito ao casamento. Sua esposa seguiu os sentimentos e os impulsos, e não a razão e o juízo, na escolha do companheiro. Foi o seu casamento o resultado de verdadeiro amor? Não, não foi; foi o resultado do impulso — paixão cega e não santificada. Nenhum dos dois estava afinal preparado para as responsabilidades da vida de casados. Quando o enlevo da nova ordem de coisas passou, e um tomou maior conhecimento do outro, tornou-se mais forte o seu amor, mais profunda sua afeição e sua vida mais unida em beleza e harmonia? Exatamente o oposto. Os piores traços do seu caráter foram intensificados com o exercício; e em vez de sua vida de casados ser de felicidade, tem sido de crescente perturbação, especialmente para a esposa. Deus provou-a em Sua misericórdia, poupando-lhe a vida e prolongando sua provação a fim de prepará-la para a vida futura.T5 121.3

    Seu marido possui um caráter extremamente defeituoso. Sem completa transformação mediante a graça de Deus, ele está despreparado para o matrimônio. É tão impregnado do próprio eu, tão inteiramente abandonado a hábitos de condescendência própria e comodismo, que necessita disciplinar a si próprio antes de fazer algo com relação à disciplina de sua esposa ou filhos. A mente desse homem foi forjada num molde inferior. Ele tem manifestado grosseria e objetáveis traços de caráter e pelo que me foi apresentado ele quase que não possui uma única boa qualidade em seu caráter. Existe apenas uma esperança: que ele possa ver-se como de fato é e assim ter horror a si próprio e desprezar-se, buscando um novo coração, novo nascimento, e tornar-se um novo homem em Cristo Jesus. Ele precisa tornar-se um homem diligente. O trabalho lhe será de grande proveito. Sua conduta é ofensiva a Deus porque convida a tentação. Rispidez, ameaças e um espírito irrefreável e descortês, tornam-no uma maldição a si mesmo e aos outros. O tratamento que dispensa à sua sogra tem sido rude e indelicado. Deve ser motivo de estudo, durante toda a vida de ambos, marido e mulher, como evitar tudo o que produza desavença, para conservar intactos os votos do casamento.T5 122.1

    Esses casamentos não-santificados enchem as fileiras dos guardadores do sábado. Deus deseja que Seus filhos sejam felizes e, se aprenderem do Senhor, Ele os salvará da miséria diária que ocorre nessas uniões infelizes. Muitos casamentos só podem produzir misérias; e no entanto o espírito dos jovens vai nessa direção, porque Satanás os conduz, fazendo-os crer que precisam casar para serem felizes, quando é certo que não possuem a habilidade para controlar-se ou sustentar a família. Os que não estão dispostos a adaptar-se ao temperamento um do outro, bem como a abandonar desagradáveis divergências e controvérsias, não devem dar o passo. Mas esse é um dos tentadores enganos dos últimos dias, e por ele milhares estão sendo arruinados para esta vida e a futura. Devemos evitar a paixão doentia e o sentimentalismo amoroso como se evita a lepra. Muitos, muitos dos rapazes e moças nesta época do mundo, carecem de virtude; portanto é necessário haver muita cautela. Um caráter virtuoso é o fundamento sobre o qual se deve edificar, porém, se o alicerce se mostra comprometido, todo o edifício fica desvalorizado. Os que conservaram um caráter virtuoso, se bem que tenham falta de outras qualidades desejáveis, podem ser de real valor moral.T5 122.2

    Para que a igreja prospere, deve haver estudado esforço da parte de seus membros para nutrir a preciosa planta do amor. Que ela possa usufruir de todos os benefícios para florescer no coração. Cada cristão verdadeiro desenvolverá em sua vida as características do amor divino; ele revelará um espírito tolerante, beneficente e isento de inveja e ciúmes. O caráter assim manifestado em palavras e ação, não rejeitará e não será frio e indiferente aos interesses dos outros. Aquele que cultiva a preciosa planta do amor será abnegado e não perderá o autocontrole sob provocação. Não atribuirá errôneos motivos e más intenções aos outros, mas sentirá profundamente quando o pecado for descoberto em qualquer dos discípulos de Cristo.T5 123.1

    O amor não se vangloria. É elemento humilde; nunca estimula o homem a orgulhar-se, a exaltar-se. O amor a Deus e aos semelhantes não se manifestará em atos precipitados, nem nos levará a ser despóticos, críticos ou ditatoriais. O amor não se envaidece. O coração em que reina o amor, será levado a um procedimento delicado, cortês, compassivo para com os outros, quer satisfaçam ou não nossa fantasia, quer nos respeitem ou nos tratem mal. O amor é um princípio ativo; conserva continuamente diante de nós o bem dos outros, refreando-nos de praticar atos desatenciosos, a fim de não falharmos em nosso objetivo de ganhar pessoas para Cristo. O amor não busca seus próprios interesses. Não levará os homens a buscar seu bem-estar e a satisfação do próprio eu. É o respeito que prestamos ao eu, que tantas vezes estorva o crescimento do amor.T5 123.2

    Há homens pobres e obscuros cuja vida Deus aceitaria e tornaria cheia de utilidade na Terra e de glórias no Céu, mas Satanás está atuando persistentemente para derrotar Seus desígnios e arrastá-los à perdição mediante o casamento com pessoas cujo caráter é de tal natureza que os faz ficar como que atravessados na estrada da vida. Bem poucos saem vitoriosos desse emaranhado. Irmão _____, você está disposto a tentar provar que é uma exceção à regra geral. José foi um dos poucos que poderiam resistir à tentação. Ele mostrou que tinha em vista a glória de Deus. Evidenciou alta consideração pela vontade de Deus tanto quando estava prisioneiro, como quando próximo ao trono. Levava sua religião consigo onde quer que fosse e em qualquer situação em que era posto. A verdadeira religião tem um poder de influir sobre todas os aspectos da vida. Ela dá cor a tudo quanto o ser humano faz. Você não precisa sair do mundo para ser um cristão, mas necessita pôr sua religião, com toda a sua santificadora influência, em tudo quanto fizer e disser. O irmão pode bem cumprir todos os deveres envolvidos na situação em que Deus o pôs, ao manter o coração fixo nas coisas celestiais, quebrando assim o encanto que agora o prende por causa de um relacionamento imprudente. Se você tivesse seguido a luz, seria agora capaz de escapulir das armadilhas que aqueles que não discernem a vontade de Deus têm armado para capturar sua alma.T5 124.1

    Outro ponto admirável no caráter de José e digno de imitação pelos jovens, é seu profundo respeito filial. Ao reencontrar seu pai com lágrimas nos olhos, envolveu-o num afetivo e amoroso abraço. Parecia sentir que não podia fazer o suficiente pelo conforto de seu pai, e cuidou dele durante seus últimos anos com amor mais terno que o de uma mãe. Nada poupou para mostrar-lhe seu respeito e amor em todas as ocasiões. José é um exemplo do que a juventude deve ser. O amor manifestado por sua mãe revelaria um belo traço de caráter, sobre o qual Deus poria sua aprovação.T5 125.1

    A falta de respeito pelo conselho de pais piedosos é um dos marcantes pecados desta época degenerada. Há muitas vidas em nosso país que foram obscurecidas e envilecidas por causa de um passo errado na direção das trevas. Por um ato de desobediência, muitos jovens têm arruinado sua vida e sobrecarregado de angústia um amoroso coração materno. Deus não o terá por inocente se continuar seguindo essa conduta. Desprezando os conselhos de uma mãe temente a Deus, a qual estaria disposta a dar sua vida pelos filhos, você está transgredindo o quinto mandamento e não têm ciência de onde seus passos o estão levando.T5 125.2

    Novamente advogo a reivindicação materna, o amor de mãe. Não há mais terrível ingratidão do que aquela que marca o pecado da desobediência a uma mãe cristã. Nos dias de sua infância, ela cuidou de você; suas orações e lágrimas foram testemunhadas pelo Céu, enquanto carinhosamente cuidava de você. Por seus filhos ela trabalhou arduamente e planejou, meditou, orou e exerceu abnegação. Através de toda a vida seu coração esteve ansioso e anelante por seu bem-estar. Todavia, agora você resolve seguir os próprios caminhos, atendendo a uma vontade cega e obstinada a despeito da amarga colheita que terá e das tristezas que trará sobre ela.T5 125.3

    Enfermidades acumularam-se sobre ela. Ela precisa de você; qualquer atenção que lhe possa dar ser-lhe-á muito valiosa. Nenhum de seus outros filhos pode cuidar dela. Eles não se sentem sob essa obrigação. Mas você verá que o privilégio agora ofertado, logo poderá ser perdido. Não pense, entretanto, que se você negligenciasse seu privilégio e dever como filho, ela iria sofrer. Sua mãe tem muitos amigos que julgariam ser uma regalia cumprir deveres dos quais você declinou. Deus ama sua mãe e a tomará sob Seus cuidados. Se seus próprios filhos a negligenciam, Ele levantará outros para fazer o trabalho que eles deveriam ter feito e receberão as bênçãos que lhes foram oferecidas. É seu privilégio tornar-lhe os últimos dias melhores e mais felizes.T5 125.4

    Quero dizer-lhe com clareza: Deus não está satisfeito com seu modo de agir. Há problemas futuros que você não pode prever, mas que poderão ser evitados se aceitar um sábio conselho. Nosso Salvador fê-lo objeto de Seus infatigáveis labores e terna solicitude, para que você possa ser sábio e evitar a própria ruína. Ele anseia por você com ilimitada compaixão e amor, exclamando: “Quantas vezes quis Eu ajuntar os teus filhos, como a galinha ajunta os seus pintos debaixo das asas, e não quiseste?” Lucas 13:34. Seu coração insensato recusou o conselho dos melhores amigos.T5 126.1

    Em virtude das fervorosas e fiéis advertências para guardá-lo de cometer erros que afetariam toda a existência, você imaginou que era um grande benefício para a igreja. Verdadeiramente, você poderia, em Jesus Cristo, ser bastante útil, mas, apesar disso, o Senhor e a igreja podem se dar muito bem sem você. O irmão pode se unir ao exército dos seguidores de Cristo se quiser; pode tomar parte em seus conflitos e triunfos. Mas, se escolher o contrário, o abnegado exército sob a bandeira ensangüentada da cruz seguirá adiante para a vitória certa e o deixará para trás. Se optar por guiar seu frágil barco pelas tempestuosas águas, você responderá pela presunção e será responsável pelos resultados.T5 126.2

    Se o irmão pudesse ver como já enfraqueceu nos princípios; se pudesse perceber o quando sua honra e honestidade foram atingidas, notaria que Deus não está mais com você e que não deveria mais permanecer no lugar que ocupa. Você é indigno. Meu coração ficou realmente triste quando soube o que você poderia ter sido se houvesse se submetido integralmente a Deus. Vi também o poder que o inimigo tem exercido sobre você.T5 126.3

    A obra da Escola Sabatina é importante e todos os que se interessam pela verdade deveriam esforçar-se por torná-la próspera. O irmão _____ poderia ter servido muito bem nesse ramo da obra, caso, juntamente com outros na igreja, tivesse seguido o caminho certo. Mas ele tem sido muito elogiado e muito mimado. Isso quase o arruinou. O Senhor pode fazer as coisas sem ele, mas ele não pode dar-se ao luxo de realizar qualquer coisa sem Deus. O Senhor confiará Sua obra a homens de mãos limpas e coração puro, pois é uma honra assumir responsabilidades em Sua causa.T5 127.1

    A obra de temperança também é digna dos maiores esforços. Grande cuidado deve ser dispensado a fim de tornar as reuniões de temperança tão elevadas e enobrecedoras quanto possível. Evite-se o trabalho superficial e tudo que seja de natureza teatral. Aqueles que compreendem o caráter sagrado desta obra hão de manter alta a norma. Há, porém, uma classe, que não tem verdadeiro respeito pela causa da temperança; seu único interesse é mostrar sua habilidade no palco. Os puros, os refletidos e aqueles que compreendem o assunto da obra, devem ser animados a trabalhar nesses grandes ramos de reforma. Talvez eles não sejam intelectualmente grandes, mas se forem puros e humildes, tementes a Deus e fiéis, o Senhor aceitará os seus esforços.T5 127.2

    As sociedades literárias são normalmente bem organizadas, mas, em nove entre dez casos, demonstram-se um prejuízo à espiritualidade antes que uma bênção. Isso porque formaram uma aliança com o mundo ou com uma classe cuja influência e tendências sempre conduzem do sólido para o superficial, do real para o fictício. As sociedades literárias poderiam ser um grande benefício se controladas por pessoas consagradas; mas cedo ou tarde, elementos não consagrados ganham ascendência e exercem influência controladora. Isso também acontece com nossas sociedades de temperança. A solenidade da obra é encoberta pelo superficial, e contínua tentação é apresentada aos jovens a quem desejamos salvar.T5 127.3

    Os fatos estão perante nós. Os que entre nós têm arcado com as responsabilidades estão descendo à silente sepultura. Os membros ativos da igreja, os verdadeiros obreiros em todas as reformas, já viveram a maior parte de sua vida e estão declinando em força física e mental. Ansiosamente gostaríamos de ver quem são os que preencherão seu lugar. A quem serão confiados os interesses vitais da igreja? Uma questão pode ser por nós colocada com profunda preocupação: “Quem assumirá as responsabilidades da causa de Deus quando os poucos porta-bandeiras caírem?” Olhamos ansiosos para os jovens de hoje como aqueles que precisam assumir esses fardos e sobre quem as responsabilidades devem repousar. Eles precisam assumir a obra onde outros a deixaram, e sua conduta determinará se a moralidade, a religião e a piedade vital prevalecerão, ou se a imoralidade e infidelidade corromperão e frustrarão tudo o que é valioso. O padrão que agora é adotado determinará o futuro.T5 128.1

    Pais, desejam vocês demonstrar por sua conduta que os limites salutares, a boa ordem, a harmonia e a paz serão os princípios diretrizes? Ou deverão aqueles cujo comportamento revela serem possuidores de mentalidade frívola e baixa escala de dignidade moral ter influência decisiva, controladora? Deus apela a Seu povo fiel para se unir a Ele e purificar sua vida andando humildemente nas pegadas de Jesus. Deus exorta vocês a porem de lado o orgulho das opiniões, do vestuário e a ostentação, e a permitirem que as boas e nobres faculdades mentais se fortaleçam pelo uso.T5 128.2

    Serão leais aos princípios os homens e mulheres que professam as mais solenes verdades jamais trazidas aos mortais? Se quisessem produzir uma influência para levar o mundo a uma séria reflexão, deveriam exercê-la; seu vestuário e conversação também precisam estar em estrita harmonia com sua fé peculiar. Os mais velhos devem educar os mais jovens, por preceito e exemplo, a atenderem as reivindicações que a sociedade e seu Criador têm sobre eles. Sobre os ombros de jovens devem ser postas sérias responsabilidades. A questão é se eles são capazes de governar a si mesmos e permanecer na pureza de sua determinação concedida por Deus, aborrecendo tudo o que sugira licenciosidade e discórdia.T5 128.3

    Será que posso dizer alguma coisa que faça impressão sobre os jovens? Nunca antes houve tanto em jogo; nunca houve tão importantes resultados dependendo de uma geração, como os que estão agora na cena de ação. Nem por um momento deveríamos pensar que eles podem assumir qualquer posição de confiança sem possuir um bom caráter. Da mesma maneira, não se pode esperar colher uvas dos espinheiros ou figos dos cardos. Um caráter reto precisa ser edificado tijolo a tijolo, crescendo cada dia em proporção aos esforços exercidos. Aquelas características que eles levarão ao Céu consigo, precisam ser obtidas por diligente exercício de suas próprias faculdades, por aprimorar cada benefício que a Providência lhes concedeu, e por unir-se à fonte de toda sabedoria. Não se pode tomar por base a nenhum padrão baixo. Não se deve permitir que a mente seja ajustada num molde inferior. As características de José e Daniel são bons modelos a seguir, mas Cristo é o Modelo Perfeito.T5 129.1

    Alguns dos irmãos e irmãs da igreja de _____ têm feito um bom trabalho missionário, mas seu interesse não deve esmorecer. Poucos têm feito mais do que suas forças poderiam suportar; mas era seu deleite fazer isso. Todos podem desempenhar uma parte nessa obra e ninguém é descartado. Jesus deseja que todos os que professam Seu nome se tornem obreiros fervorosos. É necessário que todo membro individual construa sobre a rocha que é Jesus Cristo. Arma-se uma tempestade que forçará e provará ao máximo o fundamento espiritual de cada um. Por isso, evite o solo arenoso; busque a rocha. Cave fundo; ponha alicerce seguro. Construa, oh, construa para a eternidade! Construa com lágrimas, com orações provindas do coração. Que cada um de vocês, daqui por diante, embeleze a vida através de boas obras. Calebes são os homens mais necessários nestes últimos dias. O que tornará nossas igrejas vigorosas e bem sucedidas em seus esforços, não é a obra ruidosa, mas a que se faz quieta e humildemente; não é a ostentação e exibicionismo, mas o esforço paciente, perseverante e acompanhado de oração.T5 129.2

    “Quem não é comigo”, disse Cristo, “é contra Mim.” Lucas 11:23. Homens e mulheres decididos, que se entregam de todo o coração, são os que hão de subsistir neste tempo. Cristo joeirou Seus seguidores repetidas vezes, até que afinal só ficaram onze, e algumas mulheres fiéis, para assentar as bases da igreja cristã. Existem alguns que se deixam ficar para trás quando há responsabilidades a assumir, mas quando a igreja está toda possuída de zelo, entusiasmam-se, cantam e bradam, e ficam enlevados; mas cuidado com esses. Passado o entusiasmo, apenas alguns fiéis Calebes tomarão a frente e manifestarão princípios inabaláveis. Esses correspondem ao sal que conserva seu sabor. É quando a obra vai com dificuldade que as igrejas desenvolvem seus verdadeiros ajudadores. Eles não estarão falando de si mesmos, reivindicando o eu, mas imergirão sua identidade em Cristo Jesus. Para ser grande no reino de Deus, deve-se ser uma criança em termos de humildade, em simplicidade de fé e pureza de amor. Todo orgulho deve ser excluído, todo ciúme vencido, toda ambição por supremacia abandonada, e a mansidão e confiança infantil estimuladas. Esses encontrarão em Cristo sua Rocha protetora, sua poderosa fortaleza. NEle podem confiar implicitamente, pois nunca lhes falhará.T5 130.1

    Oh, que todos os que crêem na verdade presente sejam exortados a buscar ao Senhor! Os pensamentos divinos de infinita misericórdia e Seu amor incomparável deveriam influenciar todos a imitar Seu exemplo. Mas isso não ocorre. Algumas de nossas irmãs condescendem abertamente com o amor ao vestuário e à exibição. Não se trajam absolutamente em harmonia com nossa fé. Isso é verdadeiro quanto à irmã _____. O mundo deve contemplar um melhor exemplo do que o que essa irmã tem apresentado. Ela deveria sentir sua responsabilidade de pôr toda a sua influência ao lado de Cristo, e procurar tornar aqueles com quem se associa menos mundanos. Ela e a irmã _____ seriam de grande benefício à igreja se estimulassem a simplicidade no vestuário nelas próprias e nas outras. Essas irmãs, que são costureiras e que estudam as tendências da moda, freqüentemente levam outras mulheres na igreja a fazer aquilo que desagrada a Deus, animando-as a cortar e ornamentar seus vestidos e imitar o mundo. O empenho dessas irmãs em fazer o bem seria muito mais aceitável a Deus, caso fossem observados em sua vida menos amor ao vestuário, menos conversa fútil e mundana, menos críticas e murmurações contra os pastores que trabalham por vocês, e mais oração e leitura da Bíblia.T5 130.2

    O Senhor não está satisfeito com a conduta seguida por muitos na igreja, com referência a alguns de seus irmãos do ministério. Ele ordena que cessem seus cruéis falatórios e que palavras de encorajamento tomem o lugar das murmurações, descontentamentos e críticas. Cristo fala-lhes na pessoa de Seus santos e vocês têm desprezado Seu conselho e rejeitado Sua reprovação. Não faça mais isso. O Pastor _____ tem um trabalho a fazer, não apenas no Leste, mas em muitos lugares. Deus vai ajudá-lo e vai lhe dar sucesso, se ele se esconder em Jesus. Ele não é infalível e pode, às vezes, errar em seus julgamentos. Mas tome cuidado ao falar para não anular o efeito das palavras que Deus ordena a ele proferir.T5 131.1

    Quando ele sabe qual é a vontade de Deus, não deveria hesitar em cumpri-la, mesmo que lhe custasse a vida. Enquanto muitos de vocês cogitam apenas em como podem satisfazer o eu e ter uma vida fácil, toda a vida e interesses dele estão envolvidos na causa de Deus. Quando estudando e planejando em favor da causa, ele tem algumas vezes sido arguto e sutil, o que tem levado outros a julgá-lo mal. Seu objetivo não é obter vantagens para si mesmo, mas para a causa que ele ama. Ao mesmo tempo em que o Senhor deseja ter você sustentando fielmente as mãos de Seus provados servos, também adverte contra o colocar excessiva confiança naqueles que recentemente vieram para a fé ou cuja vida anterior e trabalhos sejam desconhecidos.T5 131.2

    Temos o privilégio de colaborar para que a igreja seja próspera e feliz. Que cada um examine o próprio coração, purifique o contaminado templo da alma e vigie em oração. Determine-se a buscar Jesus até encontrá-Lo; não ceda até que Seu amor habite o coração e Seu Espírito esteja subjugando sua vida e modelando o caráter. Então creia e com ousadia aproxime-se de Seu trono, sabendo que Ele ouvirá as suas orações.T5 132.1

    Larger font
    Smaller font
    Copy
    Print
    Contents