Larger font
Smaller font
Copy
Print
Contents

Testemunhos para a Igreja 5

 - Contents
  • Results
  • Related
  • Featured
No results found for: "".
    Larger font
    Smaller font
    Copy
    Print
    Contents

    Capítulo 60 — Conselhos aos jovens

    Gostaria de dizer aos estudantes da Academia de South Lancaster: “Chegai-vos a Deus, e Ele Se chegará a vós.” Tiago 4:8. Nunca se envergonhem de sua fé, nem sejam vocês encontrados do lado do inimigo. “Vós sois a luz do mundo.” Mateus 5:14. Sua fé deve ser revelada como preciosa verdade que todos deveriam possuir e precisam possuir se quiserem ser salvos. Como um povo, somos minoria. Não somos populares. Nossos inimigos estão-nos espreitando para atraiçoar-nos e arruinar nossa vida. Eles não apreciam nossos motivos. Interpretam mal nosso zelo sincero e nosso intenso desejo de que os outros vejam e compreendam a verdade, para que possam fazer a vontade de Deus obedecendo a todos os Seus mandamentos. Porém, deveríamos combater o bom combate da fé e ser achados “firmes e constantes, sempre abundantes na obra do Senhor”. 1 Coríntios 15:58.T5 520.2

    É com sentimentos de inexprimível tristeza e algumas vezes quase em desespero, que contemplo a condição dos jovens e vejo quão difícil é motivá-los a obter uma educação para a qual, eu sei, Deus liberalmente lhes concederia habilidades. Sem a educação, eles serão incompetentes e ineficientes em qualquer lugar. Todavia, obtendo-a, serão expostos a perigos e tentações. Satanás tentará empregar suas cultivadas habilidades em seu serviço.T5 521.1

    Alguns empregam suas energias para maus propósitos. O sutil veneno da sensualidade corre em suas veias, e pouco empecilho encontra em seu curso. Ele é fascinante, enfeitiçante. A mente, que com o devido cuidado da integridade moral, é capaz de alto grau de cultivo e excelência literária, é em geral degradada para servir à concupiscência. Elevados princípios morais e a piedade prática não possuem qualquer encanto para essas iludidas almas, e é quase impossível exercer sobre elas qualquer influência, quer por preceito quer por exemplo, que possa frustrar os esforços de Satanás para corrompê-las e arruiná-las. A menos que esses moços e moças estejam dispostos a aprender, a ser aconselhados pelos de mais experiência, certamente serão desviados pelos ardis de Satanás. E a menos que aqueles que os ensinam estejam continuamente crescendo na graça, no conhecimento da verdade e em discernimento espiritual, estarão em perigo, por seu exemplo e promoção de idéias errôneas, de inconscientemente auxiliar o inimigo em seu trabalho, levando indivíduos a considerá-las como o melhor para si, mas que trarão o menor bem e serão de mínimo benefício para eles.T5 521.2

    Os planos feitos e realizados para a educação de nossa juventude não são em hipótese alguma tão amplos. Eles não deveriam visar a uma educação unilateral, mas todos os seus ramos precisariam merecer igual atenção. Filosofia moral, estudo das Escrituras e educação física deveriam ser combinados com os estudos curriculares usualmente adotados por outras escolas. Cada faculdade — física, mental e moral — necessita ser treinada, disciplinada e desenvolvida, para que possa prestar seu melhor serviço. A menos que todas sejam igualmente fomentadas, não poderá cada uma fazer amplamente seu trabalho sem sobrecarregar alguma parte do organismo humano.T5 521.3

    Muito se tem falado e escrito acerca da importância de educar a mente para o mais elevado serviço. Isso às vezes tem levado à opinião de que, se o intelecto é educado de modo a pôr em campo suas mais altas faculdades, fortalecerá a natureza física e moral, para o desenvolvimento do homem todo. O tempo e a experiência têm demonstrado ser isso um erro. Temos visto homens e mulheres saírem do colégio como diplomados, sem ser absolutamente qualificados para fazer uso adequado do maravilhoso organismo físico com o qual Deus os proveu.T5 522.1

    O corpo todo se destina à ação, e não à inatividade. Se as faculdades físicas não se empenharem da mesma forma que as mentais, demasiado esforço é exigido destas. A menos que cada parte do organismo humano cumpra as tarefas que lhe são designadas, as faculdades mentais não poderão ser usadas até sua capacidade máxima por qualquer período de tempo. Faculdades naturais têm de ser governadas por leis naturais, e têm de ser educadas a trabalhar em harmonia com essas leis. Não podem os professores de nossas escolas desrespeitar nenhum desses pormenores sem esquivar-se à responsabilidade. O orgulho pode levá-los a buscar um alto padrão secular de realização intelectual, a fim de que os estudantes possam brilhar; mas em se tratando de sólidas aquisições — essas que são necessárias para habilitar homens e mulheres para toda e qualquer emergência na vida prática — esses estudantes estarão apenas parcialmente preparados para ter êxito na vida. Sua educação defeituosa muitas vezes leva ao fracasso, seja qual for o ramo de atividade que empreendam.T5 522.2

    Exercícios em ambiente fechado podem, em alguns pontos, ser vantajosos. Eles foram preparados para atender à necessidade de exercício físico útil, e se têm tornado populares nas instituições educacionais, mas não estão isentos de inconvenientes. Se não forem cuidadosamente dosados, produzirão mais mal do que bem. Alguns têm sofrido permanentes danos físicos devidos a esses esportes. Atividades manuais ligadas às nossas escolas, se corretamente ministradas, tomarão com vantagens o lugar do ginásio de esportes.T5 523.1

    Os professores deveriam dar muito mais atenção às influências físicas, mentais e morais em nossas escolas. Conquanto o estudo das ciências possa conduzir os estudantes a altas realizações literárias, ele não proporciona uma educação total e perfeita. Quando atenção especial é dada ao desenvolvimento completo de cada faculdade física e moral que Deus concedeu, os estudantes não deixam os nossos colégios dizendo-se educados, enquanto são ignorantes daquele conhecimento que necessitam para a vida prática e para o pleno desenvolvimento do caráter.T5 523.2

    Meu coração dói quando vejo essas deficiências, pois seu resultado é perda da saúde, falta de cuidado e carência de adaptação para aquela espécie de trabalho que é mais essencial ao sucesso na vida. Os jornais são pródigos em sensacionais noticiários de fraudes, desfalques e misérias familiares — maridos que fogem com esposas de outros e mulheres que se evadem com maridos de outras — tudo porque essas pessoas não foram educadas em hábitos industriosos e nunca aprenderam como economizar tempo ou empregar suas faculdades da melhor maneira para tornar feliz o lar.T5 523.3

    Quisera eu poder chamar a atenção de cada professor em nosso país sobre esse assunto. Há uma tarefa que devem realizar para ampliar e elevar seu trabalho educacional. Temos justamente diante de nós um tempo em que a condição do mundo se tornará desesperadora, quando a verdadeira religião, que rende obediência a um “assim diz o Senhor”, se tornará quase extinta. Nossa juventude deveria ser ensinada que as más obras não são esquecidas ou passadas por alto, porque Deus não pune imediatamente e com extrema indignação seus autores. Deus mantém uma conta com as nações. Durante todos os séculos da história deste mundo os maus obreiros têm acumulado ira para o dia da ira; e quando chegar plenamente o tempo em que a iniqüidade houver atingido o limite estabelecido da misericórdia divina, Sua clemência terminará. Quando as contas acumuladas nos livros de registro do Céu indicarem que a soma da transgressão está completa, virá a ira, sem mistura de misericórdia, então se verá que tremenda coisa é esgotar a paciência divina. Esta crise será atingida quando as nações se unirem na invalidação da lei de Deus.T5 523.4

    Chegará o tempo em que os justos serão provados por Deus devido à superabundante iniqüidade. Nada, a não ser o poder divino, pode deter a arrogância de Satanás unido a homens maus; porém, na hora de maior perigo para a igreja, serão oferecidas em seu favor as mais ferventes orações pelo fiel remanescente, e Deus ouvirá e atenderá na própria ocasião em que a culpa do transgressor atingir o auge. Deus fará “justiça aos Seus escolhidos, que a Ele clamam dia e noite, embora pareça demorado em defendê-lo”. Lucas 18:7. Serão zelosos pela honra divina. Eles serão zelosos em oração e sua fé crescerá robusta.T5 524.1

    Há pouco zelo entre os estudantes. Eles deveriam fazer mais diligentes esforços. Exige muito esforço saber como estudar. Cada estudante deveria cuidar que nenhuma obra de segunda categoria saísse de suas mãos. Deveria tomar para si as palavras que o apóstolo Paulo endereçou a Timóteo: “Persiste em ler, exortar e ensinar, até que eu vá. Não desprezes o dom que há em ti, o qual te foi dado por profecia, com a imposição das mãos do presbitério. Medita estas coisas, ocupa-te nelas, para que o teu aproveitamento seja manifesto a todos. Tem cuidado de ti mesmo e da doutrina; persevera nestas coisas; porque, fazendo isto, te salvarás, tanto a ti mesmo como aos que te ouvem.” 1 Timóteo 4:13-16.T5 524.2

    O dever de adultos e jovens deve ser exposto em linguagem simples e positiva, porque nosso destino está lançado em tempos perigosos, quando parece que a verdade será sobrepujada pelas falsidades e enganos de Satanás. No tempo de prova e sofrimento, o escudo da Onipotência será posto sobre aqueles a quem Deus fez depositários de Sua lei. Quando os legisladores renunciarem aos princípios do protestantismo, para apoiar e estender o braço de amizade ao catolicismo, Deus intervirá de modo especial em prol de Sua própria honra e salvação de Seu povo.T5 525.1

    Os princípios que nossa juventude necessita cultivar precisam ser mantidos diante deles em sua educação diária, para que quando o decreto for baixado, exigindo que todos adorem a besta e sua imagem, eles possam tomar decisões acertadas e ter coragem para declarar, sem tremor, sua confiança nos mandamentos de Deus e na fé de Jesus, justamente no tempo em que a lei de Deus for abolida pelo mundo religioso. Aqueles que vacilam agora e são tentados a seguir na esteira dos apóstatas que abandonam a fé, dando ouvidos a espíritos enganadores e doutrinas de demônios, certamente serão encontrados do lado dos que anulam a lei de Deus, a menos que se arrependam e firmem seus pés na fé que uma vez foi entregue aos santos.T5 525.2

    Se estamos vivendo entre os temíveis perigos descritos na Palavra de Deus, não deveríamos despertar para as realidades da situação? Por que ficar assim silenciosos? Por que fazer de pequena importância as coisas que são de grande interesse a cada um de nós? A Bíblia deveria ser nosso mais caro tesouro, diligentemente estudada e ensinada de maneira zelosa a outros. Como pode essa espantosa indiferença continuar naqueles que têm tido luz e conhecimento?T5 525.3

    Profecia e História deveriam formar uma parte dos estudos em nossas escolas, e todos os que aceitaram o cargo de educadores deveriam prezar mais e mais a revelada vontade de Deus e, em simplicidade, instruir os estudantes. Deveriam desdobrar as Escrituras e mostrar em sua própria vida e caráter as preciosidades da religião bíblica e a beleza da santidade. Mas nunca, nem por um momento, deixar a outros a impressão de que seria proveitoso ocultar sua fé e doutrinas dos descrentes, temendo não serem altamente honrados se seus princípios forem conhecidos.T5 525.4

    Não é hora de nos envergonharmos de nossa fé. Somos um espetáculo ao mundo, aos anjos e aos homens. Todo o Universo está observando com inexprimível interesse para ver a obra de encerramento do grande conflito entre Cristo e Satanás. Num tempo como este, justamente quando a grande obra de julgamento dos vivos está para começar, deveríamos permitir que ambições não santificadas tomem posse do coração? O que pode haver de mais valioso para nós agora, excetuando-se ser encontrado leal ao Deus do Céu? O que pode ser de algum valor real neste mundo, quando estamos no limiar do mundo eterno? Que educação podemos dar aos estudantes de nossas escolas que seja tão necessária como o conhecimento do que diz a Escritura?T5 526.1

    Larger font
    Smaller font
    Copy
    Print
    Contents