Larger font
Smaller font
Copy
Print
Contents

Testemunhos para a Igreja 5

 - Contents
  • Results
  • Related
  • Featured
No results found for: "".
    Larger font
    Smaller font
    Copy
    Print
    Contents

    Capítulo 79 — Idéias errôneas sobre confissão

    Queridos irmãos e irmãs em _____:

    Ouvi sobre o bom trabalho que tem sido feito entre vocês, e meu coração se regozija. Desde que cheguei a Battle Creek, tenho-me preocupado muito com sua igreja. Durante a semana de oração, o Senhor operou em nosso favor e em todas as nossas instituições tem havido um firme, continuado e equilibrado interesse.T5 642.1

    As reuniões são realizadas no Colégio, com assinalado sucesso. Têm havido várias conversões entre os estudantes vindos do mundo. Essas conversões foram as mais impressionantes porque os indivíduos não tinham nenhuma experiência religiosa antes de terem vindo ao Colégio, e alguns deles estavam determinados a não se deixarem influenciar pela luz proveniente das reuniões. Mas eles as assistiram e foram convencidos pelo Espírito do Senhor e genuinamente convertidos. Eles dizem que nunca foram tão felizes em sua vida como agora. Muitos vão para suas casas passar os feriados. Seus pais não são professos religiosos e por isso sua fé é severamente provada. Mas belas cartas têm chegado, dando conta que eles assumiram novas responsabilidades e estão tentando mostrar a seus amigos que a nova fé que abraçaram não os tornou fanáticos ou extremistas, mas cristãos equilibrados, melhores em cada ponto do que antes de sua conversão; também que eles possuem princípios de fé pura e amor a Deus e a seus semelhantes, e os manifestam por meio de uma vida bem ordenada e piedosa conversação. Essa boa obra no Colégio tem sido uma fonte de regozijo para todos nós.T5 642.2

    Fizemos encontros matinais para os auxiliares do sanatório durante as últimas três semanas, às cinco e meia da manhã. Tenho falado nessas ocasiões com bons resultados. Também falei aos pacientes por diversas vezes.T5 642.3

    Tivemos reuniões com os obreiros, ao meio dia, nos escritórios da Review. Ali o Senhor está manifestamente em ação. Homens que têm professado a verdade por anos e ainda não pareciam possuir qualquer fervor foram visitados pelo Espírito do Senhor. Vocês deveriam ouvir seus sinceros testemunhos falando do precioso amor de Deus. Alguns deles dizem que nunca foram convertidos antes.T5 642.4

    Foram realizadas reuniões no Tabernáculo, duas vezes por dia durante duas semanas, e a mensagem apresentada tomou conta dos corações. Os testemunhos proferidos deram o sonido certo. Sou grata ao Senhor por essa boa obra. Tivemos também algumas reuniões especiais no Tabernáculo. Nessa grande igreja, após termos convocado o povo para as orações de sábado à tarde, no último sábado do ano velho, convidamos a todos os que sentiam dever fazer confissões a irem a outra sala, onde lhes seria dada uma oportunidade especial. Falei sobre o último capítulo de Malaquias: “Roubará o homem a Deus?” “Trazei todos os dízimos à casa do tesouro, para que haja mantimento na Minha casa, e depois fazei prova de mim, diz o Senhor dos Exércitos, se Eu não vos abrir as janelas do céu e não derramar sobre vós benção sem medida.” Malaquias 3:10. Foram feitas muitas confissões sobre esse ponto.T5 643.1

    Alguns não agiam corretamente com seus semelhantes e confessaram esses pecados e lhes fizeram restituição. Durante a semana seguinte, alguns daqueles que não haviam lidado honestamente com Deus, e conseqüentemente se separado dEle, começaram a restituir aquilo que haviam retido. Um irmão que já não devolvia dízimos há dois anos fez uma promissória no valor correspondente aos dízimos retidos e os juros devidos, no total de 571,50 dólares, e a entregou ao secretário da Associação. Agradeço a Deus porque esse irmão teve coragem para fazer isso. Outro passou uma promissória no valor de 300 dólares. Outro, ainda, que tanto se desviara de Deus ao ponto de quase não se nutrir mais esperança de que voltasse aos caminhos da justiça assinou um título de dívida de mil dólares. Foi proposto que esses dízimos e ofertas retidos fossem enviados à Missão Central-Européia. Com esse montante e as ofertas natalinas, foram arrecadados cerca de seis mil dólares para a causa missionária.T5 643.2

    Quem vive pela fé em Cristo não deseja maior bem do que conhecer e atender à vontade de Deus. É a vontade de que a fé em Cristo seja aperfeiçoada pelas obras. Ele une a salvação e a vida eterna dos crentes a essas obras, e através delas providencia para que a luz da verdade chegue a todas as nações e povos. Isso é fruto da operação do Espírito de Deus.T5 644.1

    A verdade se apossou dos corações. Isso não é um impulso espasmódico, mas um retorno real ao Senhor, onde a perversa vontade do homem é levada em sujeição à vontade de Deus. Roubar a Deus nos dízimos e ofertas é uma transgressão da clara ordem de Jeová e produz o maior prejuízo àquele que age assim, pois priva-o da bênção de Deus que é prometida aos que tratam honestamente com Ele.T5 644.2

    Temos visto em nossa experiência que, se Satanás não consegue prender as pessoas no gelo da indiferença, ele procurará impeli-las para o fogo do fanatismo. Quando o Espírito do Senhor Se faz notar entre o Seu povo, o inimigo aproveita a oportunidade para também atuar sobre várias mentes, levando-as a misturar seus próprios traços de caráter peculiares com a obra de Deus. Assim, sempre há o perigo de que eles permitam que suas idéias se misturem com a obra e se tomem resoluções imprudentes. Muitos se empenham numa obra por eles mesmos idealizada, e que não é inspirada por Deus.T5 644.3

    Mas enquanto a obra prosseguiu aqui em Battle Creek, não houve nenhuma manifestação de fanatismo. Sentíamos a necessidade de protegê-la de todos os lados com grande cuidado, pois se o inimigo puder levar indivíduos a extremos, ele fica bem satisfeito. Ele pode assim produzir maior dano do que se não houvesse um despertamento religioso. Sabemos que nunca houve um empenho espiritual no qual Satanás não tenha tentado fazer seu melhor para entremeter-se; nestes últimos dias ele fará isso como nunca antes. Ele vê que seu tempo é curto e quer trabalhar com todo o engano da injustiça para misturar erros e idéias equivocadas com a obra de Deus, e levar homens a falsas conclusões.T5 644.4

    Em muitos de nossos reavivamentos espirituais, houve erros com respeito à confissão. Conquanto a confissão seja um bem para a alma, há necessidade de agir sabiamente.T5 645.1

    Foi-me mostrado que muitas, muitas confissões nunca deveriam ser pronunciadas aos ouvidos de mortais; pois o resultado é tal que o limitado julgamento de seres finitos não antecipa. Sementes do mal são espalhadas na mente e coração dos que ouvem, e quando estão sob tentação, essas sementes germinarão e trarão fruto, e a mesma triste experiência se repetirá. Pois, pensa o tentado, esses pecados não podem ser tão ofensivos; afinal, os que fizeram confissão, cristãos de longa data, não fazem essas mesmas coisas? Assim, a confissão aberta desses pecados secretos na igreja se demonstrará um cheiro de morte, e não de vida.T5 645.2

    Não deve haver movimento algum descuidado e indiscriminado sobre esse assunto, para evitar que a causa de Deus seja desacreditada aos olhos dos descrentes. Se eles ouvirem confissões de conduta indigna feitas por aqueles que professam ser seguidores de Cristo, será trazida vergonha sobre a causa. Se Satanás puder, por algum meio, espalhar a impressão de que os adventistas do sétimo dia são a escória de todas as coisas, ele ficará feliz em fazê-lo. Deus não quer que ele tenha essa oportunidade. Deus será melhor glorificado se confessarmos a secreta e inata corrupção do nosso coração somente a Jesus do que se abrirmos seus recessos ao homem finito e sujeito a erro, e que não pode julgar com justiça a menos que o seu coração esteja constantemente impregnado do Espírito de Deus. Deus conhece o coração, até cada segredo do íntimo; então não espalhe ao ouvido humano aquilo que somente Deus deve ouvir.T5 645.3

    Há certas confissões que devem ser feitas perante uns poucos escolhidos e reconhecidas pelo pecador em profunda humildade. O assunto não deve ser conduzido de tal forma que o mau hábito seja transformado em virtude, e o pecador se orgulhe de seus maus feitos. Se houver coisas de natureza ignominiosa que devam vir perante a igreja, que sejam trazidas diante de umas poucas pessoas selecionadas antecipadamente para ouvi-las. Que não se exponha a causa de Deus ao reproche tornando pública a hipocrisia que tem existido na igreja. Isso deveria provocar reflexões por parte daqueles que têm tentado ser semelhantes a Cristo no caráter. Essas coisas devem ser consideradas.T5 645.4

    Há, então, confissões que o Senhor nos ordena fazer uns aos outros. Se você ofendeu a seu irmão por palavra ou ação, deve primeiro reconciliar-se com ele antes que seu culto seja aceitável ao Céu. Deve confessar àqueles a quem você prejudicou e fazer restituição, produzindo frutos dignos de arrependimento. Se alguém nutre sentimentos amargos, ira ou rancor para com um irmão, que vá pessoalmente, confesse seu pecado e busque o perdão.T5 646.1

    Da maneira de Cristo tratar com o errante podemos aprender preciosas lições, que são igualmente aplicáveis à confissão. Ele nos ordena ir a alguém caído em tentação e trabalhar com ele somente. Se não for possível ajudá-lo por causa de sua escuridão mental e separação de Deus, devemos tentar novamente levando conosco mais duas ou três pessoas. Se o errante não se emendar, então o que temos a fazer é dizê-lo à igreja. É muito melhor que os erros sejam corrigidos e as ofensas resolvidas sem que haja necessidade de levar o assunto a toda a igreja reunida. A igreja não deve se tornar um receptáculo de toda queixa ou confissão.T5 646.2

    Reconheço, por outro lado, o perigo de ceder à tentação de ocultar o pecado ou de condescendência com ele, e assim agirmos como hipócritas. Estejam certos de que a confissão cobrirá plenamente a influência do erro cometido. Que nenhum dever para com Deus, o semelhante ou a igreja seja deixado por cumprir. Então, vocês poderão apegar-se a Cristo com confiança, esperando Sua bênção. Mas a questão de como e a quem os pecados devem ser confessados é tal que exige cuidadoso estudo acompanhado de oração. Precisamos considerá-la de todos os pontos de vista, ponderando-a diante do Senhor e procurando a divina iluminação. Deveríamos inquirir se a confissão pública dos pecados de que temos sido culpados fará bem ou mal. Redundará ela em louvores Àquele que nos chamou das trevas para Sua maravilhosa luz? Concorrerá para a purificação da mente do povo, ou o aberto relato dos enganos praticados pela negação da verdade terá influência contaminadora sobre outras mentes e destruirá a confiança em nós?T5 646.3

    Os homens não possuem a sabedoria provinda de Deus e a constante iluminação da Fonte de todo poder, para que estejam seguros em seguir impulsos ou impressões. Tenho visto em minha experiência esse tipo de atitude operar a ruína não somente daqueles que a tomam, como dos que lhes estão sob a influência. A mais turbulenta extravagância foi o resultado dessa obra feita por impulso. Seguiu-se-lhe um declínio da fé, e a incredulidade e o ceticismo tornaram-se fortes, na mesma proporção do extremo fervor religioso. A obra que não é feita em Deus resulta em nada, tão logo passe a excitação.T5 647.1

    Há poder e estabilidade naquilo que o Senhor faz, quer opere por meio de agentes humanos, quer por quaisquer outros. O progresso e a perfeição da obra da graça no coração não dependem de exaltação ou demonstrações extravagantes. O coração que se acha sob a influência do Espírito de Deus estará em doce harmonia com Sua vontade. Foi-me mostrado que quando o Senhor atua através de Seu Espírito, nada há nessas demonstrações que degrade o povo do Senhor perante o mundo, mas, pelo contrário, o exalta. A religião de Cristo não torna ásperos e rudes aqueles que a seguem. Os súditos da graça não são intratáveis, mas sempre dispostos a aprender de Jesus e se aconselharem uns com os outros.T5 647.2

    Aquilo que aprendemos do Grande Mestre da verdade é duradouro; não recende a auto-suficiência, mas conduz à humildade e mansidão, e a obra que faremos será proveitosa, pura e enobrecedora, porque feita em Deus. Aqueles que assim trabalham demonstram em sua vida familiar e em sua associação com outros que possuem a mente de Cristo. Graça e verdade reinarão em seu coração, inspirando e purificando seus motivos, e controlando suas ações.T5 647.3

    Espero que ninguém fique com a idéia de que está obtendo o favor de Deus por confessar a seres humanos. Tem de haver na vida aquela fé que atua por amor e purifica a vida. O amor de Cristo subjugará as tendências sensuais. A verdade não só traz em si mesma a evidência de sua origem celestial, mas prova que, pela graça do Espírito de Deus, ela é eficaz na purificação da alma. O Senhor deseja que recorramos a Ele diariamente, com todas as nossas dificuldades e confissões de pecado, e Ele pode dar-nos descanso ao usarmos Seu jugo e levarmos Seu fardo. Seu Santo Espírito, com Sua afável influência, encherá o coração, e cada pensamento será levado cativo à obediência de Cristo.T5 648.1

    Agora estou temerosa de que, por algum erro de sua parte, a bênção de Deus que lhes foi dada em _____ se torne em maldição; que alguma falsa idéia venha à tona, fazendo-os, em poucos meses, ficar em pior condição do que antes do reavivamento. Se vocês não permanecerem vigilantes, aparecerão sob a pior luz possível diante dos incrédulos. Deus não seria glorificado com esse tipo de serviço espasmódico. Sejam cuidadosos para não levar as coisas a extremos e atrair permanente censura sobre a preciosa causa de Deus. A falha que muitos cometem é de, após terem sido abençoados por Deus, não buscarem, na humildade de Cristo, ser uma bênção aos outros. Agora que as palavras da vida eterna foram semeadas em seu coração, rogo-lhe que ande humildemente com Deus, fazendo as obras de Cristo e produzindo muito fruto para a justiça. Oro e espero que vocês ajam como filhos e filhas do Altíssimo e não se tornem extremistas, ou façam qualquer coisa que agrave o Espírito de Deus.T5 648.2

    Não olhe para os homens nem ponha sua esperança neles, achando que são infalíveis, mas contemple a Jesus constantemente. Confesse seus pecados secretos somente a seu Deus. Confesse os descaminhos de seu coração Àquele que sabe perfeitamente como tratar seu caso. Se você tem defraudado seu próximo, reconheça o pecado diante dele, e mostre o fruto desse reconhecimento fazendo a restituição. Então reclame a bênção. Venha a Deus assim como está, e O deixe curar todas as suas enfermidades. Apresente o seu caso diante do trono da graça; deixe que a obra se complete. Seja sincero no trato com Deus e com sua alma. Se vier a Ele com o coração verdadeiramente contrito, Ele lhe dará a vitória. Então você poderá dar um suave testemunho de liberdade e manifestar os louvores dAquele que o chamou das trevas para Sua maravilhosa luz. Ele não Se equivocará nem o julgará erradamente. Seus semelhantes não lhe podem absolver do pecado ou purificá-lo da iniqüidade. Jesus é o único que lhe pode dar a paz. Ele o ama, e deu a Si mesmo por você. Seu grande coração de amor compadece-se “das nossas fraquezas”. Hebreus 4:15. Que pecados são demasiados grandes que Ele não os possa perdoar? Quem está demasiado entenebrecido e oprimido pelo pecado que Ele não possa salvar? Ele é gracioso, não busca méritos em nós, mas por Sua ilimitada bondade sara nossa apostasia e nos ama além de qualquer expectativa, conquanto sejamos ainda pecadores. Ele é “tardio” em irar-Se e “grande em beneficência”. Neemias 9:17. Ele é “longânimo para convosco, não querendo que alguns se percam, senão que todos venham a arrepender-se”. 2 Pedro 3:9.T5 649.1

    Não procure demonstrar um alto grau de fervor, mas vá e trabalhe pelos outros instruindo-os pacientemente. Você tenderá a pensar que cada um tem uma carga de males a confessar e ficará em perigo de fazer disso o ponto principal. Quererá fazer com que cada um tenha a mesma experiência que você e sentirá que nada pode ser feito até que todos passem pela mesma obra de confissão. Não estará disposto a assumir o trabalho de ajudar outros através da ação do Espírito de Deus, com o próprio coração enternecido e subjugado pela obra de purificação. Você estará em grande perigo de frustrar a obra de Deus por sua própria conduta. Se trabalhar pela conversão das pessoas com humilde e confiante dependência de Deus, se o esplendor de Seu Espírito for refletido pelos irmãos a partir de um caráter semelhante ao de Cristo, se simpatia, bondade, paciência e amor forem princípios permanentes em sua vida, você será uma bênção a todos com quem conviver. Você não será crítico dos outros nem manifestará um sentimento áspero e acusador; não sentirá que as idéias deles devem se harmonizar com as suas, mas o amor de Jesus e os pacíficos frutos da justiça serão revelados em sua vida.T5 649.2

    “Mas o fruto do Espírito é: amor, alegria, paz, longanimidade, benignidade, bondade, fidelidade, mansidão, domínio próprio... E os que são de Cristo crucificaram a carne com as suas paixões e concupiscências. Se vivemos no Espírito, andemos também no Espírito. Não sejamos cobiçosos de vanglórias, irritando-nos uns aos outros, invejando-nos uns aos outros.” Gálatas 5:22, 24, 25.T5 650.1

    O inimigo procurará introduzir-se mesmo em meio aos cultos. Cada avenida necessitará ser fielmente guardada a fim de que o egoísmo e o orgulho não se misturem com a obra. Se o eu tiver realmente sido crucificado com suas afeições e concupiscências, o fruto se manifestará em boas obras para a glória de Deus. Rogo-lhes, no temor de Deus, não permitam que suas obras degenerem. Sejam cristãos firmes, simétricos. Quando o coração concedeu suas afeições a Cristo, as velhas coisas ficaram para trás e tudo se fez novo.T5 650.2

    Nossa religião deve ser inteligente. A sabedoria do alto precisa nos fortalecer, estabelecer e firmar. Precisamos ir cada vez mais para a frente e para o alto, de luz para luz ainda maior, e Deus ainda revelará Sua glória a nós como Ele não fez ao mundo.T5 650.3

    Battle Creek, Michigan

    6 de Janeiro de 1889

    Larger font
    Smaller font
    Copy
    Print
    Contents