Larger font
Smaller font
Copy
Print
Contents

Conselhos sobre o Regime Alimentar

 - Contents
  • Results
  • Related
  • Featured
No results found for: "".
    Larger font
    Smaller font
    Copy
    Print
    Contents

    A cruel bondade da condescendência

    358. Foi-me mostrado que uma grande causa do deplorável estado de coisas existente está em não se sentirem os pais na obrigação de criarem os filhos de modo a conformarem-se com a lei física. As mães amam os filhos com um amor idolátrico e condescendem com o seu apetite, quando sabem que isso lhes prejudicará a saúde, acarretando-lhes doença e infelicidade. Essa bondade cruel manifesta-se em grande extensão na geração presente. Os desejos dos filhos são satisfeitos a expensas de sua saúde e temperamento feliz, porque no momento é mais fácil para a mãe satisfazê-los, do que negar-lhes aquilo pelo que clamam.CRA 238.1

    Assim semeiam as mães a semente que germinará e produzirá fruto. Os filhos não são educados no sentido de negarem o apetite e restringirem os desejos. E tornam-se egoístas, exigentes, desobedientes, ingratos e profanos. As mães que perpetram esta obra ceifarão com amargura os frutos da sementeira que lançaram. Pecaram contra o Céu e contra os filhos, e Deus as terá como responsáveis. — Testimonies for the Church 3:141 (1873).CRA 238.2

    359. Quando pais e filhos se encontrarem, no dia do ajuste final, que cena se apresentará! Milhares de filhos que foram escravos do apetite e de vícios degradantes, cujas vidas são destroços morais, estarão face a face com os pais que os tornaram o que são. Quem, senão os pais, tem de arcar com esta terrível responsabilidade? Foi o Senhor que tornou corruptos esses jovens? Oh, não! Quem, então, perpetrou esta obra terrível? Não foram os pecados dos pais transmitidos aos filhos, na forma de apetites e paixões pervertidos? E não foi completada a obra por aqueles que negligenciaram a sua educação de acordo com o modelo dado por Deus? Tão certo como eles existem, é terem esses pais de passar em revista diante de Deus. — Christian Temperance and Bible Hygiene, 76, 77 (1890).CRA 238.3

    Larger font
    Smaller font
    Copy
    Print
    Contents