Larger font
Smaller font
Copy
Print
Contents

Conselhos sobre o Regime Alimentar

 - Contents
  • Results
  • Related
  • Featured
No results found for: "".
    Larger font
    Smaller font
    Copy
    Print
    Contents

    Capítulo 18 — Frutas, cereais e verduras

    Parte 1 — Frutas

    Uma bênção nas frutas frescas

    464. Sou muito grata a Deus porque, quando Adão perdeu seu lar edênico, o Senhor não o privou do suprimento de frutas. — Carta 157, 1900.CRA 309.1

    465. O Senhor quer que os que vivem em países onde é possível obterem-se frutas frescas em grande parte do ano, se compenetrem da bênção que têm nessas frutas. Quanto maior for o uso que fizermos de frutas frescas, tais como são apanhadas da árvore, maior será a bênção. — Testimonies for the Church 7:126 (1902); Testemunhos Selectos 3:134.CRA 309.2

    466. Convir-nos-ia cozinhar menos e comer mais frutas em estado natural. Ensinemos o povo a comer abundantemente uvas, maçãs, pêssegos, pêras, amoras e toda outra espécie de frutas que seja possível conseguir. Sejam elas preparadas e conservadas para uso no inverno, usando-se quanto possível vidros, em vez de latas. — Testimonies for the Church 7:134 (1902); Testemunhos Selectos 3:137, 138.CRA 309.3

    [Frutas são excelente alimento, exceto se muito cozidas — 546]

    467. Para um estômago dispéptico, podeis pôr à mesa frutas de diversas espécies, mas não demasiada variedade em uma refeição. — Testimonies for the Church 2:373 (1870).CRA 309.4

    468. Recomendaríamos especialmente as frutas como fator de saúde. Mas mesmo as frutas não devem ser comidas após uma completa refeição de outros alimentos. — Manuscrito 43, 1908.CRA 309.5

    469. Verduras e frutas agradavelmente preparadas em sua estação serão benéficas, uma vez que sejam da melhor qualidade, não mostrando o mínimo sinal de deterioração, mas sendo sãs e não afetadas pela doença ou apodrecimento. Morrem mais pessoas por comerem frutas e verduras deterioradas que fermentam no estômago e produzem sangue envenenado, do que fazemos idéia. — Carta 12, 1887.CRA 309.6

    470. Uma provisão simples, mas liberal de fruta é o melhor alimento que se possa colocar diante dos que se estão preparando para a obra de Deus. — Carta 103, 1896.CRA 310.1

    [Frutas e cereais, alimento para os que se estão preparando para a trasladação — 488 e 515]

    Parte de um regime apropriado

    471. Cereais, frutas, nozes e verduras constituem o regime dietético escolhido por nosso Criador. Estes alimentos, preparados da maneira mais simples e natural possível, são os mais saudáveis e nutritivos. Proporcionam uma força, uma resistência e vigor intelectual, que não são promovidos por uma alimentação mais complexa e estimulante. — A Ciência do Bom Viver, 296 (1905).CRA 310.2

    [Frutas, cereais e verduras com leite e nata, a mais saudável dieta — 487]

    [Verduras à mesa de Ellen G. White — Apêndice 1:4, 8, 15.]

    472. Nos cereais, frutas, verduras e nozes encontram-se todos os elementos de que necessitamos. Se formos ao Senhor em simplicidade de espírito, Ele nos ensinará a preparar alimento saudável sem a mancha da carne. — Manuscrito 27, 1906.CRA 310.3

    [Fruta parte de um regime apropriado — 483, 486 e 513]

    [A farta provisão da Natureza quanto a frutas, nozes e cereais — 485]

    [Fruta constituinte de alimentos saudáveis — 399, 400, 403, 404, 407 e 810]

    Regime provisório de frutas

    473. A intemperança no comer é muitas vezes a causa da doença, e o que a natureza precisa mais é ser aliviada da indevida carga que lhe foi imposta. Em muitos casos de moléstia, o melhor remédio é o paciente jejuar por uma ou duas refeições, a fim de que os sobrecarregados órgãos digestivos tenham ensejo de descansar. Um regime de frutas por alguns dias tem muitas vezes produzido grande benefício aos que trabalham com o cérebro. Muitas vezes um breve período de inteira abstinência de comida, seguido de alimento simples e moderadamente tomado, tem levado à cura por meio dos próprios esforços recuperadores da natureza. Um regime de abstinência por um ou dois meses, havia de convencer a muitos sofredores que a vereda da abnegação é o caminho para a saúde. — A Ciência do Bom Viver, 235 (1905).CRA 310.4

    Substituição de artigos nocivos

    474. Em nossas instituições médicas devem ser dadas claras instruções quanto à temperança. Deve-se fazer ver aos pacientes o dano de bebidas intoxicantes, e a bênção da abstinência total. Deve-se-lhes pedir que abandonem as coisas que lhes arruinaram a saúde, e o lugar dessas deve ser substituído por abundância de frutas. Laranjas, limões, ameixas, pêssegos e muitas outras variedades se podem obter; pois o mundo de Deus é produtivo, uma vez que se façam laboriosos esforços. — Carta 145, 1904.CRA 311.1

    475. Não useis sal em quantidade, evitai as conservas e comidas condimentadas, servi-vos de abundância de frutas e a irritação que reclama tanta bebida nas refeições desaparecerá em grande parte. — A Ciência do Bom Viver, 305 (1905).CRA 311.2

    [Ocupar o lugar do alimento cárneo — 149, 312, 320, 492, 514 e 795]

    [Ocupar o lugar de sobremesas — 546]

    [Não atrativos para os que estão acostumados com alimentos altamente temperados — 563]

    [Ocupar o lugar de muito mingau — 490 e 499]

    Conservar e secar

    476. Onde quer que haja frutas em abundância, deve-se preparar farta provisão para o inverno, conservando-as cozidas ou secas. As frutas pequenas, como morangos, amoras, groselhas e outras, podem dar com vantagem em muitos lugares onde são pouco usadas, sendo negligenciado o seu cultivo.CRA 311.3

    Para conservas domésticas, os vidros devem ser usados sempre que possível, de preferência às latas. É especialmente digno de atenção que as frutas a serem conservadas estejam em boas condições. Empregue-se pouco açúcar, e a fruta seja cozinhada apenas o necessário à sua preservação. Assim preparadas, são excelente substituto para as frutas frescas.CRA 311.4

    Onde quer que as frutas secas como passas, ameixas, maçãs, pêras, pêssegos e abricós se possam obter por moderado preço, verificar-se-á que se podem usar como artigos principais de regime, muito mais abundantemente do que se costuma fazer, com os melhores resultados para a saúde de todas as classes. — A Ciência do Bom Viver, 299 (1905).CRA 311.5

    477. Compota de maçãs, posta em vidros, é saudável e saborosa. Pêras e cerejas, caso se possam obter, dão muito boa compota para uso no inverno. — Carta 195, 1905.CRA 312.1

    478. Se puderdes obter maçãs, achais-vos em boas condições no que respeita a frutas, ainda que não possais ter nada mais. ... Não acho que tanta variedade de frutas seja essencial; todavia elas devem ser cuidadosamente colhidas e conservadas em sua estação, para serem usadas quando não houver maçãs. Maçãs são superiores a qualquer fruta para uma pessoa em crescimento. — Carta 5, 1870.CRA 312.2

    Recém-colhida do pomar e do quintal

    479. Há outra vantagem a ser obtida pelo cultivo de frutas em ligação com nossos sanatórios. Pode-se ter para a mesa a fruta absolutamente livre de deterioração, e recém-colhida da árvore. — Manuscrito 114, 1902.CRA 312.3

    480. Famílias e instituições devem aprender a fazer mais quanto ao cultivo e aperfeiçoamento da terra. Se o povo tão-somente soubesse o valor dos produtos da terra, que ela produz a seu tempo, seriam feitos mais diligentes esforços para cultivar o solo. Todos se devem achar relacionados com o valor especial das frutas e verduras frescas, colhidas do pomar e da horta. À medida que aumenta o número de pacientes e de alunos, mais terra se fará necessário. Poder-se-iam plantar parreiras, tornando assim possível à instituição produzir suas uvas. O laranjal no lugar apropriado seria uma bênção. — Manuscrito 13, 1911.CRA 312.4

    [Importância de produzir frutas e verduras para a mesa — 519]

    [Frutas e verduras na mesma refeição — 188, 190 e 722]

    [O uso das frutas à mesa de E. G. White — Apêndice 1:4, 9, 15, 22, 23.]

    [Frutas no regime dietético do sanatório — 441]

    [Uso de frutas à mesa dos auxiliares — 444 e 651]

    [Frutas no regime das reuniões campais — 124 e 765]

    [A ser incluídas num regime simples para visitas — 129]

    [Parte de um regime saudável e apetecível — 204 e 503]

    [Tomates recomendados por E. G. White — Apêndice 1:16, 22, 23.]

    Larger font
    Smaller font
    Copy
    Print
    Contents