Larger font
Smaller font
Copy
Print
Contents

Conselhos sobre o Regime Alimentar

 - Contents
  • Results
  • Related
  • Featured
No results found for: "".
    Larger font
    Smaller font
    Copy
    Print
    Contents

    Parte 3 — Tortas, bolos, pastéis, pudins

    537. As sobremesas que levam tanto tempo a preparar, são, muitas delas, prejudiciais à saúde. — Fundamentos da Educação Cristã, 227.CRA 331.4

    Tentação à excesso de condescendência

    538. Muitas são as mesas em que, havendo o estômago recebido tudo quanto ele requer para levar avante seu trabalho de nutrir apropriadamente o organismo, vem outra série, consistindo em tortas, pudins e caldas grandemente condimentadas. ... Muitos, se bem que já tenham comido bastante, ultrapassarão os limites, e comerão a tentadora sobremesa que, entretanto, está longe de se demonstrar um bem para eles. ... Se os extraordinários oferecidos para sobremesa fossem totalmente dispensados, seria um benefício. — Carta 73a, 1896.CRA 331.5

    539. Porque é moda, em harmonia com um apetite mórbido, o bolo substancioso, tortas, e pudins e tudo quanto é nocivo, é aglomerado no estômago. A mesa deve estar carregada de variedades, do contrário o apetite corrompido não se satisfaz. Pela manhã, esses escravos do apetite estão muitas vezes com mau hálito e têm a língua saburrosa. Não gozam saúde, e cogitam por que sofrem dores, dói-lhes a cabeça, sofrem vários males. — Spiritual Gifts 4:130 (1864).CRA 332.1

    540. A família humana tem condescendido com o crescente desejo de comida requintada, até que se tornou moda acumular todas as iguarias possíveis no estômago. Especialmente nas festas, condescende-se quase sem restrições com o apetite. Toma-se parte em almoços requintados e jantares tardios, os quais consistem em carnes altamente condimentadas com molhos fortes, bem como bolos confeitados, tortas, sorvetes, etc. — Healthful Living, 53 (1865).CRA 332.2

    541. Porque é moda, muitos que são pobres e dependem do trabalho de cada dia, se dão à despesa de preparar para as visitas diversas espécies de bolos confeitados, conservas, tortas, e uma variedade de comidas da moda, as quais só prejudicam aos que delas participam; quando, ao mesmo tempo, necessitam dessa importância gasta para comprar roupas para si e seus filhos. O tempo ocupado em preparar comidas para satisfazer ao gosto à custa do estômago, devia ser consagrado à instrução moral e religiosa de seus filhos. — Healthful Living, 54 (1865).CRA 332.3

    [Para contexto, ver 128]

    [Alimentos condimentados suscitam desejo de estimulantes — 203]

    Não faz parte do regime saudável e nutritivo

    542. Muitos compreendem a maneira de fazer diversas qualidades de bolos, mas esta não é a melhor qualidade de alimento a ser posta na mesa. Bolos doces, bem como os pudins e cremes, causarão perturbações nos órgãos digestivos; e por que tentaremos os que rodeiam a mesa pondo-lhes diante tais artigos? — The Youth's Instructor, 31 de Maio de 1894.CRA 332.4

    543. Alimentos cárneos e bolos e tortas requintados, preparados com especiarias de qualquer espécie, não são o regime mais nutritivo e saudável. — Testimonies for the Church 2:400 (1870).CRA 333.1

    544. As sobremesas ingeridas em forma de cremes são tendentes a causar mais mal que bem. Frutas, caso possam ser obtidas, são o melhor artigo de alimentação. — Carta 91, 1898.CRA 333.2

    545. De ordinário se usa demasiado açúcar no alimento. Bolos, pudins, pastelarias, geléias, doces, são causa ativa de má digestão. Especialmente nocivos são os cremes e pudins em que o leite, ovos e açúcar são os principais elementos. Deve-se evitar o uso abundante de leite e açúcar juntos. — A Ciência do Bom Viver, 302 (1905).CRA 333.3

    546. Esforcem-se diligentemente os que advogam a reforma de saúde a fazerem dela tudo quanto professam que ela é. Rejeitem qualquer coisa que seja nociva à saúde. Usem comida simples e saudável. As frutas são excelentes, e poupam muito trabalho de cozinha. Rejeitem as pastelarias requintadas, como os bolos, sobremesas e outros pratos preparados para tentarem o apetite. Comam menos qualidades de alimentos em uma refeição, e com ações de graças. — Carta 135, 1902.CRA 333.4

    Não são proibidas as sobremesas simples

    547. A torta simples pode servir como sobremesa, mas quando uma pessoa come dois ou três pedaços meramente para satisfazer a um apetite desordenado, desqualifica-se para o serviço de Deus. Alguns, depois de partilharem largamente de outros alimentos, comem a sobremesa, não porque dela necessitem, mas porque é saborosa. Se os convidarem a servir-se de outro pedaço, a tentação é demasiado grande para resistirem, e dois ou três pedaços de torta são acrescentados ao peso já colocado sobre o estômago. O que assim faz nunca se educou em exercer renúncia. A vítima do apetite está tão apegada a sua maneira de ser, que não pode ver o dano que se está causando a si próprio. — Carta 17, 1895.CRA 333.5

    548. Então, quando ela necessitava roupas extras, ou alimento a mais, e isto de qualidade simples se bem que nutritiva, não lhe era concedido. Seu organismo ansiava por material para converter em sangue; ele, porém, não lho provia. Uma quantidade moderada de leite e açúcar, um pouco de sal, pão branco levedado com fermento para uma variação, farinha integral preparada numa variedade de maneiras por outras mãos que não as suas próprias, bolo simples com passas, pudim de arroz com passas, ameixas e figos, ocasionalmente, e muitos outros pratos que eu poderia mencionar, haveriam satisfeito as exigências do apetite. — Testimonies for the Church 2:383, 384 (1870).CRA 334.1

    549. O alimento posto diante dos pacientes deve ser de maneira a causar-lhes boa impressão. Os ovos podem ser preparados de várias maneiras. A torta de limão não deve ser proibida. — Carta 127, 1904.CRA 334.2

    [Torta de limão usada por E. G. White — Apêndice 1:22.]

    550. A sobremesa deve ser colocada na mesa e servida com o resto da comida; pois muitas vezes, depois de haver sido posto no estômago tudo quanto ele podia suportar, é trazida a sobremesa, sendo então demasiado para ele. — Carta 53, 1898.CRA 334.3

    Para mentes claras e corpos robustos

    551. Quisera que fôssemos todos adeptos da reforma de saúde. Oponho-me ao uso de pastelarias. Essas misturas são prejudiciais; ninguém pode ter bons órgãos digestivos e um cérebro claro, comendo largamente bolachas doces e bolo de nata e toda espécie de tortas, e partilhando de grande variedade de comidas na mesma refeição. Quando assim fazemos e depois nos resfriamos, todo o organismo fica tão obstruído e enfraquecido que não tem poder de resistência, nenhuma força para combater a doença. Eu preferiria um regime cárneo aos bolos e às pastelarias doces tão geralmente usados. — Carta 10, 1891.CRA 334.4

    552. Lembrem-se os adeptos da reforma de saúde que eles podem fazer mal publicando receitas que não recomendam a reforma. Grande cuidado precisamos tomar em fornecer receitas para cremes e pastelarias. Caso seja ingerido bolo doce com leite ou nata para sobremesa, haverá fermentação no estômago, e então os pontos fracos no organismo humano a denunciarão. O cérebro será afetado pela perturbação gástrica. Isto se pode curar facilmente se as pessoas estudarem de causa para efeito, eliminando de seu regime aquilo que prejudica os órgãos digestivos e ocasiona dor de cabeça. Pela imprudência no comer, homens e mulheres são inabilitados para a obra que poderiam efetuar sem prejuízo para si mesmos, caso comessem com simplicidade. — Carta 142, 1900.CRA 334.5

    553. Estou convencida de que ninguém precisa se pôr doente ao preparar-se para a reunião campal, uma vez que observe as leis da saúde em sua cozinha. Se não fizerem nada de bolos nem tortas, mas prepararem simples pão integral, e se proverem de frutas em compota ou secas, não precisam ficar doentes ao se prepararem para a reunião campal, tampouco durante a reunião. — Testimonies for the Church 2:602 (1871).CRA 335.1

    554. É melhor deixar de lado as coisas doces. Deixem em paz os pratos de sobremesas doces colocados à mesa. Os irmãos, deles não necessitam. Precisam de mente clara para pensar segundo a direção de Deus. Cumpre-nos agora seguir os princípios da reforma de saúde. — The Review and Herald, 7 de Janeiro de 1902.CRA 335.2

    [Bolos, tortas, sorvetes, servidos em almoços requintados e ceias fora de hora — 233]

    [Preparativos para reuniões da moda — 128]

    [Educar o apetite a aceitar um regime simples — 245]

    [O jejum auxilia a vencer o apetite pervertido — 312]

    [Embora pastéis de carne moída, condimentos, etc., estejam descartados, a comida deve ser preparada com cuidado — 389]

    [Bolos ou tortas não devem ser incluídos nos preparativos para a reunião campal — 57 e 74]

    [Comidas requintadas e sobremesas não servidas em casa dos White — Apêndice 1:14, 13.]

    [Quanto menos condimentos e sobremesas, melhor — 193]

    [Sobremesas substanciosas servidas com verduras — 722]

    [Requintadas pastelarias desarranjam o estômago e excitam os nervos — 356]

    [Efeitos detrimentes de sobremesas no regime infantil — 288, 350, 355 e 360]

    [Alimentos requintadas não são o melhor para os de trabalho sedentário — 225]

    [Fazer um concerto com Deus para deixar o uso de alimentos requintados — 41]

    Larger font
    Smaller font
    Copy
    Print
    Contents